Itália: Município de Sanremo pede adiamento do 'Festival di Sanremo' para abril

 A imprensa italiana avança que o Município de Sanremo apelou ao adiamento do Festival di Sanremo para abril, a fim de facilitar a sua organização em moldes mais próximas do normal.


Depois da emissora italiana RAI ter lançado o regulamento do Festival di Sanremo 2021, evento que terá lugar de 2 a 6 de março, um mês depois do habitual, o Município de Sanremo, co-organizador do certame, apelou ao adiamento do concurso para o mês de abril. Com o aumento de casos ativos e de mortos devido ao novo coronavírus, o evento poderá ser realizado sem público, algo que prejudicará as receitas do concurso na cidade, levando a "um desastre financeiro da hotelaria e restauração da cidade" conforme escreve a impensa.

No entanto, o adiamento do concurso para abril invalida a utilização do Festival di Sanremo como final nacional para o Festival Eurovisão 2021, visto que a reunião de chefes de delegação, encontro onde são apresentadas e aprovadas todas as participações, está agendada para 15 de março. Tal como nos últimos anos, o vencedor da categoria Campioni do Festival di Sanremo conquistará o direito de representar Itália em Roterdão: em caso de recusa, a RAI selecionará outro dos participantes do formato.

Estreante em 1956, a Itália conta com 45 participações no Festival Eurovisão, tendo estado fora do certame entre 1998 e 2010, apesar de ter triunfado em 1964 e 1990. Mahmood e "Soldi" foram os representantes italianos em Telavive, terminando em 2.º lugar com 472 pontos, menos 26 que o vencedor da edição, tendo recebido 13 pontos de Portugal (7 do televoto e 6 do júri). Em Roterdão, Itália seria representada por "Fai Rumore" e Diodato, vencedores do Festival di Sanremo 2020.



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionFun/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários