[Olhares sobre o Eurovision - Australia Decides] Quem representará a Austrália no Festival Eurovisão 2019?


A Austrália escolhe, esta manhã, os seus representantes para o Festival Eurovisão 2019, com a realização do  Eurovision - Australia Decides, a primeira final nacional da história do país.


Baseado no sucesso dos Olhares sobre o Festival Eurovisão, iniciativa criada em 2009, o ESCPortugal realiza, esta temporada, a terceira edição do Olhares sobre as finais nacionais, em colaboração com o painel do ESCPORTUGAL Regiões. O Olhares sobre as Finais Nacionais chega hoje à Austrália, país que realiza, esta manhã, a sua primeira final nacional para o Festival Eurovisão. O Eurovision - Australia Decides conta com dez participantes sendo que o público e um painel de jurados serão os responsáveis por eleger os representantes australianos em Telavive.

Conheça, de seguida, as previsões do painel de comentadores:

Adão Nogueira aposta em Electric Fields e "2000 and Whatever"
A Austrália pela primeira vez brinda-nos com uma final nacional. Uma boa decisão, uma vez que no geral, a lista das 10 canções apresentadas possuem grande qualidade. Com a generalidade das apostas a apresentar canções mais viradas para o pop/comercial, aparece uma que se destaca muito de todas as outras. Com uma batida pop/étnica e sons indígenas misturados com música eletrónica, Eletric Fields e a sua “2000 and Whatever” marcam bem a diferença. Se conseguirem manter o nível ao vivo serão a decisão mais acertada, pois transportam-nos por uma experiência mágica e será algo que poderá ficar bem presente na nossa memória nos próximos anos. 

Cláudio Guerreiro aposta em Alfie Arcuri e "To Myself"
A Austrália aposta pela primeira numa final nacional para escolher o seu representante e há que aplaudir o esforço em fazer um bom espetáculo, como já deu para ver pelos ensaios recentemente publicados. Contudo, poucas foram as músicas que me chamaram à atenção. Acho que os Sheppard têm a proposta mais orelhuda e que mais facilmente pode atingir um bom resultado, mas a minha escolha recai na balada do Alfie Arcuri. Pode ser algo já muito ouvido e que o país já nos habituou na Eurovisão, mas a voz e a letra têm algo que não me deixam indiferente.


Diogo Quintais aposta em Electric Fields e "2000 and Whatever"
Ao rever todas as canções, tenho que admitir que foi muito complicado fazer o top10 desta final nacional. No entanto, houve uma das propostas que me deixou logo muito interessado em voltar ouvir! Electric Fields e o tema “2000 and Whatever” são a minha escolha para representar a Austrália na Eurovisão. Pela primeira vez, a Austrália tem a oportunidade de enviar algo que mostre a cultura australiana aos Europeus. A mistura entre o ritmo étnico ancestral e electro moderno é simplesmente de outro mundo. Esta proposta é muito diferente do que normalmente se ouve na Eurovisão e mesmo que os resultados no final não sejam os melhores, eu acho que a Austrália não se tem de arrepender de levar “2000 and whatever” a Israel.

Fábio Cipriano Ventura aposta em  Electric Fields e "2000 and Whatever"
We're not gonna live foreveeeeeer 🎵🎵🎵 Que canção! O duo australiano, que se refere a si mesmo como "two feminine brothers", traz-nos uma canção que combina um estilo electrónico-soul com a cultura indígena australiana, cantando em Inglês e em Pitjantjatjara, um dos dialectos mais antigos daquele país. O resultado é uma belíssima obra, que unifica em harmonia o passado e o presente. Definitivamente, prima pela diferença e, por isso, é a minha favorita. Devo ainda mencionar os Sheppard, banda australiana de indie-pop, que nos apresenta um som bastante agradável e bem conseguido. Austrália reforça, uma vez mais, que veio para ficar, com este lote de canções de qualidade. Ah, e quem é que consegue tirar aquele "Zihihihihihihihiro grahahahahahavity" da cabeça?!


Hugo Sepúlveda aposta em Electric Fields e "2000 and Whatever"
Austrália estreia-se no que toca a finais nacionais e que bela estreia! A minha preferida, sem dúvida, é 2000 and Whatever dos Electric Fields, apesar de ter levado o seu tempo a entranhar-se. Moderna e com toques étnicos, uma óptima combinação à qual não resisto. Uma aposta mais segura seria Sheppard e On My Way, visto que é muito bem produzida e radio friendly, aliada a alguma popularidade do grupo. Ou então talvez arrisquem mais e a vencedora seja Kate Miller-Heidke e Zero Gravity, uma proposta um tanto estranha, mas que nos leva numa viagem musical incrível que não deixa ninguém indiferente.

João Diogo aposta em Sheppard e "On My Way"
Pela primeira vez, a Austrália vai dar ao público o poder de escolher o seu representante na Eurovisão. E ter um começo melhor seria muito difícil, visto que esta é uma final fortíssima e com praticamente metade das canções na corrida pela vitória. Os meus favoritos são os Sheppard, o nome maior desta final, que trazem uma canção bem à sua medida e memorável. Existem outras boas opções como Alfie Arcuri e Electric Fields.


Nuno Carrilho aposta em Sheppard e "On My Way"
Inicialmente fui bastante contra a participação da Austrália na Eurovisão mas, ano após ano, tenho mudado a minha opinião e atualmente admito que o país é um dos mais intensos participantes no certame. A final nacional que nos apresenta é prova disto. Sheppard e "On My Way" são os meus claros favoritos: uma canção à Sheppard que poderá resultar muito bem em palco (se não resultar, ao menos na rádio funcionar). Contudo, muito atenção a Kate Miller-Heidke e ao efeito cola cola de "Zero Gravity". 

Aceda, de seguida, aos resultados das votações dos 7 comentadores:

1.º Sheppard - "On My Way" - 69 pontos
2.º Electric Fields - "2000 and Whatever" - 68 pontos
3.º Alfie Arcuri - "To Myself" - 55 pontos
4.º Kate Miller-Heidke - "Zero Gravity" - 48 pontos
5.º Courtney Act - "Fight for Love" - 40 pontos
6.º Aydan Calafiore - "Dust" - 35 pontos
7.º Leea Nanos - "Set Me Free" - 29 pontos
8.º Ella Hooper - "Data Dust" - 29 pontos
9.º Tania Doko - "Piece of Me" - 17 pontos
10.º Mark Vincent - "This Is Not the End" - 16 pontos

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPORTUGAL /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

Sem comentários