Suécia: Linda Bengtzing admite participação no 'Dansk Melodi Grand Prix'


Sexta classificada na semifinal 2 do Melodifestivalen 2020, Linda Bengtzing admite regressar ao concurso pela oitava vez, apesar de ponderar participar no Dansk Melodi Grand Prix: "Amo a Dinamarca. Adorava competir por eles".

Com seis participações entre 2005 e 2016, a cantora Linda Bengtzing participou, na noite passada, na segunda semifinal do Melodifestivalen 2020 terminando em 6.º lugar entre 7 candidatos, naquela que foi a sua sétima participação no evento. "Quando subi ao palco, senti que tinha asas. Acho que nunca estive tão bem. Se tivesse sido uma corrida, teria vencido com a entrega e com o apoio do público" frisou, emocionando-se quando falou dos filhos, "O mais díficil será dizer a Vera e Nisse. Eles vão ficar decepcionados e pensar que sou péssima. Para eles a competição é muito importante".

Contudo, apesar de ser a terceira eliminação consecutiva, a cantora não fecha a porta a uma oitava participação no Melodifestivalen, apesar de manifestar interesse em competir na final nacional dinamarquesa: "Adorava. Amo a Dinamarca e adorava competir por eles. Quando fui eliminada na última vez, disse que adorava competir lá. Agora digo o mesmo".

 A estreia de Linda Bengtzing no Melodifestivalen aconteceu em 2005 com "Alla Flickor", canção que alcançou o 9.º lugar na Grande Final depois de apurar-se no Andra Chansen, tendo alcançado o 7.º lugar no ano seguinte com "Jag ljuger så bra". Em 2008, a cantora alcançou a sua melhor classificação no concurso com ""Hur svårt kan det va?", terminando em 5.º lugar na Final, apesar do null points do público, tendo ficado em 7.º lugar em 2011 com "E det fel på mej?", naquela que foi a sua última presença na Final. Em 2014, Linda ficou em 5.º lugar na semifinal com "Ta Mig", enquanto em 2016 ocupou a 7.ª (e última) posição com "Killer Girl". Este ano, "Alla mina sorger" ficou em 6.º lugar na eliminatória.








 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Aftonbladet/ Imagem: SVT / Vídeo: Youtube

Sem comentários