[OFICIAL] ESC2018: Reveladas as apresentadoras do Festival Eurovisão 2018


A EBU/UER e a RTP revelaram, esta manhã, os apresentadores do Festival Eurovisão 2018. Catarina Furtado, Daniela Ruah, Filomena Cautela e Sílvia Alberto foram as escolhidas para a condução do certame.

Depois de longos meses de rumores e especulações, eis chegado o momento de todas as confirmações: Catarina Furtado, Daniela Ruah, Filomena Cautela e Sílvia Alberto são as apresentadoras do Festival Eurovisão 2018. O anúncio foi efetuado pela RTP, emissora anfitriã do certame, no Jornal da Tarde, transmitido pela RTP1. É a primeira vez na história do concurso que a condução está entregue a quatro apresentadoras.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovision.tv / Imagem: Google

27 comentários:

  1. Anónimo14:00

    Quarteto Perfeito. Fantástico ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15:46

      FALTA o HERMAN JOSÉ... e ficava perfeito.. 1 homem com experiência, o mais fluente possível em ingles e outras línguas, charmoso, o que mais tem humor... deviam convidá-lo ainda e compor o ramalhete... assim sim, haveria igualdade... agora por 100 % de apresentadores femininas também não se percebe muito bem.

      Eliminar
  2. Anónimo14:07

    Yesssss

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:08

    Lindo...maravilhoso. E a RTP continua a navegar com classe e numa produção que tem de ficar para a história, assim como fica a canção mais pontuada de sempre.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14:11

    Espetáculo!! Todas lindas!!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo14:12

    Estamos de parabéns com estas divas....

    ResponderEliminar
  6. Anónimo14:16

    É sem dúvida uma excelente escolha! Parabéns às quatro!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo14:19

    São boas escolhas, mas não eram necessárias tantas!
    Uma era insuficiente, duas era perfeito, três era aceitável, quatro é excessivo.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo14:45

    Um quarteto fantástico!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo14:51

    Bem jogado, RTP! Excelente a Daniela Ruah!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo16:15

    AAAAAAAAAAAAAAAA DANIELA!!!!!!! A MELHOR

    ResponderEliminar
  11. Anónimo16:24

    P A R A B E N S !!!!!!! RTP BOA ESCOLHA !

    ResponderEliminar
  12. Anónimo17:13

    Tirava a Cautela e metia o Morgado ou outra pessoa.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo18:35

    Que parvoice...

    ResponderEliminar
  14. Anónimo18:38

    Nao eram necessários 4 apresentadores. Para o ridiculo ser ridiculo, 4 mulheres? Nao dava para colocar nem que fosse 1 homem? Nao me levem a mal, mulheres venham elas, mas que se colocam a jeito da crítica, para mais algo tao criticado no ESC2017. Para mim seria Daniela Ruah e Diogo Morgado. No entanto parabéns as 4 apresentadoras, é um orgulho!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo18:48

    Sabe_me tão bem saber isto! Boa escolha e que tudo corra da melhor forma :) ❤💙💚💛❤💪🎵🎤😍😘

    ResponderEliminar
  16. Anónimo19:25

    A primeira pergunta que me fizeram, quando anunciei que ia haver 4 apresentadoras, foi se havia alguma que saiba falar bem francês? Alguém sabe se alguma delas fala bem francês?

    ResponderEliminar
  17. Anónimo20:01

    Então não iam escolher o Ken Humano? Onde está o Ken? Na green room?

    ResponderEliminar
  18. Anónimo20:20

    Quatro? Em vez de apresentar como deve ser vão falar da vida alheia?

    ResponderEliminar
  19. Anónimo21:10

    para mim foram escolhidas as melhores

    ResponderEliminar
  20. Anónimo04:31

    Ponham aí o Diogo Morgado e fica perfeito. Juntamente com a Daniela, vai dar aquele ar hollywoodesco que é, de algum modo, um símbolo do talento português reconhecido ao mais alto nível além-fronteiras e prova da capacidade de Portugal no mundo das artes. A escolha do Diogo obedece à mesma lógica da escolha da Daniela: fluência no inglês, telegenia, desenvoltura comunicacional, além de que o Diogo como que compõe e equilibra o painel de apresentação. Quatro não é muito, quatro mulheres é que pode ser excessivo para aparte do público. Um homem, e em especial o Diogo, com o trajeto internacional que tem (à semelhança da Daniela), vai dar um toque diferente e, assim, agrada-se a todas as franjas do público, contribuindo para tornar o espetáculo ainda mais chamativo. O Diogo até já conhece as outras apresentadoras, ficariam perfeitamente alinhados e sintonizados. Fica a sugestão ;)

    Não seriam muitos apresentadores porque há 3 galas e um sem-número de momentos dentro do mega espetáculo de 3 dias. As tarefas podem ser distribuídas. Por exemplo:

    Meias-finais a cargo da Sílvia Alberto, com ajuda da Filomena Cautela para pormenores de reportagem; Há sempre grande tensão para saber quem passa ou não à finalíssima.

    Final: Catarina Furtado, Diogo Morgado e Daniela a Ruah na condução da gala. Filomena na Green Room. Sílvia Alberto como porta-voz do júri português.

    Seria refrescante reservar três apresentadores (Catarina, Diogo e Daniela) para a Final, evitando-se o "desgaste de imagem" para eles e para o próprio espetáculo caso os apresentadores acumulem as três galas. Esta é uma estratégia que aumenta ainda mais a expectativa e o entusiasmo do público para a Gala Final.

    ResponderEliminar
  21. Anónimo18:07

    Metam um galã que é para ver se as pitas em Portugal e no resto do mundo não ficam dececionadas e não espalham buzz negativo à volta do festival português. Pensei no Zé Fidalgo mas talvez até seja melhor o Diogo Morgado visto que é mais internacional e apreciado por espectadores de todo o lado. O The Bible teve mais audiências do que o The Walking Dead. A Oprah (e mais uns milhões de espectadoras por esse mundo fora) ficavam derretidas com o "Hot Jesus". O sucesso da Eurovisão está principalmente nas audiências mais jovens (15-24) com muito peso do público feminino.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo20:14

    nem um homem?? vai ser tipo 2015?

    ResponderEliminar
  23. Anónimo15:55

    4 mulheres vai ser demasiado monocórdico!

    ResponderEliminar
  24. Anónimo22:05

    Epa só faltava os concorrentes serem todos mulheres. Um espetáculo destes no nosso país e vamos mesmo dar uma de Áustria (2015)? Ficamos à espera de um apresentador.

    ResponderEliminar
  25. Anónimo19:22

    A equipa da RTP sabe qual é o público-alvo da Eurovisão? É que, às vezes, parece que não. Absolutamente nada contra as profissionais eleitas. Pelo contrário. A Daniela Ruah é uma cartada genial, basta ver os comentários nas redes sociais dela e da Eurovisão (versão internacional) para verificar que há muita gente a dizer que só vai ver a Eurovisão em 2018 por causa da Daiela e outros que graças a ela ganharam interesse renovado no show. É muito bem pensado. Mas, atenção, a maioria do público é feminino. Com o Diogo Morgado, por exemplo (nome mais vezes sugerido ), ganham logo mais uma carrada de novos espectadores e fazem da edição deste ano a mais vista edição da Eurovisão.

    ResponderEliminar
  26. Anónimo22:07

    .Concordo q falta o apresentador masculino. A Catarina tinha de estar, a Filomena também para animar a Green Room. Quanto à Sílvia, talvez seja um prémio pelo percurso no Festival da canção. Mas sem dúvida falta um homem, até para fidelizar o público-tipo da Eurovisão

    ResponderEliminar