ESC2019: Votação de Jitka Zelenková na semifinal 1 levanta suspeitas


A votação da única jurada que colocou Portugal em 1.º lugar na primeira semifinal do Festival Eurovisão 2019 está a causar suspeitas.


A votação do Festival Eurovisão 2019 continua a causar polémicas. Desta vez, o destaque tem sido a votação de Jitka Zelenková, presidente do júri da República Checa, na primeira semifinal do concurso. 

Na gala eliminatória, a jurada colocou a Eslovénia em último lugar na sua votação, ao contrário dos restantes quatro jurados do painel que colocaram a Eslovénia em primeiro lugar. Por outro lado, a jurada colocou Portugal na primeira posição, fazendo com que "Telemóveis" recebesse 2 pontos do painel checo. 

Contudo, olhando para a votação da jurada na Grande Final, as preferências mudaram drasticamente: Jitka colocou a Eslovénia em sexto lugar e a Estónia no quarto posto, sendo os dois países mais bem classificados provenientes da primeira semifinal, sendo que, na eliminatória, ficaram em 14.º (Estónia) e 16.º (Eslovénia).  Caso seja confirmado que existiu uma "votação ao contrário", o cálculo correto da votação teria provocado profundas mudanças na classificação do concurso, visto que a Polónia teria alcançado o apuramento em vez da Bielorrússia.

Aceda AQUI e AQUI à votação do júri da República Checa na semifinal e na Final, respetivamente.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix/Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

12 comentários:

  1. Anónimo21:40

    mas porque é que isto ta a acontecer tanto

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:43

    se assim for ainda menos pontos para Portugal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:37

      mas quais menos pontos pá, que obsessão com Portugal, as maus línguas não se cansam! le o artigo, isto tem a ver com a eslovenia.

      Eliminar
    2. Anónimo23:25

      O anónimo das 21:43 tem razão. Tem que ler melhor como lhe sugeriu. Se Portugal estava em primeiro nesta senhora e foi por isso que recebeu 2 pontos do júri da Rep. Checa, se fosse feita a correção assumindo que pôs ao contrário as preferências, Portugal não ia receber nem esses dois pontos deste júri.

      Eliminar
  3. Adianta de muito isso agora.
    Essa gente não sabe votar? Antes de fazerem asneira deveriam ter perguntado como é que funcionava o sistema de votação.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo21:57

    Este ano foi ganda fail sem dúvida, por isso é que nem liguei ao conan nao ter passado..tanta coisa que correu mal

    ResponderEliminar
  5. Acabem lá com isso. Já estou com a cabeça à roda. Mas que grande trapalhada.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo01:03

    Que trapalhada pegada... Querem tanto beneficiar alguns países que só saiu bosta. A confirmar-se esta notícia será necessário repetir todo o Festival uma vez que a Polónia foi fortemente penalizada

    ResponderEliminar
  7. Anónimo01:04

    A reperir o Festival façam-no bem longe de Israel

    ResponderEliminar
  8. Anónimo08:16

    É por estas e outras que já disse aqui várias vezes que esta foi a pior organização de eurovisao de sempre.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo15:05

    É o que dá formarem júris com inúteis e estúpidos, que ainda se apresentam como profissionais

    ResponderEliminar
  10. Anónimo18:15

    OK, Zelenkova...see you next year in ESC, Czech Republic

    ResponderEliminar