[AO VIVO] Estrelas Eurovisivas encheram o palco do "Eurovision Live Concert 2018"


O Auditório José Afonso em Setúbal encheu-se para receber a 10.ª edição do 
"Eurovision Live Concert"! Veja as atuações da grande noite!

Um ano especial para o "Eurovision Live Concert", não fosse este o ano em que celebra o seu 10.º aniversário, uma década da maior festa eurovisiva portuguesa. Quis ainda o destino que esta data redonda fosse alcançada precisamente no ano em que Portugal recebeu pela primeira vez, em Lisboa, o Festival Eurovisão da Canção!

O Auditório José Afonso, que tem recebido quase todas as edições deste evento, revelou-se como o local perfeito para albergar um excelente espetáculo ao ar livre numa noite quente de verão da cidade do Sado.

Pedro Penim, que este ano esteve a cargo das entrevistas no Press Room do Parque das Nações com Pedro Granger, ficou à frente da apresentação do evento, recebendo no palco Lucía Pérez (ESC 2011), Carla Ribeiro (FC 2014), Gerson (FC 2012), Anabela (ESC 1993, FC 2018), Mickey Joe Harte (ESC 2003), Ira Losco (ESC 2002, ESC 2016), Carlos Costa (FC 2012), Poli Genova (ESC 2011, ESC 2016), Justs (ESC 2016), Krista Siegfrids (ESC 2013) e Madame Monsieur (ESC 2018).


La fiesta começou com Lucía Pérez. A galega que representou Espanha no Festival Eurovisão da Canção 2011, em Dusseldorf, trouxe-nos um medley de canções que compõem a longa história do seu país na Eurovisão como "Vivo Cantando" (ESC 1969), "La, La, La" (ESC 1968), "Eres Tú" (ESC 1973), "Vuelve Conmigo" (ESC 1995) e, por fim, a sua própria estampagem nesta longa história - "Que Me Quiten Lo Bailao" (ESC 2011).



Participante no Festival da Canção 2014 e uma das backvocals de Filipa Sousa em Baku, Carla Ribeiro tem muito "Mais Para Dar"! Albânia foi alvo de homenagem, começando com "Carry Me In Your Dreams", tema que Kejsi Tola levou a Moscovo em 2009, seguindo-se depois "It's All About You", originalmente interpretado por Juliana Pasha. Por fim, o eterno "Sol de Inverno" da inigualável Simone de Oliveira foi mais do que suficiente para aquecer os corações de todos os presentes, numa já quente noite de verão.



Gerson Santos, que se deu a conhecer ao grande público em 2009 no programa de talentos "Ídolos", fez-nos recuar até maio, em Lisboa, trazendo os temas da Irlanda, "Together", e Alemanha, "You Let Me Walk Alone". Gerson participou no Festival da Canção em 2012 com o tema "(Re)Descobrir Portugal", tema composto por Tozé Santos.



Com apenas 16 anos de idade, Anabela chegou e venceu o Festival da Canção 1993 com "A Cidade", tema incontornável do cancioneiro português e ainda hoje cantarolada por miúdos e graúdos. Este ano, 25 anos depois de representar Portugal em Millstreet, Irlanda, onde alcançou um muito honroso 10.º lugar (com direito a 12 pontos da Holanda e da Espanha), regressou ao Festival da Canção por mão de Fernando Tordo, outro nome inconfundível da história do festival, que compôs para a sua voz o tema "P'ra Te Dar Abrigo", logrando o 6.º lugar na Grande Final de Guimarães.



Mickey Joe Harte, que representou a Irlanda em Riga, em 2003, trouxe-nos um medley de canções eurovisivas do seu país. "Rock'n'Roll Kids" (1994), "Hold Me Now" (1988) são apenas 2 das 7 canções irlandesas vencedoras do Festival Eurovisão da Canção. Como não poderia faltar, o cantor despediu-se do palco do Auditório José Afonso com o tema que levou à Letónia, "We've Got The World".


