Bielorrússia: Shuma podem ter copiado a letra de «Chmarki»

A final nacional da Bielorrússia continua a dar que falar. Desta vez o foco está sobre o grupo Shuma que poderá ter copiado a letra da sua canção.


A Bielorrússia escolherá o seu representante no Festival Eurovisão da Canção 2018 através do Eurofest. A final nacional do país tem sempre alguma polémica à mistura e este ano não é diferente. Depois do drama envolta da participação de Alekseev (AQUI), agora o foco está sobre o duo Shuma. A sua canção, Chmarki, está a ser investigada pela BTRC por ter, eventualmente, uma letra não original.

O website Sputnik escreve ainda que a letra poderá ter sido copiada de uma antiga canção folk bielorrussa. Os Shuma são conhecidos por misturarem sons tradicionais com sons eletrónicos. Pode ouvir a sua proposta para o Eurofest 2018 no vídeo abaixo.



Estreante em 2004, a Bielorrússia contabiliza 14 participações no certame europeu, tendo apenas cinco participações na grande final do concurso. O melhor resultado remonta a 2007 quando Dmitry Koldun e o tema Work Your Magic alcançaram o 6.º posto em Helsínquia. Por outro lado, em Kiev, a Bielorrússia utilizou, pela primeira vez, a sua língua nacional: Naviband defenderam Story of My Life terminando em 17.º lugar com 83 pontos na final, não recebendo qualquer ponto de Portugal.

Esta e outras notícias no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Wiwibloggs  / Imagem: Wiwibloggs / Vídeo: BTRC

Sem comentários