[ESPECIAL] No Dia Mundial do Cinema, a nossa homenagem eurovisiva!


Assinala-se hoje, 5 de novembro, o Dia Mundial do Cinema. O ESCPORTUGAL traz até si uma colectânea de participações dos cantores eurovisivos em projetos da 7.ª Arte e quando a Eurovisão chegou ao cinema... e vice-versa.

"O Dia Mundial do Cinema comemora-se anualmente a 5 de novembro. A sétima arte é considerada por muitos a arte mais mágica, pelo seu poder sobre as emoções humanas. O cinema inspira milhões de pessoas, assim como as faz sonhar, rir, chorar e gritar de medo a qualquer altura do dia. Sem o cinema o mundo não seria certamente o mesmo."

A história dos Fire Saga serviu de consolo a todos os eurofãs em 2020

No ano em que o Festival Eurovisão foi cancelado devido à pandemia de Covid-19, o Festival Eurovisão chegou à Netflix através do Eurovision Song Contest: The Story of Fire Saga. Protagonizado por Will Ferrell, Rachel Mc Adams e Pierce Brosnan, o filme conta a história dos cantores islandeses Lars Erickssong e Sigrit Ericksdottir no certame. 


John Lundvik (Suécia 2019), Anna Odobescu (Moldávia 2019), Bilal Hassani (França 2019), Loreen (Suécia 2012), Jessy Matador (França 2010), Alexander Rybak (Noruega 2009/2018), Jamala (Ucrânia 2016), Elina Nechayeva (Estónia 2018), Conchita Wurst (Áustria 2014) e Netta Barzilai (Israel 2018) marcaram presença numa das cenas do filme, bem como Salvador Sobral, vencedor do Festival Eurovisão 2018.




A carreira das DOCE chegará ao cinema a 26 de novembro

Considerada uma das primeiras girlbands da Europa e a mais icónica em Portugal, as Doce irão chegar aos cinemas com o filme biográfico "Bem Bom". A estreia do filme, que conta com realização de Patrícia Sequeira, havia sido adiada indefinidamente devido à pandemia de Covid-19, com a Cinemundo a revelar, recentemente, que a mesma acontecerá a 26 de novembro.  O musical conta com Carolina Carvalho, Bárbara Branco, Ana Marta Ferreira e Lia Carvalho nos papéis principais e retrata a história das Doce na sua ascensão à fama.


As participações dos cantores eurovisivos no grande ecrã

Em 1964, ano em que representou Portugal na Eurovisão, António Calvário estreou-se no cinema no filme 'Uma Hora de Amor', realizado por Augusto Fraga, onde contracenou com Madalena Iglésias. No ano seguinte, atua em 'Rapazes de Táxis', de Constantino Esteves, sendo que o grande sucesso das suas participações no cinema acontece em 1966, com 'Sarilho de Fraldas', onde reencontra Madalena Iglésias.




Simone de Oliveira estreou-se no cinema em 'Canção da Saudade', em 1964, tendo participado, três anos depois, em 'Operação Diamante'. Após a participação no Eurofestival de 1969 e a perda de voz, a cantora regressou ao grande ecrã em 1976, em 'Cântico Final', e em 1983, no filme 'A Estrangeira'. Mais recentemente, participou também em Julgamento, produzido por Leonel Vieira.




Aproveitando o sucesso de 'Dio Come ti Amo' em 1966, de Domenico Modugno, Miguel Iglesias produziu um filme musical homónimo ao tema, protagonizado por Gigliola Cinquetti, cuja interpretação do tema ganhou maior destaque do que a interpretação original. 




Membro da Ordem do Império Britânico, Cliff Richard participou em várias produções cinematográficas, sendo a maioria anterior às participações eurovisivas. Estreou-se no cinema em 1959, em Serious Charge, tendo participado em Expresso Bongo (1960) e The Young Ones (1961). Deu voz a personagens de filme de animação por diversas vezes, sendo que a última participação num filme foi em 2012, quando fez de pedinte numa cena de 'Run for Your Wife'.




'ABBA- O Filme' é uma película acerca da viagem do grupo sueco à Austrália aquando da sua tournée mundial de 1977. Foi dirigido por Lasse Hallström, diretor da maioria dos vídeos musicais do grupo, tendo sido lançado aquando do lançamento do disco 'ABBA - O Álbum'. Estreou a 12 de dezembro de 1977 em Estocolmo.




Contudo, este não foi o único filme sobre o trajeto dos ABBA. 'Mamma Mia!', filme musical adaptado da peça de teatro homónima, estreou em 2008, tendo sido baseado nas canções do grupo sueco. O filme foi protagonizado por Meryl Streep e foi gravado na ilha grega de Escíatos, nas Espórades.




Dez anos depois do 'Mamma Mia!', a história baseada nas canções do grupo sueco continuou com "Mamma Mia! Here We Go Again". Meryl Streep, Lily James e Amanda Seyfried foram os protagonistas do filme lançado em 2018, que contou também com a participação da cantora Cher.




Representou o Reino Unido em 1974, mas, quatro anos depois, Olivia Newton-John tornou-se uma estrela internacional ao protagonizar Grease juntamente com John Travolta, com quem voltou a trabalhar em Two of a Kind (1983).




Fados é um filme do realizador espanhol Carlos Saura, estreado em 2007. O filme relata a visão do autor sobre o fado e conta com participações de Mariza, Camané, Carlos do Carmo, Carminho, entre outros. O filme recebeu o Prémio Goya para melhor canção original: "Fado da saudade" na interpretação de Carlos do Carmo.




9 anos depois da vitória eurovisiva, Céline Dion conquistou um lugar no coração de grande parte da população mundial ao dar voz a 'My Heart Will Go On', tema do filme Titanic. Composto por James Horner e escrito por Will Jennings, o tema venceu o Óscar e o Globo de Ouro para Melhor Canção Original, além de conquistar o lugar mais alto do top musical em mais de vinte países, incluindo Portugal.




Corria o ano de 2003 quando Lúcia Moniz integrou o elenco da comédia romântica 'Love Actually', escrita e dirigida por Richard Curtis, com a artista portuguesa a contracenar com Colin Firth, Hugh Grant, Alan Rickman e Emma Thompson, sendo que a maioria dos seus diálogos foram em português. Em 2020, Lúcia Moniz protagonizou o filme 'Listen', que ganhou vários prémios no Festival de Veneza.




O Festival Eurovisão da Canção foi também tema de filme na Suécia. Em 2000, a comédia Livet Är En Schlager (Uma vez na vida) prestou homenagem ao Festival Eurovisão e ao Melodifestivalen.




Verka Serduchka participou no filme de ação americano Spy, produzido por Paul Feig, e chegou às salas de cinema em março deste ano. A personagem teve um pequeno papel no filme, fazendo de si mesma, tendo também alguns dos seus temas na banda sonora do projeto. Contudo, a interpretação do tema eurovisivo não poderá ser esquecida:





Quando foi o cinema a marcar presença na Eurovisão...

Em 1970, o Mónaco fez-se representar no Festival da Eurovisão pela cantora francesa Dominique Dussault, que defendeu o tema 'Marlène'. A canção é uma homenagem à atriz e cantora Marlene Dietrich, descrevendo-a como "uma silhueta em sexyrama", além de comparar a beleza da cantora à da estrela americo-alemã.




Oito anos depois, a Grécia levou a Paris uma homenagem póstuma a Charlie Chaplin, sendo representada por Tania Tsanaklidou que defendeu o tema homónimo ao cantor. O tema descrevia a sua aparência cómica e desejava que a obra dele nunca desaparecesse, tendo a cantora subido ao palco com um estilo similar àquele que apresentou nas suas produções cinematográficas. A participação terminou na 4.ª posição da geral.




Contudo, em 1980, chegou a hora do cinema ser homenageado no palco do Eurovision Song Contest. A Suíça foi a promotora da homenagem, sendo representada por Paola com o tema 'Cinéma', onde foram feitas alusões a personagens do cinema, como Peter Pan, Alice no País das Maravilhas, Charlie Chaplin, Mickey Mouse e Walt Disney. Curiosamente, na mesma edição, a Alemanha fez-se representar pelo tema 'Theatre'.




Em 1991, o interval act do Festival RTP da Canção foi dedicado aos 95 anos do Cinema Português. Cinco anos depois, em 1996, a RTP voltou a dedicar o interval act da final nacional portuguesa ao cinema português, desta vez em jeito de comemoração do seu centenário, encenado por Filipe La Féria. Wanda Stuart, Anabela, Rita Ribeiro e as jovens Filipa Baptista e Daniela Varela fizeram parte do elenco.

Sabe de mais alguma participação de um cantor eurovisivo em produções cinematográficas? Assinale connosco o Dia Mundial do Cinema e partilhe a informação na caixa de comentários!

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL/ Imagem: Google/ Vìdeo: Youtube

Sem comentários