Jon Ola Sand: "Será mais desafiador o Festival Eurovisão em Israel do que na Suécia"


Para Jon Ola Sand, supervisor executivo do Festival Eurovisão, o principal desafio do concurso do próximo ano é o orçamento da emissora estatal de Israel: "Mas eles estão na vanguarda das habilidades televisivas".

Em entrevista à emissora norueguesa na noite eurovisiva, Jon Ola Sand, supervisor executivo do Festival Eurovisão, afirmou que a próxima edição do concurso, em Israel, será bastante desafiadora para a EBU/UER. De acordo com Jon Ola Sand, o principal desafio da próxima edição é o orçamento da emissora estatal, tendo em conta que a IPBC apenas foi fundada no ano passado. 

"Eu estive em Jerusalém em 1999 quando eles organizaram e foi uma experiência incrível" afirmou, recordando o período em que liderou a delegação da Noruega no evento, entre 1998 e 2005, "Eles estão na vanguarda das habilidades televisivas e são conhecidos pela sua alta competência nos projetos. Mas será mais desafiador o Festival Eurovisão em Israel do que na Suécia", rematou.


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

3 comentários:

  1. Anónimo20:52

    Porquê que ele fala da Suécia?? Ou será que este país lá pelo facto de se achar que é o melhor país que traz ao Esc canções de melhor qualidade que o restantes países tem regalias e passa por cima de tudo e de todos? Este homem devia ter mais respeito pelos outros países Europeus, porquê Suécia? Porquê Suécia? Pelo que eu saiba foi Israel que venceu o concurso o que na minha honesta opinião quem devia ter ganho era a Estónia ou então Chipre que ficou em 2º lugar e dou os parabéns ao Chipre de ter uma classificação que se fez história.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo21:50

    Ele fala da Suécia porque grande parte das pessoas que fazem parte da produção da EBU são suecas

    ResponderEliminar
  3. Anónimo11:36

    Quem deveria ter vencido o festival era *inserir o nome da minha canção preferida*... vivemos claramente na era do Narcisismo...

    ResponderEliminar