Itália: 'Festival di Sanremo 2021' poderá ser adiado devido à Covid-19


O Festival di Sanremo 2021 poderá ser adiado para março ou abril devido à pandemia de Covid19, o que poderá levar a RAI a realizar uma seleção interna para o Festival Eurovisão 2021.

Walter Vacchino, diretor do Teatro Ariston, revelou que a edição de 2021 do Festival di Sanremo poderá ser adiado devido à situação da pandemia de Covid-19, estando a decisão do adiamento dependente da evolução da situação dos próximos meses. Além disso, o diretor do espaço confirmou que o Município de Sanremo e a emissora RAI estão a considerar várias alternativas para a realização do concurso, desde o adiamento até à mudança de local

"Se as datas do início de fevereiro não nos permitem fazer um Festival (...), pode ser que pensemos no adiamento de um ou dois meses" frisou Walter Vacchino, garantindo que o cancelamento do evento é a última opção, "É a última hipótese que ninguém quer considerar". Por outro lado, Alberto Biancheri, alcaide de Sanremo, assegurou a organização do evento: "Não há dúvida que haverá Festival em 2021 e será realizado em Sanremo" defendeu, deixando em aberto a realização do concurso fora do Teatro Artiston, local que recebe o evento desde 1977, com excepção de 1990, ano em que foi realizado no Mercado das Flores para uma maior capacidade.

No entanto, o adiamento do Festival di Sanremo para março ou abril poderá levar a uma mudança de planos de Itália para o Festival Eurovisão, visto que a RAI usa o certame como pré-seleção para o concurso internacional desde 2011, com excepção de 2014. A seleção interna de um artista, como aconteceu com Emma Marrone em 2014, ou o convite direto a Diodato, candidato italiano em 2020, são duas das possibilidades.

Vencedor do Festival di Sanremo, Diodato representaria Itália no Festival Eurovisão 2020 com "Fai Rumore". Para o Eurovision: Europe Shine A Light, o cantor, que foi convidado pela RAI para participar no Festival di Sanremo 2021, gravou a sua interpretação na Arena de Verona.

  
Estreante em 1956, a Itália conta com 45 participações no Festival Eurovisão, tendo estado fora do certame entre 1998 e 2010, apesar de ter triunfado em 1964 e 1990. Mahmood e "Soldi" foram os representantes italianos em Telavive, terminando em 2.º lugar com 472 pontos, menos 26 que o vencedor da edição, tendo recebido 13 pontos de Portugal (7 do televoto e 6 do júri). 


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RAI/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários