ESC2019: Governo israelita ainda não transferiu o dinheiro de garantia para a UER

O governo israelita ainda não transferiu os 12 milhões de euros requeridos pela EBU como garantia para organizar o Eurovision Song Contest.


O jornal israelita Yedioth Ahronoth reportou recentemente que o presidente da KAN, emissora pública israelita, enviou uma carta ao ministro das finanças do país avisando que o governo está a pôr em causa a organização do Festival da Eurovisão 2019 no país. Em causa estão os 12 milhões de euros que o governo se comprometeu a transferir para a União Europeia de Radiodifusão e que servem de garantia para organizar o evento caso haja algum problema.

Em 2016, a UER exigiu também esta quantia do governo ucraniano e esteve perto de a usar, quando a organização ucraniana chegou aos dois meses de atraso nas preparações para o evento europeu. Segundo o CEO da KAN a transferência dos 12 milhões de euros tem de ser feita até 1 de agosto. O gabinete do ministro das finanças respondeu publicamente dizendo que falta receber autorização do primeiro-ministro para fazer esta transferência mas Benjamin Netanyahu já desmentiu dizendo que não precisa de a autorizar. 

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem: Eurovision,tv

Sem comentários