ESC2021: Elena Tsagrinou e "El Diablo" são os representantes de Chipre no Festival Eurovisão 2021

 

A cantora grega Elena Tsagrinou é a escolhida para representar Chipre no Festival Eurovisão 2021, revelou a emissora CyBC. "El Diablo" é o título da canção que defenderá em Roterdão.


Depois de confirmar, em junho, que Sandro Nicolas não seria reconduzido enquanto representante do país em 2021, a emissora cipriota CyBC anunciou, esta manhã, que a cantora grega Elena Tsagrinou foi a escolhida para representar o país na próxima edição do Festival Eurovisão em Roterdão. Agenciada pela PANIK Records, a cantora defenderá "El Diablo", canção de Jimmy Thornfeld, Laurell Barker, Oxa, e Thomas Stengaard, sendo a primeira artista confirmada no certame sem ter sido reconduzida da edição de 2020, bem como a primeira candidatura cujo título foi revelado.

Elena nasceu em Atenas em 1994, tendo começado a sua carreira musical com a participação no Greece Got Talent aos 14 anos, onde alcançou as semifinais. Em 2013, ingressou no grupo OtherView, tendo completado 5 anos enquanto vocalista da formação até apostar numa carreira a solo. "Pame Ap'Tin Arhi" foi o primeiro single a solo, tendo sido um dos temas mais ouvidos do ano na Grécia e Chipre. Paralelamente à música, Elena Tsagrinou tem também uma carreira de sucesso na televisão, tendo participado como mentora no programa "Just The 2 Of Us" e como apresentadora de bastidores do The Voice Greece. Desde outubro deste ano, Elena apresenta o seu próprio programa K-POP Stars na MAD TV, o maior canal de música na Grécia e Chipre.

Escolhido internamente pela emissora cipriota CyBC, o cantor alemão, de ascendência grega e americana, defenderia "Running" no Festival Eurovisão 2020, canção que estaria a concurso na primeira semifinal. Depois do cancelamento do concurso, a emissora e o cantor revelaram que concordaram em não renovar a participação para 2021.


Estreante em 1981, Chipre participou em 36 edições do Festival Eurovisão, falhando o apuramento para a grande final em seis ocasiões. Com a vitória de Salvador Sobral por Portugal, o país tornou-se o país com maior número de participações e sem nenhuma vitória. Depois do segundo lugar em Lisboa, Chipre foi representado por Tamta e "Replay", canção que terminou em 13.º lugar com 109 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: CyBC/ Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

1 comentário:

  1. Anónimo18:22

    Agora deram lhes com os titulos em espanhol e vao dar mais uma de fuego. Desta vez 3.0

    ResponderEliminar