JESC2020: EBU/UER esclarece que o Cazaquistão não pode receber o evento


A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) revelou que o Cazaquistão não pode receber o Festival Eurovisão Júnior de 2020.

Depois do Cazaquistão ter manifestado interesse em receber o Festival Eurovisão Júnior de 2020, depois de ter apresentado uma candidatura no ano passado, a União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) revelou que o país é inelegível para receber o concurso. "Apenas os membros da EBU/UER podem receber o Festival Eurovisão Júnior. A Khabar Agency do Cazaquistão, tal como a SBS da Austrália, são apenas membros associados da EBU/UER" lê-se em comunicado. Deste modo, a Polónia é o único país que manifestou interesse em receber o concurso de 2020.



Escolhido internamente pela Khabar Agency, Yerzhan Maxim representou o Cazaquistão em Gliwice com "Armanyńnan qalma". A canção alcançou o segundo lugar no evento com 227 pontos, fruto do primeiro lugar no júri e o quinto posto na votação do público. O júri português colocou a canção do Cazaquistão no 5.º lugar, atribuindo-lhe 6 pontos.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurofestivales /Imagem: Google/Vídeo: Eurovision.tv 

5 comentários:

  1. Anónimo11:19

    Acho isso deveras errado. Por muito que sejam apenas membros associados, se têm o interesse e a capacidade para o realizar deviam dar-lhes ao menos uma chance. Se bem que acho que a regra do first refusal devia regressar e que a Polónia, como país vencedor, deva dedicar o evento pelo segundo ano consecutivo. Creio que o ESC devia implementar essa regra caso um membro associado participante ganhe. Para os demais membros, a regra atual manter-se-ia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:34

      " deva dedicar o evento pelo segundo ano consecutivo" que significa isto?

      Eliminar
    2. Anónimo13:07

      Sediar, peço desculpa pelo engano. Foi o autocorretor 😅

      Eliminar
    3. Anónimo18:40

      ah ok, sediar. pois se eles têm sede... é justo

      Eliminar
  2. Anónimo20:02

    A RTP não estará interessada em organizar o Junior Eurovision? Podia ser que conseguisse um resultado tipo 12°, 13° . O que seria deveras fenomenal! :-D

    ResponderEliminar