[VÍDEO] Portugal: "Canção do Fim", de Diogo Piçarra, lidera as Tendências no Youtube


O tema "Canção do Fim", defendido por Diogo Piçarra no Festival da Canção 2018, lidera as tendências do Youtube em Portugal, com mais de 612 mil visualizações.


Depois de Janeiro ter estado em destaque após a semifinal 1 do concurso, como pode recordar AQUI, a atuação de Diogo Piçarra na segunda semifinal do Festival da Canção 2018 está a fazer furor no Youtube. Com mais de 612 mil visualizações, a interpretação de "Canção do Fim" lidera as Tendências do Youtube em Portugal. Cláudia Pascoal com "O Jardim" segue-se nas visualizações no Youtube com mais de 195 mil, sendo seguida por Lili (58 mil) e Peter Serrado (31 mil).

Aceda, de seguida, às visualizações dos 26 temas do Festival da Canção 2018 (a negrito estão os temas apurados para a Final):

Canções da 1.ª Semifinal (disponíveis desde 18Fev)

1.º "(sem título)" - Janeiro - 363 764 visualizações
2.º  "Para Sorrir Eu Não Preciso de Nada" - Catarina Miranda - 230 593 visualizações
3.º "Só Por Ela" - Peu Madureira - 181 059 visualizações
4.º "A Mesma Canção" - Maria Amaral - 114 239 visualizações
5.º  "Anda Estragar-me os Planos" - Joana Barra Vaz - 81 613 visualizações
6.º "Para Te Dar Abrigo" - Anabela - 79 378 visualizações
7.º "Eu Te Amo" - Beatriz Pessoa - 75 682 visualizações
8.º "Sem Medo" - Rui David - 67 897 visualizações
9.º "Alvoroço" - JP Simões - 67 737 visualizações
10.º "O Som da Guitarra é a Alma de um Povo" - José Cid - 59 218 visualizações
11.º "Zero a Zero" - Joana Espadinha - 52 590 visualizações
12.º "Com Gosto Amigo" - Rita Dias - 29 202 visualizações
13.º "Austrália" - Bruno Vasconcelos - 14 963 visualizações

Canções da 2.ª Semifinal (disponíveis desde 25Fev)

1.º "Canção do Fim" - Diogo Piçarra - 612 888 visualizações
2.º "O Jardim" - Cláudia Pascoal - 195 586 visualizações
3.º "O Voo das Cegonhas" - Lili - 58 530 visualizações
4.º "Sunset" - Peter Serrado - 31 669 visualizações
5.º "Patati Patata" - Minnie & Rhayra - 27 108 visualizações
6.º "Bandeira Azul" - Maria Inês Paris - 22 079 visualizações
7.º "All Over Again" - Sequin - 20 035 visualizações
8.º "Sobre Nós" - Tamin - 19 492 visualizações
9.º "Amor Veloz" - David Pessoa - 15 074 visualizações
10.º "Arco-Iris (assim cantou Zaratustra)" - Dora Fidalgo - 14 319 visualizações
11.º "Mensageira" - Susana Travassos - 13 670 visualizações
12.º "Para Lá Do Rio" - Daniela Onís - 11 585 visualizações
13.º "Anda Daí" - Rita Ruivo - 9 751 visualizações

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTP / Imagem: RTP / Video: RTP

12 comentários:

  1. Anónimo14:21

    OMG !! O palco da final do FC vai ser parecido ao do ESC 2018 https://www.instagram.com/p/Bfss8T7FAX6/

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:22

    Cresceu com a fama e aumentou com a polémica mas está completamente destruída.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:23

      Ele não vai desistir de lutar. E n está destruído!

      Eliminar
    2. Anónimo19:54

      Eu anónimo das 14:22 estou a falar somente da canção do fim. Mesmo que vença o festival já não é a mesma coisa e não será aceite na Eurovisão.

      Eliminar
    3. Anónimo20:55

      Mas quem és tu para dizer isso !! Enfin

      Eliminar
    4. Anónimo21:59

      Anime_se e se gosta do cantor siga os seus concertos, se está atento ao festival saberia que não ia resultar mesmo.

      Eliminar
  3. Anónimo16:08

    E aquele video da IURD também está no top tendências do youtube

    ResponderEliminar
  4. Anónimo16:47

    Oh muita mais visualizacao cos outros todos

    ResponderEliminar
  5. Anónimo17:10

    Pois plágio

    ResponderEliminar
  6. Anónimo17:21

    Há quem diga que na arte já tudo foi criado, que o que vai sendo feito agora são sucessivas recriações, concordo. Até quando damos uma opinião podemos vir a ser acusados de plágio porque outros já disseram a mesma coisa e nós nem sabíamos o que os outros tinham dito, o que tinha acontecido é que várias pessoas tinham pensado e dito a mesma coisa sobre o mesmo assunto.
    Da mesma forma, é perfeitamente possível e acontece mesmo, termos ouvido uma determinada música, inconscientemente termos registado, e, para quem é compositor, vir a trauteá-la como uma música sua, inconscientemente e sem intenção e mais, sem noção de plágio. Do Diogo Piçarra só conheço algumas músicas das quais gosto, não sei se foi o que escrevi antes que aconteceu, sei que é perfeitamente possível e por isso ele pode perfeitamente estar a dizer a verdade quando diz não ter plagiado é perfeitamente possível não ter consciência disso, sei que se isto vier a prejudicá-lo tenho pena, era a minha apresentação preferida, ficava feliz se ganhasse e, para além disso considero-o um dos nossos bons valores da música actual e espero que isto não o destrua.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo19:25

    Se ouvirmos bem as duas músicas até ao fim reparamos que apenas se repetem as duas primeiras frases melódicas... o resto é diferente...mas o sensasionalismo é sempre a melhor parte.

    ResponderEliminar