[VÍDEO] Sónia Tavares: "Não acho piada nenhuma ao Festival da Canção"


Nuno Gonçalves e Sónia Tavares, dos The Gift, estiveram, esta quinta-feira, no 5 Para a Meia Noite, apresentado por Filomena Cautela, mostrando opiniões contrárias sobre o Festival da Canção.


Em promoção dos dois concertos agendados para o Coliseu do Porto e para o Coliseu de Lisboa, Nuno Gonçalves e Sónia Tavares, dos The Gift, marcaram presença no programa de ontem do 5 Para a Meia Noite, apresentado por Filomena Cautela. Durante a conversa, a apresentadora, que conduzirá a Final do Festival da Canção e o Festival Eurovisão 2018, interpelou os convidados sobre o Festival da Canção e as reações não poderiam ter sido mais... díspares.


"Eu gostei muito de participar no ano passado no Festival da Canção" afirma Nuno Gonçalves, recordando a sua participação enquanto compositor de "Nova Glória", realçando que "curiosamente, no ano passado tudo o que tinha para correr bem, correu bem, e este ano tudo o que tinha para correr mal, correu mal. Mas as coisas acontecem assim às vezes... Mas eu gosto". Contudo, a opinião não foi partilhada pela colega de banda, Sónia Tavares: "Eu detesto. Não acho piada nenhuma ao Festival da Canção. Nem quando ele participou, pronto lá andei a fingir, e este ano ainda menos piada achei".

O compositor, que levou o grupo Viva La Diva ao concurso do ano passado, recordou ainda o convite que recebeu em 2017: "Estávamos em Nova Iorque a gravar quando o Nuno Galopim me ligou a convidar. E eu disse assim: «Sónia convidaram-me para o Festival da Canção». Ela estava ao meu lado e disse-me: «Nem penses».".




Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte/Imagem/Vídeo: RTP

6 comentários:

  1. Anónimo12:26

    Que falta que faz esta canção em 2018! Magnífica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:35

      nem passávamos a semi .... neste caso como não vamos , vinham com 0

      Eliminar
  2. Anónimo12:49

    Esse par é muito divertido. Gostei. Obrigado por darem a conhecer as vozes extraordinárias do ano passado.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:37

    a canção nova que eles têm nova que nem sei o nome , mas ela está sempre a repetir a mesma coisa é linda de morrer .... tou a gozar claro é horrível Haaaaaaaa

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15:20

    Pela boca morre o peixe... e quando a pesca for escassa... pode vir a precisar.

    ResponderEliminar
  5. Da impressão com que fiquei do festival, vou tyranscrever o comentário que ousei descrever ainda antes de terminar o "des"-festival da canção:
    5 de Março de 2018 0:18
    Calculo que vou ser alvo de muitas pedradas, mas arrisco e permito-me exprimir o quanto de frustração me está a ficar o festival da canção, e que a esta hora ainda se não conhece o resultado da votação.
    Começando pela abertura: O local, pareceu-me adequado com condições excelentes para uma grande apresentação de um festival deste nível. Porém ai começou a minha impressão muito pouco lisonjeira: Uma iluminação a tirar para o escuro, nos tons privilegiando entre o azul triste ao roxo quaresmal.Para um espectáculo que, em meu entender deveria primar pelo brilho das luzes e alegria das cores, como que senti um ambiente algo até um pouco triste (quase sinistro). Depois a apresentação de umas "pirulices" de dançarinos ora às escuras, ora com iluminações ao longo do corpo, em ritmos e execuções "dançarinadas", deixando o desejo de que se fossem embora para deixarem ver o início do festival.
    Lá se foram e então fui brindado com a apresentação amacacada de dois personagens, que procuravam a todo o custo ser engraçados, mas a cada passo mais desastrosos ainda.
    E lá começou o desfile das canções, em sequência de a cada uma se seguiu outra mais desensaibida ainda. Eu atribuo isto talvez às continuas recomendações de abolição de sal, pelo mal que faz à saúde. Daí, praticamente todos primaram por execuções mesmo desensaibidas. Talvez um pouco menos a 9, 11 e 12. E esta 12, do Tordo, a que me pareceu estar um pouco a mais de meio sal e suportável.
    As votações ainda estão a decorrer e não sei se serei capaz de resistir até final, pois receio uma frustração maior.
    Se quem ler isto vir e souber, pode depois deixar a informação de quem afinal foi a que lhe saíu o primeiro lugar.
    Mais tarde a desilusão foi maior ainda com o que vim saber da canção dita vencedora....

    ResponderEliminar