Itália: RAI confirma adiamento do 'Festival di Sanremo 2021'


A emissora italiana RAI confirmou o adiamento do Festival di Sanremo 2021 para o final de fevereiro ou início de março.

Depois das declarações de Walter Vacchino, diretor do Teatro Ariston, sobre um possível adiamento do concurso de 2021 devido à pandemia de Covid-19, a emissora italiana RAI confirmou que o Festival di Sanremo 2021 decorrerá algumas semanas depois do habitual. O anúncio foi feito aquando da apresentação dos novos programas da emissora, com o certame a ter lugar nos últimos dias de fevereiro e/ou início de março.

No entanto, a organização do evento continua a discutir a realização do certame, apesar de ser "praticamente impossível" a sua realização sem público, devido "à sua natureza". Contudo, a realização do evento fora do Teatro Ariston, local que recebe o evento desde 1977, com excepção de 1990, ano em que foi realizado no Mercado das Flores para uma maior capacidade, é outra das possibilidades.
 
Deste modo, o adiamento do Festival di Sanremo para o fim de fevereiro e/ou início de março poderá não afetar os planos de Itália para o Festival Eurovisão, visto que a RAI usa o certame como pré-seleção para o concurso internacional desde 2011, com excepção de 2014. A seleção interna de um artista, como aconteceu com Emma Marrone em 2014, ou o convite direto a Diodato, candidato italiano em 2020, eram vistas como duas das possibilidades caso o concurso fosse adiado para abril ou maio. Contudo, a RAI ainda não revelou nenhum pormenor sobre a sua participação em 2021.

Vencedor do Festival di Sanremo, Diodato representaria Itália no Festival Eurovisão 2020 com "Fai Rumore". Para o Eurovision: Europe Shine A Light, o cantor, que foi convidado pela RAI para participar no Festival di Sanremo 2021, gravou a sua interpretação na Arena de Verona.

  
Estreante em 1956, a Itália conta com 45 participações no Festival Eurovisão, tendo estado fora do certame entre 1998 e 2010, apesar de ter triunfado em 1964 e 1990. Mahmood e "Soldi" foram os representantes italianos em Telavive, terminando em 2.º lugar com 472 pontos, menos 26 que o vencedor da edição, tendo recebido 13 pontos de Portugal (7 do televoto e 6 do júri). 


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:OptimaMagazine/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários