Itália: Ultimo envolto em polémica na Conferência de Imprensa do 'Festival di Sanremo 2019'


Ultimo, segundo classificado no Festival di Sanremo 2019, esteve em destaque na Conferência de Imprensa do certame... pelos piores motivos: "Estou feliz pelo miúdo... pelo Mahmood".

Apontado como grande favorito à vitória no Festival di Sanremo 2019, Ultimo alcançou, na noite passada, o segundo lugar no concurso italiano, apesar de ter sido a candidatura mais votada pelo televoto. Contudo, o cantor parece não ter ficado satisfeito com os resultados: em palco, aquando do anúncio de Mahmood como vencedor do certame, o artista não o felicitou, tendo também falhado a presença no Dopofestival.

No entanto, a insatisfação do cantor marcou a curta conferência de imprensa que teve lugar após a revelação dos resultados. "Nunca tive a intenção de ganhar, ao contrário do que vocês escreveram" afirmou o cantor para os jornalistas, tecendo duras críticas à cobertura do evento, "A minha vitória será depois do Festival, em vez daquilo que muitos jornalistas andaram a dizer com presunção sobre a carreira dos artistas nos próximos anos". O tom agressivo e nervoso com que respondia às questões fez incendiar os ânimos da sala, algo ainda mais motivado com o cantor a referir-se a Mahmood como "miúdo": "Estou feliz por ter participar e também estou feliz pelo miúdo... pelo Mahmood" frisou, o que levou a um murmúrio das dezenas de profissionais presentes na sala.

"Pareço chateado? Eu sou honesto. Não preciso de criar um véu de ficção à minha frente. Aqui os artistas vêm com as ideias bem definidas" defendeu, esclarecendo que a raiva sentida era consigo próprio, "Não estou chateado com ninguém, apenas comigo. Estou amargurado porque gosto de fazer tudo de forma excelente". Questionado sobre o apoio de Salvini nas redes sociais, o cantor desmarcou-se do político garantindo "ser-me indiferente. Escrevo canções e deixo-as ir...", tendo abandonado a sala de conferências momentos depois.

Nas redes sociais, as opiniões sobre a Conferência de Imprensa dividem-se. Os seguidores do cantor acusam a RAI de manipulação dos votos, depois de ser conhecido que Ultimo venceu o televoto com 46% dos votos, enquanto que muitos outros acusam o artista de "mau perder" e "mau carácter".



 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: gossipetv/TPI /Imagem: Google / Vídeo: Youtube

8 comentários:

  1. Anónimo03:17

    Então mas se ele é Último nunca podia ser primeiro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11:18

      É que isso nem tem piada, mas eu tou me a rir🤣🤣🤣

      Eliminar
  2. Anónimo09:58

    Ulrimo mesmo q ganhasse ele nao ia à eurovision pq ele tem 5 concertos em Maio de 7 a 17 São os 1os concertos da vida deste cantor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:53

      É mais importante em Itália ganhar o Sanremo do que ir ao ESC

      Eliminar
    2. Anónimo16:04

      O miúdo e uma especie de Donald Trump mimado que acha que tem que ser o primeiro em tudo apesar do seu nome de artista, presumo que seja artista, ser "ultimo". E tal como todos os miúdos mimados é preciso muito mais tempo para abandonar a puberdade e entrar na idade adulta com modestia e humildade ... e até chegar a esse patamar ele tem que caminhar muito.

      Eliminar
    3. Anónimo17:38

      Olha, falou o agente do cantor! Quem diria que est­a em Portugal!?!?

      Eliminar
  3. Eu compreendo-o muito bem. Em situações idênticas em que eu percebo que houve artimanhas vindas não sei de onde, até porque estes festivais envolvem dinheiro e não deve ser pouco, a minha reação é sorrir simplesmente, ou um sorrir cínico ou o célebre sorriso amarelo. Nem sequer dou confiança para evitar atritos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ele sabia as regras do festival e sabia que isso podia acontecer,não?Para quê agora fazer-se de vítima?

      É frustrante?Sim.Mas se aceitou participar,resta aceitar o resultado com humildade.

      Eliminar