Sem qualquer surpresa, a emissora estatal da Bósnia-Herzegovina confirmou que não estará representada na próxima edição do Festival Eurovisão que será sediada em Lisboa.

Com apenas uma participação no Festival Eurovisão desde 2013, a emissora da Bósnia-Herzegovina confirmou oficialmente que não estará representada na próxima edição do certame que será realizada em Portugal. O anúncio da BHRT foi feito através das redes sociais, sendo que a emissora estatal não revelou qualquer pormenor sobre a decisão.

De realçar que a não participação da Bósnia-Herzegovina já havia sido avançada pela imprensa local e internacional: a emissora estatal do país, a BHRT, tem dívidas superiores a 20 milhões de euros e, apesar de ter assegurado um novo sistema de cobrança, é necessária a intervenção do governo bósnio para revogar as leis dos media desatualizadas e ajuda financeira para pagar as dívidas acumuladas, como pode recordar AQUI.


Agendado para 8, 10 e 12 de maio no Parque das Nações, em Lisboa, o Festival Eurovisão 2018 conta com 35 países provisoriamente confirmados: Alemanha, Arménia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bélgica, Bielorrússia, Chéquia, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Geórgia, Grécia, Holanda, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Malta, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, Roménia, Rússia, Sérvia, Suécia, Suíça e Ucrânia. Por outro lado, Andorra, Bósnia-Herzegovina, Eslováquia, Luxemburgo, Liechtenstein, Mónaco e Turquia já confirmaram que não estarão representados em Lisboa.

Estreante em 1993, a Bósnia-Herzegovina participou em 19 ocasiões no Festival Eurovisão, conquistando o 3.º lugar em 2006, o melhor resultado da sua história. Contudo, em 2013, o país retirou-se do concurso alegando problemas financeiros da emissora nacional BHRT. Desde então, a Bósnia-Herzegovina apenas participou em 2016: a candidatura de Dalal & Deen feat. Ana Rucner & Jala com  "Ljubav je" reuniu patrocínios suficientes que cobrissem todos os gastos da emissora no concurso. No entanto, pela primeira vez na história do concurso, o país falhou o apuramento, terminando em 11.º lugar na semifinal. Recorde, de seguida, a participação:



Esta e outras notícias também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: BHRT / Imagem/Vídeo: Eurovision.tv

0 comentário(s):

Enviar um comentário

Temas em Destaque

 
Top