JESC2018: Arménia poderá abandonar a competição devido à votação online


A chefe de delegação da Arménia no Festival Eurovisão Júnior desconfia das declarações prestadas pela EBU/UER sobre a votação online da última edição.

Depois de ter manifestado a sua insatisfação face à votação online do Festival Eurovisão Júnior 2017 (como pode recordar AQUI), Gohar Gasparyan, chefe de delegação da Arménia no certame, garantiu que o país poderá abandonar a competição nos próximos anos. 

Segundo Gohar, os 300 mil votos válidos avançados pela EBU/UER não correspondem à realidade, garantindo ser um número bastante "pequeno e pouco representativo" tendo em conta que a votação era gratuita. A chefe de delegação também desconfia que o resultado não tenha sido afectado pela queda do site na segunda fase de votação, garantindo que, em caso de manutenção do método de votação, a equipa da ARMTV reavaliará as futuras participações no formato.

Misha e "Boomerang" foram os representantes da Arménia no Festival Eurovisão Júnior 2017, terminando em 6.º lugar com 148 pontos, 8 deles oriundos do júri de Portugal. A candidatura foi a 4.ª mais votada dos júris nacionais, mas o 8.º lugar da votação do público ditou que o país terminasse na pior posição desde 2013. Recorde a atuação de seguida:



Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: Eurovoix / Imagem/Vídeo: JuniorEurovision.tv

1 comentário:

  1. Ricardo Alves16:39

    Deviam abandonar todos os paises. A forma como o JESC é feito nao faz sentido existir

    ResponderEliminar