Ucrânia: Go_A acusados de exploração de espécie protegida no videoclip de "Shum"


A organização não governamental para a proteção dos animais UAnimals acusou os Go_A de exploração de uma espécie protegida no videoclip de "Shum".


Dias depois do lançamento do videoclip oficial de "Shum", canção representante da Ucrânia no Festival Eurovisão 2021, a organização não governamental para a proteção dos animais UAnimals acusou o grupo de exploração de uma espécie protegida nas gravações do tema. A acusação foi feita através das redes sociais e refere-se a uma cena em que a vocalista do grupo interaje com um Bútio-rabo-canela.

"Mesmo com a atual legislação que estipula que a exploração desta espécie seja efetuada em situações excepcionais apenas para fins científicios ou relacionadas com a reprodução, povoamento e criação em condições artificiais, vemos que mais autorizações continuam a ser emitidas na Ucrânia" escreveu a organização nas redes sociais, frisando que atualmente o número de espécies em todo o território ucraniano é de apenas duzentos exemplares, "Este é um equilíbrio extremamente precário e estas aves precisam de ser protegidos e não exploradas para entretenimento".

Depois das acusações, a emissora estatal da Ucrânia reagiu, em comunicado, à situação, esclarecendo que o uso da ave no videoclip teve como objetivo "de chamar a atenção para as espécies ameçadas e o renascimento da natureza na Zona de Exclusão de Chernobly", local onde foram gravadas algumas das imagens, garantindo que todo o processo de gravação contou com a presença de veterinários e cuidadores da espécie, de modo a garantir o seu bem estar.

"O pássaro pousou no meu braço em silêncio, abriu os olhos para mim e voou. Foi um momento muito emocionante e super rápido. Todos garantimos que estava tudo bem" explicou Kateryna Pavlenko, vocalista do grupo, esclarecendo que apenas uma cena foi gravada, sendo que as restantes foram adquiridas em stock.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: STV/ Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários