Albânia: Manjola Nallbani testa positivo à Covid-19

 Manjola Nallbani, participante no Festivali I Këngës 59, testou positivo à Covid-19. "Há tempo suficiente para ela se recuperar e poder competir" revelou a RTSH, descartando a saída da cantora da lista de participantes.


A cantora Manjola Nallbani, uma das participantes no Festivali I Këngës 59, revelou, através das redes sociais, que testou positivo à Covid-19. "Há uns dias que testei positivo à Covid-19 (...) estou isolada e espero voltar à normalidade muito em breve" escreveu a cantora no Instagram, confirmando que falhará os ensaios para a final nacional albanesa que iniciaram nos últimos dias nos estúdios da RTSH em Tirana.

No entanto, apesar da proximidade do concurso, a RTSH descarta a retirada da cantora da lista de participantes: "Monjola Nallbani não saiu do concurso. Há tempo suficiente para ela se recuperar e poder competir. Esperamos e desejamos que não tenha complicações de saúde" defendeu um porta-voz da emissora albanesa, confirmando a continuidade da artista na lista de participantes.

Estreante em 2004, a Albânia participou por dezasseis ocasiões no Festival Eurovisão, tendo disputado a grande final em nove edições. O melhor resultado remonta a 2012 quando o país foi representado por Rona Nishliu e o tema Suus, terminando na 5.ª posição da final. Em Telavive, Jonida Maliqi e "Ktheju tokës" representaram a Albânia, alcançando o 17.º lugar na Grande Final com 90 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal. Em 2020, Arilena Ara representaria o país com "Fall From The Sky".
 


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTSH/ Imagem: Google /Vídeo: Eurovisiontv

Sem comentários