Itália: Ministro da Cultura desaprova presença de público no 'Festival di Sanremo 2021'

 O Ministro da Cultura desaprovou a intenção da RAI em ter público presente no Festival di Sanremo 2021. A imprensa avança que Amadeus pondera a sua saída do cargo de diretor artístico caso o público não seja permitido.


A imprensa italiana avançou, recentemente, que os planos para o Festival di Sanremo 2021 foram desaprovados pelo Governo italiano devido à intenção de contar com público presente no Teatro Ariston. "O Teatro Ariston de Sanremo é um teatro como todos os outros e por isso, como esclareceu Roberto Speranza, ministro da Saúde, o público, quer pague, seja gratuito ou seja figurante, só pode regressar quando as leis permitirem o regresso a todos os teatros e cinemas" escreveu Dario Franceschini, ministro da Cultura, nas redes sociais, recordando que as atuais medidas de contigência levaram ao encerramento de todos os teatros e cinemas em Itália.

Segundo a publicação, a emissora RAI abriu inscrições para os interessados em adquirir bilhetes para o Festival di Sanremo 2021, com várias regras como a coabitação e a residência em Luguria ou Imperia, bem como a remoção de 18 filas de assentos no espaço. Contudo, o certame não foi considerado "evento televisivo" e, portanto, não poderá receber público.

"Sem público não haverá festival e voltaremos a falar do assunto em 2022: qual o problema?" revelou Amadeus, com várias publicações a avançarem que o diretor artístico e apresentador do Festival di Sanremo 2021 ameaçou abandonar o cargo caso o público não seja permitido no certame.

 

Aceda, de seguida, à lista de participantes:

1. Francesco Renga - "Quando trovo te"
2. Coma Cose - "Fiamme Negli Occhi"
3. Gaia - "Cuore Amaro"
4. Irama - "La genesi del tuo colore"
5. Fulminacci - "Santa Marinella"
6. Madame - "Voce"
7. Willie Peyote - "Mai dire mai (La locura)"
8. Orietta Berti - "Quando ti sei innamorato"
9. Ermal Meta - "Un milione di cose da dirti"
10. Fasma - "Parlami"
11. Arisa - "Potevi fare di più"
12. Giò Evan - "Arnica"
13. Maneskin - "Zitti e Buoni"
14. Malika Ayane - "Ti piaci così"
15. Aiello - "Ora"
16. Max Gazzè & La Trifluoperazina Monstery Band - "Il Farmacista"
17. Ghemon - "Momento Perfetto"
18. La Rappresentante di Lista - "Amare"
19. Noemi - "Glicine"
20. Random - "Torno a Te"
21. Colapescedimartino - "Musica Leggerissima"
22. Annalisa - "Dieci"
23. Bugo - "E inveci sì"
24. Lo Stato Sociale - "Combat Pop"
25. Extraliscio feat. Davide Toffolo - "Bianca Luce Nera"
26. Francesca Michielin e Fedez - "Chiamami per nome"

  

Estreante em 1956, a Itália conta com 45 participações no Festival Eurovisão, tendo estado fora do certame entre 1998 e 2010, apesar de ter triunfado em 1964 e 1990. Mahmood e "Soldi" foram os representantes italianos em Telavive, terminando em 2.º lugar com 472 pontos, menos 26 que o vencedor da edição, tendo recebido 13 pontos de Portugal (7 do televoto e 6 do júri). Em Roterdão, Itália seria representada por "Fai Rumore" e Diodato, vencedores do Festival di Sanremo 2020.



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RAI/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários