[ZONA DE DISCOS #36] Fernando Daniel - "Salto"

Todas as semanas no ESCPORTUGAL, a crítica aos álbuns editados por artistas que participaram no concurso Eurovisão da Canção e/ou seleções nacionais ao longo dos anos. Esta semana o destaque vai o primeiro álbum de Fernando Daniel.  O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.


Data de lançamento: 16 de março de 2018
Nota: 6,5/10


De um modo geral, os programas de talentos em Portugal nunca obtiveram a relação causa-efeito entre conquistar o primeiro lugar e tornar-se um fenómeno de vendas a nível nacional. Haverá uma explicação para tal? É verdade que nenhuma competição por si só (NENHUMA!) constrói uma carreira e há uma série de factores a ter em conta para um percurso profissional, desde o trabalho contínuo, a voz, o carisma, o reportório, apoio da indústria, o aplauso dos fãs, a ajuda da comunicação social, o factor sorte…. Tudo isto em nenhuma ordem específica e não necessariamente no nível máximo (atenda-se, por exemplo, aos vários os casos das grandes carreiras de intérpretes medianos) mas todos eles confluem para a construção da tão ambicionada carreira. Contudo, para um cantor / banda perdurar, tem de haver um alto grau de honestidade / identificação entre o artista e aquilo que ele apresenta. E foi aqui que Fernando Daniel falhou ao aceitar interpretar “Poema a dois” no Festival RTP da Canção 2017. Fez o seu melhor, mas a sua ligação com o tema não passou e a passagem pelo Festival da Canção promete tornar-se apenas numa nota de rodapé na sua carreira. Para corrigir esse lapso, Fernando Daniel apresentou, “Espera”, um sucesso quer a nível radiofónico, quer em termos de visualizações no Youtube, acabando por ser o primeiro single do álbum de estreia, “Salto”.

Num país com fraca tradição pop, Fernando Daniel evidencia beber inspiração em alguns dos atuais nomes de fama planetária, tais como Shawn Mendes (bem visível em “Nada mais”, o segundo single), Coldplay (sendo “Entre nós” o melhor exemplo), ou ainda James Arthur, James Bay, Ed Sheeran, John Mayer e James Morrison… “Salto” apresenta um conjunto de canções assentes em estruturas melódicas fortes, com alguns ares de modernidade na produção (“Mágoa”, #3), mas longe do apelo internacional dos nomes acima mencionados e também não tão impactantes como o primeiro single, “Espera” (um dos melhores temas portugueses de 2017).

“Salto” dificilmente irá figurar nas listas dos melhores lançamentos nacionais de 2018, mas apresenta material sólido, não para Fernando Daniel dar o salto, mas sim um passo importante na solidificação da sua carreira. Ainda assim, “Salto” apresenta mais dois temas que poderão converter-se em futuros sucessos, “Dá-me um sinal” (#8) e, principalmente, “Entre nós” (#6), o melhor tema do disco. No que se refere à voz, a voz de Fernando Daniel, o seu principal distintivo, dá o salto nos temas “Tu” (#5) e “Memória” (#9). O álbum foi recebido em plena euforia e como resultado teve entrada direta para o #1 da tabela nacional de vendas.

Alinhamento
Espera
Nada mais
Mágoa
Tudo parou
Tu
Entre nós
Perto
Dá-me um sinal
Memória

Temas promocionais



Tema destacado por Carlos Carvalho: “Entre nós”

Pode ouvir o disco AQUI

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIAO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

1 comentário:

  1. Não concordo em quase nada do que aqui foi dito em relação ao álbum do Fernando Daniel. Para mim um dos melhores álbuns dos últimos tempos lançados em Portugal.

    ResponderEliminar