Hungria: MTVA revela regulamento do 'A DAL 2021'... sem qualquer referência ao Festival Eurovisão


A emissora estatal da Hungria revelou o regulamento do ‘A DAL 2021’, confirmando indiretamente a sua ausência do Festival Eurovisão 2021.


Depois da polémica retirada do Festival Eurovisão 2020, cujas razões nunca foram reveladas oficialmente, a emissora estatal da Hungria (MTVA) deverá continuar fora da competição internacional em 2021. O regulamento do ‘A DAL 2021’, evento que foi usado como final nacional do país entre 2012 e 2019, foi revelado esta manhã, não havendo nenhuma referência ao Festival Eurovisão, o que aponta que o país continuará de fora do certame no próximo ano.

De realçar que, aquando da retirada do Festival Eurovisão, vários jornais apontaram que tudo se deveu à associação do concurso à cultura LGBTQ+: "Não fiquei surpreso. Já era esperado" frisou fonte da MTVA ao The Guardian, garantindo que a cobertura dos direitos da comunidade na imprensa foi desencorajada pelos superiores. Além disso, a fonte recordou os comentários de um elemento próximo ao partido de Viktor Orbán na televisão, onde descreveu o Festival Eurovisão como "uma esquadra homossexual" e defendeu que a não participação beneficiaria a saúde mental dos pais húngaros. No entanto, o Governo desmentiu as pressões, enquanto a MTVA apenas justificou a retirada com o investimento em novos talentos do país.

Estreante em 1994, a Hungria participou em 16 edições do Festival Eurovisão, tendo como melhor resultado o 4.º lugar alcançado na sua estreia com Friderika Bayer. Depois de uma série de apuramentos consecutivos de 2011 a 2018, Joci Pápai e "Az én apám" não foram além do 12.º lugar na semifinal em Telavive com 97 pontos, tendo sido a quarta canção mais votada pelo júri português.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: EurovisionFun/MTVA /Imagem/Vídeo: Eurovisiontv

Sem comentários