Finlândia: YLE revela constituição do júri internacional do 'UMK 2019'


A emissora finlandesa YLE revelou os oito países que estarão representados no júri internacional do UMK 2019.


A Finlândia escolhe, este sábado, a sua canção para o Festival Eurovisão 2019, com três temas a concurso no UMK 2019, todos eles interpretados por Darude feat. Sebastian Rejman. Tal como no ano passado, a votação estará a cargo do público (50%) e de um júri internacional (50%). Reino Unido, Irlanda, Espanha, Israel, Noruega, Suécia, Dinamarca e República Checa são os países presentes no painel de jurados, enquanto o público poderá votar por uma aplicação gratuita, que permite votar 10 vezes, ou por televoto, seja que o custo da chamada reverterá a favor da organização Red Nose Day.

Além disso, a YLE revelou que Krista Siegfrids e Christoffer Strandberg, apresentadores do formato, serão os responsáveis pela abertura em defesa de "Anna Mirrin Puhua", canção que Krista apelidou, nas redes sociais, de "Let The Pussycat Speak", e cujo vídeo poderá aceder de seguida.



Estreante em 1961, a Finlândia conta com 52 participações no Festival Eurovisão, tendo vencido a edição de 2006. Em Lisboa, Saara Aalto e "Monsters" foram os representantes finlandeses, tendo terminado em 25.º lugar com 48 pontos, sendo a primeira presença da Finlândia na Grande Final desde 2014.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: YLE / Imagem: UMK /Vídeo: Eurovisiontv

1 comentário:

  1. Anónimo21:17

    3 de 8 países escandinavos não é uma boa representação da europa--especialmente se o país a ser julgado é também escandinavo

    ResponderEliminar