[VÍDEO] Estónia: Elina Nechayeva e "La Forza" são os vencedores do Eesti Laul 2018


Elina Nechayeva será a representante da Estónia no Festival Eurovisão da Canção 2018, em Lisboa, com "La Forza".



A Estónia já tem representantes para o Festival Eurovisão 2018. A cantora Elina Nechayeva e "La Forza" confirmaram o favoritismo e conquistaram a vitória no Eesti Laul 2018, com a pontuação máxima do júri e do televoto na primeira ronda de votação da Final. Na SuperFinal, a cantora venceu a votação do televoto, deixando Stig Rästa, representante do país em 2015, na segunda posição, enquanto Vajé ficou no terceiro posto.

Aceda, de seguida, à prestação vencedora e recorde os resultados da gala:



1.ª Ronda
1.º Elina Nechayeva - "La Forza"  - 24 pontos (12J+12T) - Apurado
2.º Vajé - "Laura (Walk with Me)" - 15 pontos (5J+10T)- Apurado
3.º Stig Rästa - "Home" - 14 pontos (7J+7T)- Apurado
4.º Sibyl Vane - "Thousand Words" - 14 pontos (10J+4T)
5.º Iiris & Agoh - "Drop that Boogie" - 12 pontos (6J+6T)
6.º Karl Kristjan & Karl Killing feat. Wateva "Young" - 11 pontos (3J+8T)
7.º Frankie Animal - "(Can't Keep Calling) Misty" - 10 pontos (8J+2T)
8.º Evestus - "Welcome to my world" - 7 pontos (2J+5T)
9.º Nika - "Knock Knock" - 5 pontos (4J+1T)
10.º Eliis Pärna & Gerli Padar - "Sky" - 4 pontos (1J+3T)

2.ª Ronda


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ETV / Imagem: ETV / Vídeo: ETV

16 comentários:

  1. Anónimo20:50

    Horrivel escolha

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20:54

    The best one!

    ResponderEliminar
  3. Anónimo21:31

    Um flop este ESC2018... :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:05

      Um flop porquê? Canções nos géneros mais díspares. Diversidade, muita diversidade. o que é fantástico!

      Eliminar
  4. Bravo. Ganhou esta grande canção que era a minha favorita. Atenção que este ano a Eurovisão vai ter ótimos concorrentes.

    ResponderEliminar
  5. Meus deus.... Temos potencial vencedora... Que voz

    ResponderEliminar
  6. Anónimo22:19

    Aqui está uma proposta muitíssimo interessante, tudo muito bem imaginado, um muito bom momento a acontecer em palco.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo22:53

    Tudo o que aqui se passou já foi visto no ESC... fraco

    ResponderEliminar
  8. Anónimo22:57

    Mas que isto ? Não entendo favoritismo por parte dos Eurofas ... que gritaria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:51

      O que você chama de gritaria eu chamo de Ópera de Collatura. Neste caso com traços leves de música pop no instrumental.

      Eliminar
  9. Anónimo23:15

    Este ano a Eurovisão é super ecléctica. E com uma qualidade muito superior à dos últimos anos.
    A Estónia aposta muito forte, e será sem dúvida uma fortíssima candidata à vitória. Excelente!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo23:36

    Preferia o
    Stig! Está acho que vai ser a favorita para
    Vencer e vai acabar como todos os favorito ficar no sexto lugar da final

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:59

      O que já seria um bom resultado para a Estónia. Mas é possível que consiga uma classificação ainda um pouco melhor que o 6° lugar. A vitória, já não digo. Não sei se um país tão pequeno depois teria condições para organizar a Eurovisão com 40+ países.

      Eliminar
  11. Anónimo23:44

    A cantora tem muita segurança na voz, parece tao simples o que ela canta. Melodia e letra sim senhor, performance fantástica. Gosto mas não faz parte das minhas preferências.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo09:53

    A canção ganha muito com a voz estrondosa da Elina. Isso é o que impressiona...

    A apresentação é um dejavu e nada de acordo com a canção. Pedia-se uma apresentação clássica, sem malabarismos e truques. Esta é das tais canções que não precisa de "fireworks".

    Palpita-me que a Estónia pode viver a mesma receita de 2017. Super-favoritos, adorados pelos fãs e grande flop no ESC. Admito a ida à final, mas na melhor das hipoteses conseguem entrada no top 10. Nada mais que isso....

    ResponderEliminar
  13. Anónimo12:01

    Com um visual (efeitos, etc.) já muito visto no ESC, esta gritaria que dá cabo dos tímpanos é uma séria candidata a ser "galo à Manel Navarro" 2018.

    ResponderEliminar