[VÍDEO] Lituânia: The Roop lançam "Discoteque", tema que defendem na Final do 'Pabandom iš naujo 2021'


Os The Roop lançaram, esta noite, "Discoteque", tema que defenderão na Final do Pabandom iš naujo 2021.

Depois de confirmar a participação no Pabandom iš naujo 2021, final nacional lituana para o Festival Eurovisão 2021, onde terá uma vaga assegurada na Grande Final, o grupo The Roop lançou, esta noite, "Discoteque", tema que defenderão na Final da competição. Além disso, o grupo marcará presença na eliminatória do próximo sábado para apresentação do tema que está automaticamente qualificado para a Grande Final. 
 

A Lituânia participou por 20 ocasiões no Eurovision Song Contest, tendo feito a sua primeira participação em 1994. O melhor resultado remonta a 2006, quando os LT United conquistaram o 6.º posto em Atenas, enquanto que terminaram em último lugar em duas edições: 1994 e 2005, na semifinal. Em Telavive, Jurij Veklenko representou o país com "Run with the Lions", terminando em 11.º lugar na semifinal com 93 pontos, a 1 ponto do apuramento para a Grande Final. Em Roterdão, a Lituânia seria representada por The Roop e "On Fire".


  

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: TheRoop/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

4 comentários:

  1. Anónimo22:46

    Musicalmente desconexa, com um ritmo moribundo do princípio ao fim, letra desinteressante e repetitiva, em resumo, uma deceção quando comparada com "On Fire" ou outros trabalhos da banda, se os Roop forem novamente os escolhidos para representarem a Lituânia acho que ficam-se pla semifinal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo04:35

      Musicalmente desconexa?! Quem nos dera a nós ter ter uma "Discotheque" no nosso "Festival da Canção 2021" quase funerário, cheio de ritmos moribundos! :b

      Eliminar
  2. Anónimo00:14

    Não está nada má, no entanto, após ter lido tantos comentários e reações exageradas, achei que fosse uma coisa brutal. Não tem um climax na música e é demasiado repetitiva. Acho que vai depender muito do staging. Ainda estou à espera do BOP deste ano.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo00:30

    Quando um país mais pobre, com menos recursos que Portugal consegue trazer algo decente e mais cativante que qualquer uma do nosso Festival da canção, dá que pensar.

    ResponderEliminar