[AO VIVO] ESC2021: Acompanhe connosco o oitavo dia de ensaios em Roterdão

 Os ensaios na Rotterdam Ahoy continuam hoje com seis comitivas a subir ao palco. Acompanhe connosco o oitavo dia de ensaios do Festival Eurovisão 2021 e deixe-nos as suas opiniões. Fique connosco!


A Rotterdam Ahoy recebe hoje, 15 de maio, o oitavo (e último) dia de ensaios individuais do Festival Eurovisão 2021. Seis comitivas marcarão presença no palco eurovisivo: Alemanha, França, Espanha, Itália, Reino Unido e Países Baixos. Os ensaios contarão com 20 minutos de duração, sendo que a organização revelará excertos de 30 segundos com a produção final.

Recorde AQUI a programação de ensaios para hoje.


Acompanhe connosco tudo o que acontece no palco eurovisivo em Roterdão:

09h00 - Os dois elementos acreditados do ESCPORTUGAL (João Diogo e Nuno Carrilho) já estão prontos para a ronda de ensaios de hoje que vai contar com seis países. 

09h10 - Antes do início dos ensaios, recorde connosco as seis canções que subirão hoje ao palco do Festival Eurovisão 2021.

09h30 - Itália é o primeiro dos países finalistas a ensaiar no dia de hoje.

09h35 - É uma atuação super poderosa aquela que Itália nos traz este ano. Comparativamente ao primeiro dia de ensaios, a atuação sofreu algumas alterações e ajustes, com os Maneskin a mudaram também parte do seu figurino que passou a vermelho com alguns apontamentos em preto. É uma atuação com muita energia e absolutamente espetacular. É um fortíssimo favorito à vitória.

Nota de Itália: 10/10 (João Diogo 10 / Nuno Carrilho 10)

09h40 - Alemanha é quem se segue no alinhamento do dia

09h51 - A atuação da Alemanha continua a dividir opiniões. Há quem goste e ache divertida, mas também quem a ache excessiva e "demais". As diferenças foram diminutas, sendo que apenas reparámos que Jendrik ficava sem fôlego muito rapidamente... Há uma energia muito positiva e uma atuação muito colorida.

Nota da Alemanha: 6/10 (João Diogo 5 / Nuno Carrilho 7)

10h10 - Os Países Baixos são os próximos a ensaiar em Roterdão.

10h25 - Jeangu Macrooy também não mudou o figurino e arrisca-se a ser um potencial vencedor do Barbara Dex Award. Contudo, a atuação dos Países Baixos ganhou uns novos planos de câmara no início da prestação, que é bastante colorida na parte final e cujo impacto visual na televisão é bastante positivo. Comparativamente ao primeiro ensaio, o pacote completo evoluiu e poderá ser suficiente para escapar aos últimos lugares da gala.

Nota dos Países Baixos: 7/10 (João Diogo 7 / Nuno Carrilho 7)

10h50 - A prestação de França é a próxima a subir ao palco.

11h04 - Voilá! Barbara Pravi repete, para o segundo ensaio, o figurino que vimos anteriormente e a atuação permanece praticamente igual... mas com notórias melhorias e correções. A interação da cantora com a câmara é um dos pontos fortes da prestação, que também consegue passar a emoção da canção sem entrar em exageros. Notámos alguns apontamentos na prestação de França que não reparámos anteriormente, como uma espécie de céu escuro estrelado no chão, em parte da atuação, mas o nosso destaque vai para os planos finais: o balançar da câmara foi corrigido, tornando-se menos frequente, o que resultou imenso e a cara da cantora já não fica na sombra. Podemos dizer que o ensaio foi perfeito e França está na corrida para vencer em Roterdão!

Nota de França: 10/10 (João Diogo 10 / Nuno Carrilho 10)

11h30 - A delegação britânica é a próxima a subir ao palco.


11h43 - O intérprete do Reino Unido apresentou-se mais solto do que haviamos visto no anterior ensaio, mas a atuação não melhorou... pelo contrário. As trompetes gigante são um destaque desnecessário (afinal, estão ali a fazer o que?!) e os planos de câmara continuam a precisar de alinhamento. Além disso, a interação entre James Newman e a equipa de palco parece não ter resultado hoje. O Reino Unido é um forte candidato... aos últimos lugares.

Nota do Reino Unido: 5,5/10 (João Diogo 6 / Nuno Carrilho 5)

11h54 - Espanha encerra os ensaios individuais da edição.

11h56 - A comitiva de Espanha utilizou a última ronda de ensaios para fazer alguns ajustes na atuação, bem como alguns testes. Além da posição da lua ter mudado nas várias prestações, também a iluminação foi sendo ajustada ao longo dos desempenhos. Contudo, Blas Cantó esteve longe do seu melhor a nível vocal... e o segundo desempenho foi muito fraco. O início acapella é, sem dúvida, o melhor de toda a atuação, enquanto o final é a parte que menos nos agradou. Espanha terá muitas dificuldades em escapar aos últimos lugares na Final.

Nota de Espanha: 5/10 (João Diogo 4 / Nuno Carrilho 6)

12h05 - Chegou ao fim o oitavo (e último) dia de ensaios do Festival Eurovisão 2021. De realçar que os países dos Big5 conhecem hoje, na conferência de imprensa, a parte da Grande Final em que irão atuar. 

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários