[Olhares sobre o DMGP2020] Quem representará a Dinamarca no Festival Eurovisão 2020?


A Dinamarca escolhe, esta noite, os seus representantes para o Festival Eurovisão 2020 através do Dansk Melodi Grand 2020. Saiba quem são os favoritos do painel do Olhares do ESCPORTUGAL.


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPortugal realiza, esta temporada, a quarta edição do Olhares sobre as finais nacionais, em colaboração com o painel do ESCPORTUGAL Regiões. Depois dos Olhares sobre a Albânia, República Checa, Moldávia, Austrália, Letónia, Itália, Arménia, Lituânia, Noruega, Ucrânia e Eslovénia, Bielorrússia, Estónia, Croácia, Islândia, Roménia, Sérvia, Israel e Finlândia, Dinamarca é o país que se segue na rubrica. Dez canções disputam o Dansk Melodi Grand Prix 2020, com a votação a cargo do júri e do público.

Conheça, de seguida, as preferências do painel de comentadores:

Adão Nogueira aposta em Jasmin Rose feat. RoxorLoops com "Human"
O Dansk Melodi Grand Prix continua em 2020 a ser a final nacional dinamarquesa e a apresentar 10 músicas na sua final mas alterou a forma como as selecionou. Esta alteração não trouxe nada de novo à qualidade das propostas, não sendo más mas não apresentando nenhuma obra prima. De destacar o facto de estarem presentes na final não só músicas em inglês, mesmo não sendo as propostas que mais me agradem. Quanto à uma potencial vencedora destaco “Humam” de Jasmin Rose ft Roxorloops, que com uma letra e sonoridade atuais vai colocar toda a plateia a mexer.



André Eric-Fernandes aposta em Jasmin Rose feat. RoxorLoops com "Human"
Esta é mais uma das seleções que não me surpreenderam como esperava. Acho este Melodi Grand Prix monótono e sem grande surpresa. A minha preferida a concurso é, sem dúvida, "Human". Pop ligeira fácil e acessível, letra atual e uma interpretação simpática. Casais fofinhos fazem sempre boa imagem.


André Pereira aposta em Ben & Tan com "Yes"
"Yes" é aquela típica canção que todos gostam de ouvir no Festival Eurovisão e que se vai dar muito bem no concurso. Acredito que, caso seja a escolhida, venha a conseguir um TOP10 muito facilmente em Roterdão.

Cláudio Guerreiro aposta em Ben & Tan com "Yes"
A Dinamarca oferece-nos uma final nacional muito idêntica às edições passadas: com algumas músicas sem história e com potencial para cair no esquecimento no dia a seguir. Apenas três conseguiram ficar na minha memória depois de as ouvir (“Yes”, “Forget It All” e “Human”), o que já é uma evolução em relação à edição passada. Na minha opinião, “Yes” é a mais catchy e com mais hipóteses de dar um bom resultado à Dinamarca. A conjugação de vozes soa tão bem que seria quase um crime não ouvir isto mais uma vez em Roterdão.



Fábio Ventura aposta em Maja og de sarte sjæle com "Den eneste goth i Vejle"
O Dansk Melodi Grand Prix continua a não ser assim tão "Grand", ano após ano. Novamente, temos na final um conjunto de canções plásticas, básicas e esquecíveis. Tal como na edição anterior, só houve duas a deixar-me curioso. São elas a "Yes" do Ben e da Tan e "Den Eneste Goth i Vejle" dos Maja og de sarte sjæle. A primeira, radio friendly, agradável e bem construída e a segunda, inocente, querida e cantada em dinamarquês. Qualquer uma delas será uma boa escolha porque ambas estão musicalmente ao mesmo nível e eu, enquanto defensor e apreciador das línguas oficiais no palco da Eurovisão, coloco "Den Eneste Goth i Vejle" no topo da minha classificação.


Hugo Sepúlveda aposta em Ben & Tan com "Yes"
Dinamarca volta a ter uma seleção fraca, depois do golpe de sorte de 2019, Uma das que me despertava a atenção ficou logo pelo caminho, SamSara, com “For You”. De 10 finalistas, 8 quase nem me lembro. Restam “Human” e “Yes”. A primeira, de Jasmin Rose Feat. RoxorLoops, imagino mais num warm-up de festival de verão, com ritmo e um hook que fica na cabeça, mas que facilmente passa despercebida! E a minha aposta, “Yes”, de Ben & Tan, uma música na saga melosa dinamarquesa, mas que nem sempre é necessariamente mau. É uma canção muito radio friendly, catchy e com um sentimento até que contagiante! Quem sabe não conquistam outro golpe de sorte!




Nuno Carrilho aposta em Ben & Tan com "Yes"
Com uma competição dentro daquilo que nos tem apresentado nos últimos anos, a Dinamarca tem um lote de canções "interessantes" para Roterdão. Contudo, como todos sabem, a atuação em palco é bastante importante e nalguns casos... duvido que o nível seja mantido. Os meus doze pontos vão para "Yes", interpretada por Ben & Tan, mas sobre se será uma boa escolha... prefiro falar apenas depois das atuações.
  
Rúben Ameixa aposta em Jasmin Rose feat. RoxorLoops com "Human"
Com um bom stage, "Human" pode resultar muito bem. A bonita voz dela, a juntar a um ritmo alegre e diferente parecem-me dois ingredientes para um bom resultado da Dinamarca no Festival Eurovisão 2020.
 
Tiago Silva aposta em Ben & Tan com "Yes"
A Dinamarca apresenta uma final nacional de qualidade. Destaco "Yes", "Human" e "Forget it all" mas o meu primeiro lugar vai para "Yes" do dúo Ben e Tan, musics alegre, perfeita para a eurovisao que se destacaria.

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 9 comentadores:

1.º Ben & Tan – "Yes" - 92 pontos
2.ºJasmin Rose feat. RoxorLoops – "Human"  - 83 pontos
3.º Kenny Duerlund – "Forget It All " - 63 pontos
4.ºSander Sanchez – "Screens"  - 63 pontos
5.º Sys Bjerre – "Honestly" - 42 pontos 
6.º Jamie Talbot - "Bye Bye Heaven" - 41 pontos
7.ºMaja og de sarte sjæle – "Den eneste goth i Vejle" - 40 pontos
8.º Emil – "Ville Ønske Jeg Havde Kendt Dig" - 39 pontos
9.º Isam B – "Bølger" - 31 pontos
10.º Benjamin Kissi – "Faith" - 28 pontos



 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários