A CNN Turquia escreve hoje que o país estará de volta do Eurovision Song Contest no próximo ano.


Todos os anos existem rumores do regresso da Turquia ao Festival Eurovisão da Canção. Depois da desistência do país, em 2013, o regresso ao concurso europeu é sempre debatido mas, até então, a decisão final da TRT tem sido sempre a mesma. No entanto, a história em 2018 poderá ser diferente e dizemos-lhe, de seguida, porquê.

Vários ex-representantes do país já vieram a público apelar à participação do país na Eurovisão. Sertab Erener, detentora da única vitória turca no concurso, afirmou publicamente que "a Turquia perde a oportunidade de compartilhar a sua música com outros países", adiantando que ficaria "bastante feliz com o regresso da Turquia, pois o Festival Eurovisão é bonito ao ser disputado por todos". Meses mais tarde, durante uma transmissão em direto para o Instagram, a cantora assegurou que este regresso ia mesmo acontecer.

Hadise, representante turca na Eurovisão 2009, também já manifestou este desejo. "Espero que o meu bonito país participe de novo no Festival Eurovisão. Há 8 anos, estava em palco e ainda hoje sinto a energia que senti naquele dia quando vi a nossa bonita bandeira em tantas mãos", escreveu no Instagram. 

Nos últimos dias os maNga, que participaram na Eurovisão 2010, escreveram no Twitter que apoiavam um regresso do país à competição e que ficariam muito felizes se isso acontecesse. O tweet acabou por dar azo a especulações de que iriam voltar à competição, o que acabou pode ser desmentido pelos próprios no dia seguinte.

Hoje foi a vez da CNN escrever que este regresso está consumado. O canal noticioso dedicou um artigo ao regresso do país e inaugurou a especulação sobre que será o representante escolhido pela TRT.  No artigo é possível ler que, apesar da informação ainda não ser oficial, a administração da emissora pública mudou finalmente de ideias.


A última vez que a Turquia participou no Festival da Eurovisão foi em 2012. Nesse ano, já se discutia publicamente o abandono do país mas a vitória do Azerbaijão convenceu os turcos a participarem por mais um ano. Can Bonomo e Love Me Back foram os representantes do país em Baku, tendo alcançado o 7.º lugar na grande final com 112 pontos.

Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: CNN / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

26 comentário(s):

  1. Anónimo21:01

    a propria RTP e EBU ja confirmaram que estarão mais de 40 paises em lisboa a participar, naquele video promocional diz la isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:21

      Não, aquele número corresponde à média dos anos mais recentes

      Eliminar
    2. Anónimo21:47

      Nao confirmaram.. Eles nao sabem.. Isso é um estimativa feita pelos anos passados para mostrar o quao grande é o concurso. Eles tambem puseram 200 milhoes de espectadores... Como sabem se ainda nao aconteceu o evento..

      Eliminar
  2. Anónimo22:26

    espero que não.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo22:55

    Adorava que batessemos o recorde 44 países até 47 com a inclusão da Bósnia Turquia Cazaquistão e Lichnestein.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:24

      acredito mais em kosovo do que cazaquistao/lichtenstein

      Eliminar
    2. Anónimo23:47

      Também eu

      Eliminar
    3. Anónimo00:07

      O Lichnestein não sei, mas o Liechtenstein talvês.

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Anónimo08:00

      48 com a Eslováquia

      Eliminar
    6. Anónimo10:52

      Talvês ou talvez? Veja lá no dicionário, pois é um livro muito útil.

      Eliminar
  4. Anónimo00:05

    Que bom. A Turquia faz falta à Eurovisão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo07:58

      Como a Turquia está sempre batida na final, leve que canção levar, é menos uma vaga para os países mais pequenos e com menos vizinhos. Sim sim a Turquia faz imensa falta à Eurovisão. Já não bastava a Austrália estar a tirar uma vaga...

      Eliminar
    2. Anónimo09:41

      2011 ;)

      Eliminar
    3. Anónimo11:59

      Mas onde raio está escrito que a Eurovisão deve dar prioridade aos países pequeninos, com menos vizinhos?!?!

      Eliminar
    4. Anónimo14:34

      11:59 não está escrito, mas que dão prioridade a certos países como a Turquia e Australia, levem o que levarem, lá isso dão.

      Eliminar
    5. Anónimo15:18

      A Eurovisão não devia dar prioridade a ninguém. O que acontece é que países mais pequenos e com menos vizinhos têm de trabalhar 2 vezes mais para conseguir bons resultados. E muitas vezes nem isso chega.

      Eliminar
    6. Anónimo19:59

      @14:34

      a inverdade do mês

      Eliminar
  5. Anónimo08:48

    adorava que o monaco voltasse. Tambem queria ver como iria ser se Marrocos voltasse porque so podemos los ver 1 vez

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo09:41

      Não volta porque Israel participa ;)

      Eliminar
    2. Anónimo16:01

      ainda nao sabemos se ele vai participar ou nao

      Eliminar
  6. Anónimo10:05

    A Turquia não tira vagas a ninguém . Se os países mais pequenos levarem grandes músicas vão a final garantidamente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14:53

      LOL isso é tao mentira.. nem é preciso recuar mais que este ano, onde Finlândia e Estónia não passaram à final, quando tinham musicas para ficar no TOP 10 na final...

      Eliminar
    2. Anónimo17:13

      Lol isso são os teus gostos, no cômputo geral eles não conseguiram pontos suficientes logo pelas regras não tinham condições para a final, como Portugal já mereceu mas não teve pontos suficientes, isso faz parte da competição

      Eliminar
    3. Anónimo17:49

      Finlândia e a Estónia não passaram porque ? Pelos jurados .. não tem nada a ver com votos de países grandes e diásporas

      Eliminar
  7. Anónimo17:51

    a Turquia sempre levou grandes músicas , nunca tirou vaga a ninguém injustamente ....

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top