O EMA2018, final nacional da Eslovénia para o Eurovision Song Contest, deverá ter regras que obriguem os participantes a cantar em esloveno ou numa das línguas minoritárias reconhecidas no país.


A RTVSLO deverá alterar as regras do EMA2018 no que diz respeito à liberdade de cantar em qualquer língua. Segundo o web site eurovizija.com, a emissora quer que os participantes da sua final nacional cantem apenas em esloveno ou numa das línguas minoritárias reconhecidas no país. Assim, seriam aceites temas em esloveno, croata, alemão, húngaro, italiano, romani e sérvio.

Desde que a obrigatoriedade de cantar na língua oficial do país acabou, em 1999, a Eslovénia fez-se representar por sete vezes em esloveno, uma vez em esloveno e inglês e todas as outras vezes completamente em inglês. O melhor resultado do país, com uma canção totalmente em esloveno, é o 15.º lugar de Alenka Gotar em 2007.

Não é ainda claro se a Eslovénia irá cantar numa das línguas reconhecidas no país na Eurovisão ou se seguirá o modelo islandês. Na Islândia, todos os temas têm de ser submetidos em islandês e interpretados nessa língua nas semifinais. No entanto, quando se qualificam para a grande final, os temas devem ser interpretados na língua que os cantores querem levar à Eurovisão, caso ganhem.


A Eslovénia fez-se representar por Omar Naber e On My Way em Kiev. O país somou apenas 36 pontos e ficou na 17.ª, e penúltima, posição da semifinal.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem e Vídeo: Eurovision.tv

14 comentário(s):

  1. Anónimo19:21

    Efeitos Salvador Sobral

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:54

      Pensei logo nisso também, amigo. Já começa a funcionar|

      Eliminar
    2. Soraia Serenela23:22

      Até parece que Portugal, pela sua história fracalhota (uma das piores) na Eurovisão, pode ser exemplo para alguém LOL

      Eliminar
    3. Anónimo03:23

      Como é que um Vencedor do ESc agora tem história fracota? Isso já é passado...

      Eliminar
  2. Anónimo19:24

    1 já é, agora falta o resto! YES, o festival é muito melhor com músicas em diferentes idiomas.

    ResponderEliminar
  3. Para o ano ninguém canta em inglês. Ainda vamos ver a Austrália a cantar em armênio ahhhhh. E o reino unido em português

    ResponderEliminar
  4. Anónimo19:44

    Sempre achei giro cada país cantar na sua própria língua, ainda que não defendesse uma opinião dogmática sobre isso. Mas é triste que comecem a fazer isso só porque um país ganhou cantando na sua própria língua, quase como se não estivessem a fazer as coisas por "vontade própria"...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo19:56

    Lol já se estava à espera

    ResponderEliminar
  6. Agora o que era muito bem feito era sermos nós a levar uma em inglês e ganharmos outra vez! Que melão! Eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:38

      hahahaha

      Eliminar
    2. Anónimo23:43

      Ou ainda ganhava o UK (Austrália ia flopar com o televoto) :d

      Eliminar
    3. Anónimo23:53

      E ia desafinar

      Eliminar
  7. Anónimo02:34

    Este ano na final nacional da Eslovénia, a Nika Zorjan cantou no dialecto "Prekmurje" de uma região nordeste do país! Foi lindo! :)

    ResponderEliminar
  8. Anónimo13:09

    Quem me dera que todos voltassem a cantar nas suas próprias línguas!... E espero que Portugal continue a apresentar-se na língua que se fala no país e não se subjugue também à enervante hegemonia da língua inglesa neste festival.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top