JESC2020: Polémica com playback nas atuações de Bielorússia e França


Os excertos das atuações de Bielorrússia e França revelados para a votação online do Festival Eurovisão Júnior 2020 estão a causar polémica devido ao uso de playback. Valentina, representante francesa, reagiu com surpresa nas redes sociais.


A primeira ronda de votação online do Festival Eurovisão Júnior 2020 está a causar polémica nas redes sociais, depois da revelação de excertos das doze atuações do concurso infanto-juvenil. Enquanto a maioria das atuações conta com a gravação da voz ao vivo, as candidaturas de Bielorrússia e França contam com playback na voz dos artistas. 

O Eurovision-Spain contactou a organização do Festival Eurovisão Júnior para esclarecer os motivos do uso de playback nas duas atuações, decisão que viola a igualdade de condições entre os participantes do concurso infanto-juvenil. Contudo, a EBU/UER e a TVP ainda não esclareceram a situação das duas atuações.

Valentina, a representante de França no concurso, reagiu nas redes sociais: "gravámos tudo ao vivo. Não sei porque não colocaram a minha voz ao vivo no vídeo da atuação para a votação online" afirmou, garantindo que a voz ao vivo "poderá ser vista na atuação do domingo".

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionSpain/Imagem/Vídeo: JuniorEurovision.tv

2 comentários:

  1. A maior preocupação é que este concurso está a mudar o seu objetivo de encontrar uma canção vencedora. Neste festival parece-me mais que a competição se destina a apurar quem consegue berrar mais e tem mais fôlego.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo22:01

    Bem me parecia principalmente na bielorrússia. Os Espanhois como é obvio reclamaram. E acho de facto injusto. Eu por exemplo votei na França e nao em Espanha por achar que a Solea perdia força ao vivo...

    ResponderEliminar