[Olhares sobre o OMPE] Quem representará a Moldávia no Festival Eurovisão 2020?


A Moldávia escolhe, esta tarde, os seus representantes para o Festival Eurovisão 2020 com uma ronda de audições com 36 candidatos. Saiba quem são os favoritos do painel do Olhares sobre as Finais Nacionais.


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPortugal realiza, esta temporada, a quarta edição do Olhares sobre as finais nacionais, em colaboração com o painel do ESCPORTUGAL Regiões. O Olhares sobre as Finais Nacionais chega hoje à Moldávia, país que escolhe os seus representantes através de uma ronda de audições com 36 candidatos. O painel de jurados será o responsável pela escolha do representante da Moldávia em Roterdão.

Conheça, de seguida, os favoritos do painel de comentadores:

Adão Nogueira escolhe Catarina Sandu e "Die For You"
A Moldávia volta a realizar a sua final nacional com um número enorme de concorrentes. Como nem sempre a quantidade é significado de qualidade, mesmo com a participação de vários ex participantes no ESC, este ano as propostas são pouco interessantes e grandes parte delas merecia um revamp gigantesco para deixarem de pertencer aos anos 90. O único ponto positivo do MPE 2020 é continuar a ter algumas apostas na sua língua. Sem conseguir ter favoritas, tendo em conta toda a montra deste ano da seleção moldava destaco “Dancing in the sunrise”, “Dale dale” e “Die for you” pela energia das músicas e a boa onde que transmitem. Assim, tendo que optar por uma, acho que a Catarina Sandu e “Die for you” podem ser uma boa aposta.

André Eric Fernandes escolhe Valentin Uzun & Irina Kovalsky e "Moldoviţa"
Seleção preguiçosa... muita música, mas pouca novidade. No entanto (e com tanta escolha, ainda bem) há algumas que saem do lote. Uma final a 10 era mais do que suficiente! Para a Vitória aposto no duo Valentin Uzon & Irina Kovalsky que cantam "Moldovita". Esta música tem um cheirinho de festarola de um qualquer bairro de Chişinău, e dá muita vontade de ser convidado a essa festa! Os moldavos sabem divertir-nos na Eurovisão e com esta escolha poderão também fazer-nos viajar ao mais profundo da sua cultura popular.

Cláudio Guerreiro escolhe Carolina Rakoviţă e "Dancing in the sunrise"
A final moldava está longe de ter um grande número de músicas competitivas. Grande parte das propostas apresentam arranjos melódicos de meter medo e muitas são aquelas que dão logo vontade de parar a meio. No entanto, há uma que claramente se destaca logo numa primeira audição: “Dancing in the sunrise” da Carolina Rakoviță. Além de um timbre muito cheio que a cantora apresenta, o instrumental dá-nos certos pormenores (principalmente na parte não cantada e naquela parte mais étnica no final da canção) que fazem bater o pé logo naquele instante. Há a destacar claramente também a criação de um refrão que fica facilmente na memória.


Fábio Cipriano Ventura escolhe Valentin Uzun & Irina Kovalsky e "Moldoviţa"
O último país a confirmar a participação na Eurovisão deste ano, a Moldova, decidiu também seleccionar internamente o seu representante, deixando de lado "O melodi pentru Europa", à semelhança de 2007. Tal como no ano transacto, um painel de jurados escolheu através de audições um lote de 36 canções, canções estas que serão novamente sujeitas ao escrutínio do júri - este ano, o público não terá voto na matéria... É em geral uma selecção que se apresentou fria, com várias canções que deixam muito a desejar. Escutadas as 36, destaco a bem produzida "Die for you", a querida "Our home" e a divertida "Moldovita", canção esta que reúne o tradicional moldavo, cantada na língua oficial daquele país (e que por isso soma mais pontos), num convite para visitarmos a Moldova em todo o seu esplendor.


Hugo Sepúlveda escolhe Valentin Uzun & Irina Kovalsky e "Moldoviţa"
Moldávia apresenta a sua selecção em modo “poupança” no que toca a espectáculo televisivo (e qualidade de uma forma geral, nem guilty pleasures há em condições). 36 músicas com uma substituição pelo meio e nem um top 10 quase que dava para fazer. Temos até aromas turcos, pitadas de leste e regressos eurovisivos, mas nada que satisfaça em pleno. A meu ver, é um combate handicap ente Valentin Uzun & Irina Kovalsky e Catarina Sandu. "Die For You" é catchy, mas "Moldovita" tem uma energia contagiante! Facilmente aceitamos este convite moldavo ao ritmo de uma sonoridade tão característica! Moldávia tem aqui uma hipótese se diferenciar.

Nuno Carrilho escolhe Pasha Parfeny e "My Wine"
Considerado como o "país mais pobre" da Europa, a Moldávia sabe "fazer das tripas coração" no que diz respeito ao Festival Eurovisão e as últimas três participações são exemplo claro. Este ano, a TRM apostou numa seleção público-interna para o concurso... sem filtros. Num pequeno/grande (depende da perspectiva) lote de canções, temos de tudo um pouco: as muito boas... e as muito más! Os meus doze pontos vão para um repetente nestas andanças: Pasha Parfeny e "My Wine", uma canção muito parecido com a que levou em 2012. No entanto, destaco também a canção "Moldovita" que, segundo o histórico do país, poderá ser a escolhida para Roterdão. Sobre possíveis resultados? Temos de esperar por maio...


Patrícia Gargaté escolhe Pasha Parfeny e "My Wine"
O Pasha tem aquele ritmo característico e não dá para evitar, por mais que não queiramos damos por nós a bater o pezinho ao som da canção. É festa, é alegria contagiante e algo extremamente necessário em tempos que a Eurovisão tenta ser um concurso pop comercial. Aprecio a diferença e apesar do concurso ter outras propostas igualmente boas, creio que o cantor já provou que é carismático o suficiente para voltar a Eurovisão.


Tiago Silva escolhe Catarina Sandu e "Die For You"
A minha canção favorita e que acho que ira dar à Moldávia a melhor classificação é "Die for you" da Catarina Sancu. Um grande bop vindo da Moldávia, muito catchy, moderno e animado com que este país nos tem habituado. Acho que tem um som que toda a Europa irá vibrar e com um revamp poderá obter uma boa classificação.


Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 8 comentadores:
   
1.º Valentin Uzun & Irina Kovalsky – "Moldoviţa" - 67 pontos
2.º Catarina Sandu – "Die for you" - 59 pontos
3.º Pasha Parfeni – "My Wine" - 51 pontos
4.º Georgeta Burlacu – "Răspunde!" - 42 pontos
5.º Natalia Gordienko – "Prison" - 32 pontos
6.º  Carolina Rakoviţă – "Dancing in the sunrise" - 24 pontos
7.º Diana Rotaru – "Dale dale" - 24 pontos 
8.º LAVE – "Wildfire" - 24 pontos
9.º Maxim Zavidia – "Take Control" - 24 pontos
10.º Maria Ciolac – "Our home" - 18 pontos
11.º LANJERON – "Hi Five" - 12 pontos
12.º Sasha Letty – "Summer of love" - 12 pontos
13.º Valeria Paşa – "It’s time" - 12 pontos
14.º  Julia Ilienko ft. Mishel Dar – "Tears" - 10 pontos
15.º Denis Midone – "Like a Champion" - 8 pontos
16.º Irina Kit – "Chain Reaction" - 8 pontos
17.º Petronela Donciu & Portărescu Andreea – "We will be legend" - 7 pontos
18.º Angel Kiss – "My Own Queen" - 6 pontos
19.º Viorela Moraru – "Remedy" - 6 pontos
20.º  Diana Brescan – "Let’s go together" - 4 pontos
21.º Pelageya Stefogio - "Empathy" - 4 pontos
22.º Live Beat – "Love me now" - 4 pontos
23.º Ray Barc – "I’m shy" - 3 pontos
24.º Angel Kiss – "You are my dance" - 2 pontos
25.º  Dima Jelezoglo – "Do it slow" - 1 ponto
   
Sem pontuação:
Alexandru Cibotaru – "Cine te-a facut să plîngi"
Danny Cruise – "My love"
Diana Popa – "Believe me"
Katerina S – "We are done"
Lavinia Rusu – "Touch"
Liusia Znamensky – "Love no more"
Nicolae Untilă – "Call me please"
Olea Roşu – "Alive"
Sasha Bognibov – "Big brother"
Tudor Bumbac – "Te-am vazut in vis pe tine"
Vovian – "10 minuni in Moldova"



 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários