ESC2021: Elisa revela que não haverá seleção interna para o Festival Eurovisão 2021


A cantora Elisa, vencedora do Festival da Canção 2020, revelou, nas redes sociais, que não haverá seleção interna para o Festival Eurovisão 2021. Ao ESCPORTUGAL, a artista confirmou a informação.

Através das redes sociais, a cantora Elisa, vencedora do Festival da Canção 2020 com "Medo de Senti", revelou aos seus seguidores que não representará Portugal no Festival Eurovisão 2021 por convite direto: "Hello! Me and Marta won't go to Eurovision 2021" pode ler-se nalguns prints revelados pelos fãs nas redes sociais.
  

O ESCPORTUGAL contactou a cantora sobre o assunto, com Elisa Silva a confirmar as declarações, frisando que não haverá seleção interna para o Festival Eurovisão, mas sim "outro festival para o ano". Até ao momento, a emissora portuguesa RTP ainda não teceu nenhuma declaração sobre o assunto.



 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Elisa /Vídeo: Sapo / Imagem: RTP

15 comentários:

  1. Anónimo19:36

    Bem me parecia que aquela mensagem da Marta Carvalho me soava a despedida. A RTP já a devia ter informado que elas não representariam Portugal em 2021. Provavelmente, nem as convidaram para o FDC do próximo ano, presumindo que vai haver FDC.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:16

    A RTP tem vinculos que não podem ser quebrados. O festival da canção está planeado para ser feito pelo menos até os próximos 3 anos. Sinto pena por elas claro, mas felizmente não levámos a medo de sentir à Eurovisão, esta música não ia ganhar de qualquer maneira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não poderia haver um FdC 2021 com uma vaga destinada a elas? Uma coisa não impede a outras. É uma situação excepcional que legitima medidas excepcionais.

      Eliminar
    2. Anónimo22:10

      Para quê? para termos uma canção de adormecer outra vez?

      Eliminar
    3. Anónimo09:14

      Sim. Porque não? Se é um Festival da CANÇÃO, que importa se é de adormecer ou não? Hello?

      Eliminar
    4. Anónimo21:12

      Hello Anónimo das 09:14? Endoidou?

      Eliminar
  3. Nem esta nem nenhuma das outras.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo22:12

    No instagram da Elisa, no post em que ela informa que não irá representar Portugal em 2021, o Mikkel Solnado diz que é muito injusto. O Nuno Galopim deixou-lhe beijinhos e a Carla Bugalho diz que ela é uma grande miúda. Aparentemente a RTP informou-as que não iriam fazer parte do FDC 2021. Custava muito convidá-las para a edição de 2021 RTP?

    ResponderEliminar
  5. Anónimo22:20

    acho muito bem! se era para fazer uma seleção interna ao menos que fosse com um artista de sucesso em Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:21

      É preciso explicar qual seria o motivo da seleção interna ou chega lá sozinho?

      Eliminar
    2. Anónimo09:37

      Um artista de sucesso em Portugal é apenas e tão somente um artista de sucesso em Portugal, o que não quer dizer grande coisa... O que não falta em PT são cantores de sucesso medíocres ou pseudo artistas...

      Eliminar
  6. Ainda bem deixem-nas ir... Queremos a Luísa Sobral para compor uma verdadeira canção para compor uma lindíssima canção com piano e violino.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo08:12

    Acham mesmo que vai haver uma edição em 2021? Pois lembrem-se dos anos de crise económica e de como Portugal renunciou a participar duas vezes e não teve qualquer ambição de ganhar porque não teria recursos para organizar. E com os tempos que se avizinham, não vai ter, pelo menos nos próximos 10 anos. Preparem-se para nos próximos anos as vitórias voltarem a ser alternadas entre a Suécia e os países de Leste.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo15:45

    Caros, esta epidemia está para durar e as previsões dos especialistas apontam para novo surto na primavera de 2021. Não vale a pena fazer planos para o que virar depois (como dizia a canção do Salvador)... a ver vamos se existirá FC em 2021.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo15:45

    Caros, esta epidemia está para durar e as previsões dos especialistas apontam para novo surto na primavera de 2021. Não vale a pena fazer planos para o que vier depois (como dizia a canção do Salvador)... a ver vamos se existirá FC em 2021.

    ResponderEliminar