Lituânia: Chefe de delegação admite mudanças no 'Eurovizijos 2020'


O chefe de delegação da Lituânia, Audrius Giržadas, admitiu que o processo de seleção do país para o Festival Eurovisão 2020 poderá sofrer alterações, devido de várias críticas ao modelo do Eurovizijos.

Em declarações à chegada da comitiva da Lituânia, o chefe de delegação do país, Audrius Giržadas, falou sobre a preparação para a edição do próximo ano. "Vamos começar a estudar o caso, visto que a seleção do Festival Eurovisão não é apenas um projeto de classificação para o certame. A LRT vê a competição como uma oportunidade para jovens artistas apresentarem os seus trabalhos" começa por dizer Audrius, admitindo que a competição do próximo ano poderá ter algumas mudanças, "Estamos a organizar uma reunião com os diversos colaboradores"

O aumento do financiamento da LRT para a participação do Festival Eurovisão e a revelação individual dos votos dos jurados são algumas das possíveis mudanças, com Audrius Giržadas e Gediminas Jaunius, produtor do evento, a garantirem que "tomaram atenção a todas as críticas recebidas": "Houve vários problemas. Desde a imparcialidade dos jurados, de diferentes aplicações das regras, a possível manipulação dos espectadores... uma série de problemas que não queremos ver repetidos" afirmou Gediminas.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: LRT/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

3 comentários:

  1. Anónimo23:04

    A RTP nunca faz este tipo de declarações

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:09

    E ja pensaram em reduzir as galas e o numero de artistas? Escolhem menod musicas pirosas e ficam so com a meia duzia de boas e fazem duas semifinais e a final so... Assim podem investir o dinheiro que gastam com as outras galas em apresentacoes e produçao melhor das musicas

    ResponderEliminar