ESC2021: Todos os participantes gravarão previamente a sua atuação no Festival Eurovisão 2021

 

Para garantir a realização do Festival Eurovisão 2021, todos os participantes do certame gravarão previamente a sua atuação, que poderá ser usada em caso de restrição de viagens ou da necessidade de isolamento profilático.


Depois do cancelamento do Festival Eurovisão 2020 em virtude da pandemia de Covid-19, a EBU/UER garantiu que o concurso de 2021 teria lugar, "aconteça o que acontecer", revelando quatro cenários possíveis para a sua realização. Para salvaguardar a realização do concurso, todos os 41 países participantes gravarão uma atuação nos países de origem para que possa ser utilizada em maio, em caso de restrições de viagens ou a um isolamento profilático da comitiva em Roterdão.

Segundo comunicou a EBU/UER através do site oficial do evento, todas as gravações decorrerão nos países de origem e serão entregues antes do concurso, sendo que a gravação decorrerá em tempo real (como seria no concurso) sem qualquer edição. Para garantir a igualdade entre todas as delegações, as gravações serão auditoradas por elementos da EBU/UER, sendo possível usar as possibilidades técnicas disponíveis em Roterdão. Realidade aumentada ou virtual, confetis, drones, água ou tela verde são alguns dos elementos proibidos na gravação, que também não poderá contar com público presente.

Por outro lado, a EBU/UER esclarece que não poderão ser usadas gravações das finais nacionais, mas permitindo que a gravação aconteça, nos moldes descritos anteriores, no mesmo palco em que tenha decorrido a competição. Caso a delegação viaje até Roterdão e não tenha nenhum problema até ao momento da atuação que obrigue a um isolamento, a gravação será descartada e será transmitida a atuação ao vivo no palco da Rotterdam Ahoy.

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: eurovision.tv

Sem comentários