Irlanda: Johnny Logan e Frank McNamara criticam método de seleção irlandês


Johnny Logan e Frank McNamara criticaram a forma como a RTÉ escolhe os representantes da Irlanda no Festival da Eurovisão.


Johnny Logan e Frank McNamara criticaram o processo de seleção irlandês para a Eurovisão 2021. Os dois queriam que a RTÉ realizasse uma final nacional. Logan e McNamara criticaram o facto dos compositores irlandeses não se puderem envolver no processo deste ano, visto que Lesley trabalhou com produtores internacionais.

Johnny Logan disse ao The Irish Sun que acredita que é errado que a RTÉ agora selecione a sua canção "à porta fechada" sem a contribuição de "compositores irlandeses". "Compositores irlandeses como Phil Coulter ou Shay Healy lançaram as suas carreiras compondo para a Eurovisão. Como se o ano passado não tivesse sido mau o suficiente para compositores, músicos e produtores. O facto de que foram impedidos de se envolver neste processo só piorou as coisas. Na RTÉ fazem a coisa toda atrás de portas fechadas…são um pouco opacos", afirmou.

Logan também acrescentou que acredita que os fãs irlandeses não têm nada a fazer exceto “bater palmas”, já que eles não têm nada “a ver com o processo de seleção: "acho que não temos uma canção irlandesa porque é tudo feito a portas fechadas. Eu não acho que o povo irlandês tenha algo a ver com a música além de aplaudir quando ela está a tocar. Acho que não temos nada a ver com o processo de seleção". 

Frank McNamara, que foi diretor musical da Eurovisão 1997, em Dublin, acrescentou que acredita que a RTÉ deve voltar a sediar uma final nacional. "Nunca me pediram [para estar no júri]...Não sei por que não podemos voltar aos velhos tempos de um concurso nacional de canções. Funcionou, é por isso que a Irlanda ganhou o concurso um recorde de sete vezes", afirmou.

A emissora irlandesa RTÉ respondeu aos comentários de Logan e McNamara, defendendo o seu processo de seleção, dizendo que é semelhante às seleções de muitos outros participantes da Eurovisão: "tentamos muitos métodos de seleção diferentes ao longo dos anos, que incluíram júris, votos do público e uma combinação dos dois. Como muitos outros participantes da Eurovisão nos últimos anos, optamos por uma seleção interna. Uma votação pública não é algo que esteja excluída para concursos futuros".



Estreante em 1965, a Irlanda conta com 53 participações no Festival Eurovisão, sendo o país com maior número de vitórias: 7 (1970, 1980, 1987, 1992, 1993, 1994 e 1996). Escolhida internamente pela RTÉ, a cantora Lesley Roy representaria o país no Festival Eurovisão 2020 com "Story of My Life".


 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já! 
Fonte: escXtra / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários