[VÍDEO] Portugal: Vídeo da atuação dos The Black Mamba já está no canal da Eurovisão


O vídeo de atuação dos The Black Mamba na final do Festival da Canção já está no YouTube oficial da Eurovisão.

O vídeo de atuação dos The Black Mamba na grande final do Festival da Canção 2021 já foi carregado no canal oficial de YouTube da Eurovisão. O primeiro vídeo carregado foi eliminado pois tinha problemas de som. Contava já com mais de 10 mil visualizações.

Veja o vídeo:


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovision. tv / Imagem: André Pina|RTP ; Vídeo: Eurovision.tv

25 comentários:

  1. Anónimo17:24

    Os comentários estão a ser tão maus...tristeza

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:32

      Porque será? A escumalha dos amigos da RTP estraga tudo!

      Eliminar
    2. Anónimo17:34

      Engraçado. Eu vejo exatamente o contrário! Há pessoas que conseguem enviesar a sua mente de uma maneira que até me arrepia. Se algo foge ao seu gosto, para elas tudo é mau, tudo é uma desgraça, tudo tem de ser recto, tudo tem de obedecer a um padrão, tudo é uma tristeza. Para mim triste é haver pessoas que não dão a minima oportunidade a elas próprias.

      Eliminar
    3. Anónimo17:45

      Não acho. Além disso no primeiro vídeo que já tinha muitas visualizações e muitos comentários, eram bastante favoráveis.

      Eliminar
    4. os comentários maus na sua maioria são de portugueses...
      Não aprenderam nada com 2014

      Eliminar
  2. Anónimo17:42

    Se a musica é má tas a espera do que. Nem todos são pretensiosos que se acham acima de outros porque gostam de coisas fora do habitual como tu. Isto não é arte, é só algo diferente que pessoas de cabeça oca querem fingir que é mais do que é. Quando isto ficar em ultimo nao te surpreendas. Fica é feliz de não poder ter 0 como a Austria em 2015 teve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo18:20

      Deixa-me explicar. A musica não é má. A malta do youtube twitter é que acha que é má. O publico que ve a eurovisão não é apenas gente jovem eurofã, é muito maior do que isso. Tens pessoas de todas as faixas etárias a votar, muitas nem comentam a eurovisão até Maio. A malta que destila odio e diz que é BORING é a mesma que acha que uma cançao pop com uma diva a dançar é automaticamente boa. Eles so querem farofa, gritaria, dança, purpurinas. Nao respeitam a diversidade musical que este concurso sempre teve. Querem um concurso de POP e musica que soe ''atual''. Nao é gente com critério ou cultura musical.

      Eliminar
    2. Anónimo23:54

      Anónimo das 18:20, ainda bem que fizeste esse comentário. Mesmo. Concordo com cada palavra que dizes e andava a conter-me imenso para não dizer algo deste tipo nas redes. Boa perspetiva ;)

      Eliminar
  3. Anónimo18:16

    Só queria dizer uma coisa, caro DDDRaven que anda a comentar no youtube a falar mal de Portugal, enquanto portugues devias ter vergonha. Podes não gostar, mas insultar e ser toxico dessa maneira com quem faz comentarios POSITIVOS sobre a nossa candidatura é nojento. Ja quando o Sobral ganhou andavas a espalhar odio nos comentarios do youtube. Espero que este ano tenha o mesmo efeito. Dá pena ver gente tao miseravel e cheia de odio dentro.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo18:48

    Estou a ler vários comentários de estrangeiros que dizem que as mães deles vão votar. Cheira-me que o público que vai votar nos The Black Mamba é aquele típico muito mais velho e pouco ativo nas redes sociais. Gente que tem saudades destes tempos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:46

      Por acaso também já vi isso no youtube! Interessante. Mas além dos públicos mais velhos, seria bom captar as pessoas em geral

      Eliminar
  5. Pena que se tenham perdido muitas visualizações e comentários com o re-upload do vídeo. Mesmo assim vai a um bom ritmo. Os comentários são muito positivos e acham que Portugal pode ser o darkhorse deste ano. Eu também acho. Não se iludam com a opinião dos eurofãs que nunca gostam de nada do que Portugal leva, eles só gostam de pimbalhice e Divas a abanar o rabo. Tudo o que seja fora disso é boring. No dia da semifinal o público que vota é normalmente mais diversificado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:55

      Eu ignoro...sao sempre os mesmos.

      Eliminar
  6. Já passaram 24 horas e os resultados das semi-finais nem vê-los. A RTP a falhar novamente.












    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:58

      No ano passado a RTP revelou os resultados das semis apenas na segunda feira

      Eliminar
  7. Anónimo21:15

    Isto significa que vai haver um videiclip oficial?

    ResponderEliminar
  8. Anónimo21:33

    Mais um ano nas semi finais ... esta música passa me completamente ao lado

    ResponderEliminar
  9. Anónimo22:44

    É isso. O festival é diversidade. É por isso que é festival. E há também essa diversidade em quem vota, e é isso que também é giro. A "comunidade eurovisiva", digamos assim, é só uma gota no oceano de entre todo o público, de todas as idades, que depois vê os espetáculos e vota. Claro que pode funcionar como amostra e às vezes coincide a opinião dos eurofãs com aquilo que depois acontece em termos de resultados, mas também acontece ser tudo ao lado.
    Seja como for e independentemente do que dizem "os boring" de serviço, estou orgulhosa da canção que vai representar Portugal, gosto e continuarei a gostar, mesmo que fique em último.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso é que todos os anos há surpresas no ESC. Veja-se os casos da Macedónia/2019 e da Holanda/2019. Segundo os bookies, a Macedónia não ia ficar muito bem classificada e a Holanda ia ganhar o ESC com uma perna ás costas, e no fim não aconteceu nada disso. A Macedónia teve um grande resultado e a Holanda acabou por ganhar por sorte, pois nem no top 2 do júri e do televoto estava.Teve sorte que os mais votados pelo júri não tiveram um grande resultado no televoto e acabaou por ganhar, quase que se tornava o grande flop do ano. E em relação á Itália/2017 que também não tinha concorrência e depois acabou apenas em 6º? Os bookies guiam-se muito pelo que os eurofãs pensam, até porque é o único barómetro que têm por enquanto.

      Eliminar
    2. Anónimo15:52

      10:07 A nossa semi final é toda upbeat e tao todos a achar que isso vai favorecer apenas a Suiça e Bulgaria, musicas bem atuais. Portugal até pode nao passar, mas vai destacar muito com uma cançao old fashioned no meio do circo todo.

      Eliminar
  10. Anónimo22:57

    Bem, não sei que comentários andaram a ler, fui dar uma vista de olhos nos últimos e são todos até bastante positivos. Por aquilo que estão aqui os primeiros comentários a dizer, nem estava nada à espera.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo23:01

    Até aqui há drama ! Black Mamba ouve se lindamente várias vezes e não cansa! A Eurovisao está muito estereotipada ...não vão ter tempo para fazer um videoclip poderem despir se e mostrar o cu como fez o Ducan o que deixou as bichas festivaleiras loucas e foi assim que ganhou em 2019. Enfim ...

    ResponderEliminar
  12. Anónimo10:26

    Considero que se ficarmos em últimos devemos retirar-nos do festival. Chega desta palhaçada. Temos canções e atuações piores que a nossa, muito piores. Temos países sem musica no top 10. Gente desafinada, auto tune em cançoes à nossa frente, enfim. Falam mal das pessoas que dizem que a Eurovisão é apenas um programa de distração, um programa para rir à noite e não ser levado a sério mas os locals têm razão. Está cada vez mais a tornar-se num concurso superficial com um publico target de eurofãs (nas redes) que acha que pop dance é sinonimo de qualidade, querem uma eurovisão cheia de bangers genericos e os outros que tentam fazer algo diferente são etiquetados de boring.
    os eurofãs não sabem apreciar um jazz, soul, blues ou mesmo rock de qualidade. Querem o que toca na rádio, não respeitam a diversidade musical. Se os Lez Zeppelin levassem ''Babe I'm gonna Leave you'' ao ESC seria boring, aborrecido.
    Se Portugal levasse a musica de S Marino ou Itália ficávamos em ultimo também, não tenham duvidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:39

      Penso que tem toda a razão no que diz. Por isso é que percebo e acho até muito bem que em Portugal o festival esteja a ser encarado, essencialmente como uma amostra de música feita cá, independentemente da Eurovisão, sinceramente acho um sinal de personalidade. Para além de que é o acontecimento anual que permite uma festa de compositores e interpretes a celebrarem a sua arte. Os artistas fazem a sua música sem estarem preocupados com essa coisa de "música eurovisiva". Aliás, os Big5, que têm tido preocupação com a qualidade, se não fosse o facto de estarem sempre na final por terem sido os fundadores, na maioria das vezes não estariam na final, porque estão com um record de últimos lugares impressionante.
      Por outro lado, acho giro a parte da competição :) e acho giro participarmos. E exatamente pelo que diz no seu comentário não fico nada chateada com o resultado, ficaria sim se não nos preocupássemos minimamente em apresentar uma música decente. Mais uma vez vamos participar com uma música decente, no fim, penso que é o que realmente importa.

      Eliminar
    2. Anónimo00:22

      19:39 Sim, Portugal tem outro fator em contra. Desde 2017 que a malta começou a embirrar mais com Portugal, muito por causa do que o Sobral disse quando ganhou. Ainda hoje falam nisso, é uma ferida que vai demorar tempo a sarar nos eurofãs, o Salvador disse basicamente o que todos os locals e publico não-eurovisivo pensa do concurso atualmente. A Claudia ficou prejudicada e levou com o hate todo que eles tinham guardado contra o Salvador, posso até estar enganado, mas sinto que aquilo foi uma espécie de ''vingança'' por parte do eurofandom. Normalmente a malta eurofã que grita bottom 5 e destila ódio contra propostas diferentes e slow tempo não vota no dia da Eurovisão. Claro que participar é giro, mas também é frustrante ver tanta injustiça e falta de critério e cultura musical, é frustrante ver que isto tem mais a ver com o país que leva X canção do que propriamente com a canção/performance em si.Por isso é que eu acho que a partir de agora deviamos começar a ignorar as opiniões que saem do twitter, do youtube, blogs, etc. Cheguei a ler que é a pior canção que Portugal leva desde 2011, com muita gente de acordo. Acho que não precisamos de saber mais nada. Já levamos com criticas de fora por sermos Portugal, aquele país que leva sempre coisas ''chatas'' ao ESC, portugueses, não façam o mesmo. Se não gostam, não apoiem, respeitem os nossos artistas. Não nos leva a nada, é só triste. Quando a Eurovisão acabar em Maio, os TBM vão continuar a ter uma carreira, ganhando dinheiro com um publico que esteve e estará sempre presente, com concertos esgotados e a fazer o que gostam: Música. Quanto aos outros, não sei, tirando os Maneskin, grande parte destes artistas eurovisivos vão continuar a ser apenas recordados como novelty acts da Eurovisão, tendo que recorrer a outras coisas que não a música para pagar as contas.

      TBM podem não chegar à final, mas vão continuar a viver da música, com uma agenda preenchida, e isso é o mais importante. Há vida para além da Eurovisão, portugueses, podemos ficar de consciência tranquila. Este ano levámos qualidade.

      Eliminar