ESC2019: EBU/UER "sem planos" para convidar o Cazaquistão para o Festival Eurovisão


A União Europeia de Radiodifusão (EBU/UER) explicou a entrada do Cazaquistão no Festival Eurovisão Júnior 2018, revelando que "não há planos" para o país entrar no Festival Eurovisão de 2019.

A entrada do Cazaquistão no Festival Eurovisão Júnior 2018 foi uma das surpresas da edição do concurso infantil deste ano, tendo aumentado a possibilidade da estreia do país no Festival Eurovisão. Com várias comunidades a apontarem esta possível estreia já em 2019, a EBU/UER, entidade máxima do evento, explicou que não "tem planos" para a entrada do Cazaquistão no evento.

"O Grupo de Referência do JESC, que representa todas as emissoras participantes, tem o critério de convidar qualquer membro associado da EBU/UER para participar no evento infantil por um único ano. A Khabar Agency, emissora do Cazaquistão, é um membro associado e participará em 2018, não tendo havido qualquer mudança das regras" afirmou a EBU/UER, explicando a entrada do país no concurso infantil, enquanto que "no Festival Eurovisão apenas podem participar membros ativos da EBU/UER, embora o Grupo de Referência possa aceitar um membro associado como participante "convidado" em circunstâncias excepcionais, como anteriormente aconteceu com a Austrália. Contudo, não há planos para estender esse acordo a outros membros associados".

Até ao momento, o Festival Eurovisão 2019, edição que decorrerá em Israel em maio de 2019, conta com 20 países provisoriamente confirmados: Alemanha, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Israel, Letónia, Malta, Noruega, Polónia, São Marino, Sérvia, Suécia, Suíça e Ucrânia. Por outro lado, Andorra, Bósnia-Herzegovina, Eslováquia e Luxemburgo já confirmaram que não regressam ao certame em 2019.

 Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Escxtra / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

Sem comentários