Vice-campeã da Eurovisão 2002 com "7th Wonder" e 12.º lugar da Eurovisão 2016, em Estocolmo, com "Walk On Water", Ira Losco deu um cheirinho do seu novo trabalho discográfico ao interpretar o tema "Hey Now". No fim despediu-se com um mashup de "Chameleon", tema com o qual venceu o "Malta Eurovision Song Contest 2016", e o eurovisivo "Walk On Water".



Carlos Costa, que levou "Queres Que Eu Dance?" ao Festival da Canção 2012, seguiu-se no alinhamento e trouxe (literalmente) fogo ao palco do Auditório José Afonso! Começando com "Rise Like a Phoenix", tema com o qual Conchita Wurst se sagrou vencedora da Eurovisão 2014. Logo depressa passou para o registo mexido, que lhe é tão característico, com "Be My Valentine" (Ucrânia 2009), "My Number One" (Grécia 2005) e, o tão antecipado, "Fuego", com o qual Eleni Foureira se sagrou vice-campeã em maio passado, em Lisboa. Com performances coreografadas com o apoio de 4 bailarinos, é caso para dizer que a fénix renasceu das cinzas e deixou tudo em palco até pegar Fuego!




Mais uma eurovisiva pisa o palco do Auditório José Afonso. Representante da Bulgária por duas ocasiões, em 2011 e 2016, e ainda apresentadora do Festival Eurovisão Júnior em 2015, Poli Genova trouxe o seu mais recente single "Perfect Love", seguindo-se as suas duas canções eurovisivas, "Na Inat" e "If Love Was A Crime".



Justs, que representou a Letónia em 2016 com um tema composto por Aminata, que também havia representado o país no ano anterior, em 2015, com "Love Injected", cantou "Are You There", tema muito ao estilo de "Heartbeat", que foi precisamente aquele com o qual se despediu de Setúbal.


Seguiu-se aquele que foi, seguramente, o momento mais divertido da noite! Krista Siegfrids, representante da Finlândia na vizinha Suécia em 2013 com "Marry Me" e apresentadora do "Uuden Musiikin Kilpailu 2018", ou simplesmente UMK2018, dançou, brincou e brindou o público com um dos interval acts mais adorados pelos eurofãs portugueses da passada temporada eurovisiva, "Vamos Para Portugal", (olé!) e com um toquezinho a cheirar a "Quero Ser Tua", da representante portuguesa na Eurovisão 2014, Suzy. Seguiu-se "Can You See Me?", tema intimista que a cantora compôs em homenagem ao seu pai que faleceu quando esta tinha apenas 15 anos de idade. E porque a despedida não podia ser doutra forma que não alegre, Krista despediu-se (e vai deixar saudades) com o tema que levou a Malmo, "Marry Me".


Os únicos representantes da edição portuguesa da Eurovisão do passado mês de maio foram os Madame Monsieur. Apontados como um dos grandes favoritos à vitória em Lisboa, o duo ficou-se pelo 13.º lugar mas no 1.º lugar nos corações de muitos fãs. Pisaram o palco com o tema "Comme Une Reine", o seu single lançado no passado mês de Julho e, por fim, "Mercy", a canção cantada em uníssono com o público do início ao fim e nem a língua francesa foi entrave!



Não se esqueça de subscrever o nosso canal de Youtube para ser informado em primeira mão acerca de novo conteúdo que carregamos no canal! Fique de seguida com um compacto dos melhores momentos da noite no Auditório José Afonso, em Setúbal! 

Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESC Portugal / Imagem e Vídeo: ESC Portugal

4 comentários:

  1. Muito legal. Poli, Mickey, Lucia e Ira Losco, meus favoritos de sempre.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo19:22

    O som dos vídeos esta estranho: é da qualidade dos vídeos ou o som no local era mesmo assim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um misto dos dois anónimo das 19:22 :)

      Eliminar
  3. Anónimo20:26

    A fraca qualidade de som tornou sofrível a escuta das actuações. Gostei da Lucía, Carla, Gerson (excelente voz, mas dão-lhe canções fracas)e Mickey.

    ResponderEliminar