A emissora estatal da Sérvia revelou que voltará a realizar o Eurosong como final nacional para o Festival Eurovisão 2018: um dos requisitos do certame é cantar numa das línguas nacionais para "melhorar a criatividade musical".

A Sérvia já revelou os seus planos para o Festival Eurovisão 2018. Depois de dois anos de seleções internas, a emissora estatal do país voltará a apostar no Eurosong para selecionar os representantes sérvios em Lisboa. Os interessados poderão enviar as suas candidaturas para a RTS até 20 de outubro, sendo que não há qualquer restrição quanto à nacionalidade do compositor: contudo, os intérpretes têm de ter nacionalidade sérvia. Um painel de jurados terá a responsabilidade de eleger as 10 candidaturas que disputarão a competição. De realçar que a escolha final também estará a cargo exclusivamente de um painel de jurados.


Entre os requisitos apresentados, a emissora RTS solicita canções numa das línguas nacionais (sérvio, húngaro, eslovaco, romeno, croata, russo e albanês) "para desenvolver e melhorar a criatividade musical no âmbito da música popular do país", depois de ter apostado no inglês nas últimas três participações no Festival Eurovisão. A vitória de Salvador Sobral com "Amar Pelos Dois" em português, sendo a primeira vitória de um tema não-inglês desde 2007, ano em que a Sérvia venceu com 'Molitva', poderá estar na génese da mudança da aposta da RTS: de realçar que também a Eslovénia recuperou a obrigatoriedade de temas em esloveno (AQUI).

Com 10 participações no curriculum, a Sérvia conta com uma vitória no Festival Eurovisão em 2007, ano de estreia, bem como um terceiro posto alcançado em 2012. Contudo, em três edições o país ficou de fora da Grande Final, tendo também falhado a edição de 2014 por razões económicas. Tijana Bogićević foi escolhida internamente para representar a Sérvia no Festival Eurovisão 2017 com o tema In Too Deep, terminando fora da Grande Final: a candidatura foi 11.ª classificada na semifinal com 98 pontos, a três do apuramento, tendo sido a 10.ª classificada no júri e 11.ª no televoto.


Este e outros artigos também no nosso FacebookTwitter e Instagram. Visite já!
Fonte: eurovision-spain/ Imagem e Vídeo: eurovision.tv

10 comentário(s):

  1. Anónimo18:21

    Uma besteira essa obrigatoriedade pela língua nativa, uma musica boa vai sempre ser boa, indiferente do seu idioma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim tem todas razão... mas uma canção para representar um determinado país deve refletir o país e a sua cultura... e um dos mais importantes traços de identidade de um povo é o seu idioma...!!!
      Afinal não é apenas vencer... é vencer com algo que identifique o vencedor... senão... não tem o mesmo sabor...

      Eliminar
  2. Anónimo18:33

    Aleluia a Servia percebeu... Finalmente vou voltar a ouvir excelentes cançoes em Servio. So nao concordo com o 100 porcento juri... Devia ser 50/50.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo19:03

    Foi um erro a Sérvia ter deixado de cantar em sérvio...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo19:04

    Os jugoslavos vão todos cantar nas línguas nacionais, de certeza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:41

      Esperemos que sim.

      Eliminar
  5. Anónimo20:44

    Como ganhou uma canção na línguas nativa este ano, para o ano muitos países vão mandar uma música na língua deles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:17

      Ai claro, meu irmao, ocê botou a boca na verdade: se não fosse o Salvador a salvar a Eurovisão, era tudo batata frita e amburgas.

      Eliminar
    2. Não seria nem mais nem menos que o reflexo da vontade e do gosto de quem votou por ele...
      quem quiser vencer tem de seguir um pouco a fórmula vencedora... até agora era o pop sueco em inglês radiofónico com vozes poderosas de divas à produção visual de deixar qualquer um em estado catatónico... nos dois últimos anos o paradigma mudou... músicas de caráter mais intimista... musicalmente mais "simples" harmónico e purista... e não anglofónico...
      e quem decide... é quem vota... seja um hambúrguer ou um belo bife grelhado ou um prato vegetariano... quem faz, faz segundo a vontade de quem consome...

      Eliminar
  6. JEFFERSON15:54

    SERVIA 2017 >>>>>>>>>>>>>>> CROÁCIA 2017. Mesmo as duas sendo em inglês, uma era melhor que a outra.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top