Nesta nova rubrica do ESCPORTUGAL, analisamos os álbuns que forem lançados por artistas, portugueses e estrangeiros, que participaram no Festival Eurovisão da Canção. O responsável da rubrica é Carlos Carvalho.

Alexander Search - Alexander Search (2017)


Data de lançamento: 30 de junho de 2017
Nota: 9/10

De um modo assaz resumido, a teoria do “Efeito Borboleta” (1963), do matemático Edward Lorenz, diz-nos que o simples bater de asas de uma borboleta poderá interferir no curso de ações a nível planetário, podendo mesmo provocar um tufão do outro lado do planeta. Ou seja, acontecimentos aparentemente simples e extremamente triviais poderão ter consequências imprevisíveis. Mas o que tem a ver este simples enunciado de extrema complexidade matemática com o álbum de estreia dos Alexander Search?

Sensivelmente por esta altura do ano passado, agosto de 2016, a RTP confirmava a sua participação na Eurovisão 2017. Aquilo que todos julgavam ser um apenas um “sim” que ia dar um resultado igual a 48 ‘sins’ passados, acabou por ter resultados nunca antes vistos, culminando na nossa primeira vitória e trazendo para a ribalta artistas que viviam completamente à margem do sucesso de massas, como foi o caso do vencedor da Eurovisão, Salvador Sobral.

Mas o “Efeito Borboleta da RTP” ainda não terminou, e à boleia da Eurovisão, salta para os escaparates a estreia homónima dos Alexander Search, banda que deve o seu nome e ideologia lírica a um dos heterónimos de Fernando Pessoa e que tem precisamente, na voz, Salvador Sobral, sob o pseudónimo de Benjamin Cymbra. Benjamin Cymbra é apoiado a nível instrumental por Augustus Search, nas teclas; Sgt. William Byng, no domínio electrónico; e Mr. Tagus, na bateria.

Temos agora a oportunidade de desfrutar de um mega projeto que está ainda em ebulição discográfica, mas que denota mestria vocal (sem surpresa) e instrumental, tendo valor próprio, apesar de, presentemente, ser impossível dissociar-lhe do fenómeno musical no qual Salvador Sobral (contra-vontade) se tornou.

Os temas dos Alexander Search repousam numa estética indie-pop de contornos eletrónicos, adicionando algum experimentalismo e um ambiente rock em dois temas, “Far away” e “Solomon Waste”.

A essência de Alexander Search pode ser considerada corajosa e aventureira, mas a vincada linha melódica poderá assegurar-lhe uma vida longa.

“Alexander Search” tem tido um percurso bastante assinalável nos tops portugueses, entrando e permanecendo no #3 nas suas duas primeiras semanas.

Temas destacados por Carlos Carvalho: 


 O vídeo oficial: “A Day of Sun” :


A ver: EA LIVE Sessions + Alexander Search (full session):

 





Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: OPINIAO CARLOS CARVALHO / Imagem: GOOGLE / Vídeo: YOUTUBE

6 comentário(s):

  1. Ricardo Alves21:58

    Mais uma excelente crítica. Gostava de os ver ao vivo

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12:40

    Boa crítica... apenas não posso concordar senão com um 10/10.

    ResponderEliminar
  3. Rui Ramos19:51

    O Carlos carvalho foi uma boa aquisição para o escportugal. Gostava de ler as críticas quando chegar os Olhares

    ResponderEliminar
  4. Rui Ramos19:51

    O Carlos carvalho foi uma boa aquisição para o escportugal. Gostava de ler as críticas quando chegar os Olhares

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:55

      Também acho.

      Eliminar
  5. Anónimo16:50

    Uma aventura poético-musical de extraordinário bom gosto.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top