A emissora estatal da Albânia abriu as inscrições para a 56.ª edição do Festivali i Këngës, certame que selecionará os representantes do país para o Festival Eurovisão 2018 em Lisboa.

A emissora albanesa RTSH abriu, esta tarde, as inscrições para o Festivali i Këngës 56, certame que selecionará os representantes para o Festival Eurovisão 2018. Todos os cantores e compositores interessados deverão entregar as candidaturas na sede da emissora em Tirana entre os dias 2 e 10 de novembro.

A canção deve ser inédita, em albanês e não pode ter mais do que quatro minutos. Além disso, a demo entregue deverá ser interpretada pela mesma pessoa que concorrerá ao certame. Cada cantor e compositor só poderá enviar uma proposta, incluindo co-autorias, sendo que o responsável pelos arranjos e letristas poderão concorrer com duas propostas. O calendário para o Festivali i Këngës ainda não foi anunciado, mas sabe-se que o concurso acontecerá no final de dezembro, como habitual.


Estreante em 2004, a Albânia participou por catorze ocasiões no Festival Eurovisão, tendo disputado a Grande Final em sete ocasiões. O melhor resultado remonta a 2012 quando o país foi representado por Rona Nishliu e o tema 'Suus', terminando na 5.ª posição da geral. Em Kiev, a Albânia foi representada por Lindita Halimi e o tema "World" terminando fora da Grande Final ao alcançar o 14.º lugar com 76 pontos, nenhum deles oriundo de Portugal. Recorde a atuação de seguida:


Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: ESCPedia / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

1 comentário(s):

  1. Anónimo09:05

    O mesmo problema que acontecia com Portugal... Feito tudo muito em cima da hora... E cançoes muito datadas pelo que penso que a orquestra nao ajuda nada... Ainda torna esta final nacional pior... Ate porque se algum artista pensar levar por exemplo alguma musica pop... Com orquestra ja foi

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top