ESC2018: Revelados os intérpretes do Festival da Canção da Eslovénia

A televisão pública eslovena acaba de revelar os nomes dos 16 concorrentes do festival da canção EMA 2018, a final nacional do país para o Eurovision Song Contest.

Tal como tinha anunciado AQUI, a RTVSLO revelou há pouco os nomes dos 16 concorrentes do EMA 2018, a final nacional da Eslovénia para o Festival Eurovisão da Canção a sediar em Lisboa. Dos nomes dos concorrentes, destaca-se algumas caras bem nossas conhecidas como ManuElla, representante do país na Eurovisão 2016 com Blue and red, e Tanja Ribič, representante em 1997 com Zbudi se. Para além destes, outros artistas repetem o desafio de 2017 como BQL, Ina Shai, Nika Zorjan, Nuška Drašček e King Foo. Lea Sirk, muito mencionada recentemente por ter imitado e cantado Amar pelos dois na versão eslovena de "A tua cara não me é estranha", também entra na corrida.

Saiba quem são os 16 concorrentes no vídeo seguinte:




Os 16 concorrentes participarão numa semifinal, a 8 de fevereiro, com os 8 mais votados a qualificarem-se para a grande final. Metade dos qualificados será escolhido por um júri e a outra metade pelo televoto. Na grande final, o vencedor será escolhido a meias pelo público e pelo júri.

A última participação da Eslovénia aconteceu precisamente este ano com o cantor Omar Naber (que já havia representado o país em 2005) com On My Way. Contudo, a candidatura falhou o apuramento para a grande final terminando na 17.ª (e penúltima) posição com apenas 36 pontos, 4 deles oriundos do televoto português. Recuperamos a atuação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: RTVSLO / Imagem: GOOGLE  / Vídeo: Eurovision.tv

7 comentários:

  1. Anónimo12:06

    Gostei muito da manuelaa em 2016. uma injutica a classificcao

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:44

    BQL ou nika zorjan...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15:45

    ManuElla querida, tão bom ver-te de volta

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15:47

    Já há muito que a Eslovénia merecia vencer ou pelo menos ter um grande resultado (TOP3), mas é um país muito pequeno...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo17:08

    Boas vozes há, agora venham daí (boas) canções!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo18:51

    Gregor Ravnik promete, tem cá um vozeirão. Divide-se entre o canto e o curso de Medicina Dentária e, neste ano, ganhou o prémio do júri profissional num festival nacional com "Med Nama" ("Entre Nós"): https://www.youtube.com/watch?v=3o1IS31TkUo

    ResponderEliminar