Ofer Berkovitch: "A decisão de tirar o Festival Eurovisão de Jerusalém é ultrajante e incorreta"


Candidato a presidente da cidade de Jerusalém, Ofer Berkovitch utilizou as redes sociais para criticar a escolha de Telavive para receber o Festival Eurovisão 2019: "A decisão de tirar o concurso de Jerusalém é ultrajante e incorreta".

Antigo vice-presidente de Jerusalém e na corrida pela liderança da cidade, Ofer Berkovitch foi uma das vozes mais sonantes contra a escolha de Telavive para sediar o Festival Eurovisão 2019. "A decisão de tirar o Festival Eurovisão de Jerusalém é ultrajante e incorreta. O Festival Eurovisão deve ter lugar em Jerusalém, a cidade-capital e o orgulho nacional" escreveu o político nas redes sociais, "É uma grande oportunidade para Jerusalém se fortalecer, bem como aos seus negócios, desfrutando de milhares de turistas que chegariam à cidade".

Por fim, alegando que "é uma oportunidade rara de mostrar ao Mundo que Jerusalém é uma cidade multicultural e tolerante e que oferece resposta a todas as populações", o candidato do movimento político Hitorerut in Jerusalem, do qual é fundador e presidente, apelou a Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro do país, para "ativar todas as possibilidades para mudar a decisão".





Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte:JerusalemPost / Imagem: Google / Vídeo: Youtube

2 comentários:

  1. Anónimo20:51

    O corpo desta notícia devia ser alterado para:

    Candidato a presidente da cidade de Jerusalém, Ofer Berkovitch utilizou o anúncio de Telavive como cidade anfitriã para ganhar votos.

    Não temam, o choradinho no twitter é apenas um jogo político para ganhar as próximas eleições o Ze'ev Elkin, candidato à câmara de Jerusalém também, fez a mesma coisa

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:01

    Mas que belo candidato!

    ResponderEliminar