[OLHARES SOBRE O ESC2021] Finlândia, Letónia, Suíça e Dinamarca



A caminhada do Olhares sobre o Eurovision Song Contest 2021 continua com a análise às canções da Finlândia, Letónia, Suíça e Dinamarca. Qual canção conseguirá o melhor resultado do dia?



A jornada do Olhares sobre o Eurovision Song Contest 2021 continua hoje com a análise de quatro canções da semifinal 2 do Festival Eurovisão 2021. Ao longo do mês, analisaremos todas as canções da Eurovisão 2021, e a cada uma será atribuída uma média de posição, fruto da fusão dos tops 39 dos 30 comentadores selecionados. 

A Suíça, com uma média de classificação de 7,52, foi o país mais votado do dia, ocupando o primeiro lugar provisório da tabela classificativa. Por sua vez, a Finlândia, a Letónia e a Dinamarca arrecadaram uma média de classificação de 14,38, 24,97 e 28,41, respetivamente.

Deste modo, segundo o painel do Olhares sobre o Festival Eurovisão 2021, Suíça, Bulgária, Finlândia, Islândia, São Marino, Grécia, Portugal, Moldávia, República Checa e Sérvia seriam os finalistas da gala.

P
ara ler os comentários às canções basta carregar nos países na tabela abaixo. Aproveite a oportunidade e deixe-nos a sua opinião na caixa de comentários. 

Classificação Geral Provisória:

1.º Suíça - 7.52
2.º Malta - 10,62
3.º Itália - 12,07
4.º Lituânia - 12,31
5.º Roménia - 13,24
6.º Bulgária - 13,45
7º. Chipre - 13,76
8.º Finlândia - 14.38
9.º Islândia - 14,55
10º. Bélgica - 14,59
11.º Suécia - 15,62
12.º São Marino - 16,38
13.º 
Rússia - 17,55
14.º Grécia - 17,93
15.º Portugal - 18,03
16.ºAzerbaijão - 18,90
17.º  Ucrânia - 19,24
18.º Moldávia - 20,10
19.º República Checa - 20,24
20.º Noruega - 20,48
21.º Irlanda - 20,62
22.º Croácia - 22,10
23.º Sérvia  - 22,90
24.º Austrália - 23,03
25.º Eslovénia - 24,28
26.º Países Baixos - 24,45
27.º Albânia - 24.55
28.º Letónia - 24,97
29.º Estónia - 25,1
30.º Israel - 26,31
31.º Áustria - 26,86
32.º Alemanha - 27,45
33.º Dinamarca - 28,41
34.º Polónia - 31,48
35.º Geórgia - 31,69
36.º Macedónia do Norte - 31,93

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem: ESCPortugal

1 comentário:

  1. FINLÂNDIA - "Dark Side", por Blin Channel: Sinceramente, o lado obscuro da vida não me atrai nem me estimula. Votação: 0 pontos.
    SUÍÇA - "Tout l'Univers", por Gjon's Tears: depois de me inteirar da letra desta composição fiquei com a noção de que estamos em presença de um tema pobre, o Universo não tem nada a ver com estes desvarios praticados por mal encartados e nem devia ser chamado para aqui por motivos tão fúteis. A música também não é nenhuma obra-prima parece-me mais adequada para um velório e com carpideiras então ficaria uma obra completa. Votação: 1 ponto.
    LETÓNIA - "The moon is rising", por Samanta Tina: um começo em grande com uma voz em fundo que se vai perpetuar ao longo da canção, o que já de si é irritante porque não faz lá falta nenhuma, logo a seguir entra aquela gaiata aos berros a anunciar que já está a ver a lua, o que também é um espectáculo digno de se ver. Mas o melhor está para vir quase no fim com aquela cena degradante que nem é novidade neste programa e que apenas serve para rebaixar o nível do festival. A privacidade é um direito que existe para muitas coisas e entre elas permitir que cada um faça as borradas que quiser sem obrigar ninguém a assistir. Votação: 00.
    DINAMARCA - "Øve Os På Hinanden", por Fyr & Flamme: eles oferecem a música e pedem à assistência que se juntem aos pares e pratiquem uma dança. A primeira vitória da Dinamarca nos primórdios deste concurso relacionava-se precisamente com uma melodia que exortava a dança e devem ter pensado que o mesmo poderia suceder com esta composição tão básica. O que eu posso dizer de abonatório sobre a participação dinamarquesa é que se limitam a trazer um trabalho limpo feito de uma música simples e duas vozes concordantes que vêm apenas preencher um tempo que lhes pertence. Não ter acutilância nenhuma já é bom. Votação: 1 ponto.

    ResponderEliminar