Já são conhecidos os nomes de todos os cantores portugueses que participarão no concerto solidário pelas vítimas dos fogos florestais. O concerto tem lugar a 27 de junho na MEO Arena.


Foram hoje anunciados os nomes dos vinte e cinco cantores portugueses que estarão no concerto "Juntos Por Todos". O concerto solidário foi anunciado pelo CEO da Sons em Trânsito e as receitas das vendas dos bilhetes reverterão para as vítimas dos fogos florestais que assolam Portugal. À RTP e à MEO Arena juntaram-se todas as rádios portuguesas e ainda a SIC e a TVI. O concerto deverá ser transmitido em todos os canais e rádios.

Os 25 artistas confirmados são: AGIR, Amor Electro, Ana Moura, Aurea, Camané, Carlos do Carmo, Carminho, D.A.M.A, David Fonseca, Diogo Piçarra, Gisela João, Hélder Moutinho, João Gil, Jorge Palma, Luísa Sobral, Luís Represas, Matias Damásio, Miguel Araújo, Paulo Gonzo, Pedro Abrunhosa, Raquel Tavares, Rita Redshoes, Rui Veloso, Salvador Sobral e Sérgio Godinho.

O concerto terá início às 21 horas do dia 27 de junho Os bilhetes já se encontram disponíveis em blueticket.pt e nos pontos de venda Fnac, Worten, El Corte Inglês, The Phone House, Pagaqui, A CP e Turismo de Lisboa, e têm as seguintes tipologias:

15€ – Bilhete Geral – único e sem marcação;

25€ – Bilhete Geral Extra – sem marcação, para quem pretende contribuir com um valor superior – Dá acesso aos mesmos sectores que o Bilhete Geral único e sem marcação de 15€;

15€ – Bilhete Donativo – para quem pretende contribuir mas não pode comparecer ao espectáculo – Não dá acesso ao espetáculo e pode ser adquirido em Portugal, nos locais habituais, e em qualquer parte do mundo, em blueticket.pt; foi criado para responder ao apelo da diáspora portuguesa e das muitas empresas que têm procurado formas de contribuir.

Para além das entidades co-produtoras, “Juntos Por Todos” conta com a imprescindível generosidade e solidariedade de inúmeras empresas e parceiros, que estão a colaborar de forma inteiramente gratuita e às quais a organização agradece. O MEO Arena e a Blueticket associam-se a esta causa oferecendo o seu espaço e serviços gratuitamente, nomeadamente a angariação e entrega das receitas à União das Misericórdias Portuguesas. O evento conta com o Alto Comissariado da Fundação Calouste Gulbenkian.

“Juntos Por Todos” conta com o contributo das editoras Sony Music Portugal, Universal Music Portugal, Valentim de Carvalho e Warner Music Portugal na sua divulgação artística.

A organização aproveita a oportunidade “para agradecer comovidamente as centenas de outras ofertas espontâneas de participação de músicos e artistas no concerto. Infelizmente é impossível acolher todos, sendo que o evento a todos pertence, independentemente dos que subirem ao palco”.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte e Imagem: RTP

7 comentário(s):

  1. Anónimo19:10

    Excelente iniciativa.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo23:03

    A unica coisa que acho mal é ser transmitido nos 3 canais... devia ser apenas no estatal. Qual o critério de escolha quando 3 transmitem o mesmo ao mesmo tempo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo00:44

      Sabes qual e a mnha resposta? Ver na RTP que merece mais audiencias e nao tem e se esforca em programas de qualidade...
      A RTP merece mais....
      Vejam a nossa televisao publica que nao distorceu factos, faz um bom trabalho na informaçao, nao toma partidos sendo imparcial coisa que nao acontece por exemplo na TVI que so quer dar show e faz de tudo para chamar a atençao..

      Eliminar
    2. Anónimo10:21

      Isso de ser imparcial ja se viu nos 3 canais... Quando são pessoas com gostos e preferências que lá trabalham, é natural isso aconteca... No que diz respeito a conteúdos, sem dúvida que a RTP merece mais audiências, mesmo achando que está a tentar ter uma programação excessivamente pseudo-intelectual!

      Eliminar
    3. Anónimo23:37

      o critério de escolha é teres mais 200 para veres no cabo se quiseres... e mesmo quem só tenha a TDT já tem alternativas aos 3...

      Eliminar
  3. Anónimo03:03

    Se cada canal der uma parte diferente do concerto...dá para todos.
    Não precisam de estar a transmitir todos o mesmo lá isso é verdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10:23

      Isso ainda faz menos sentido... acabava de cantar a áurea e ainda vinham mais 10 artistas. Tinhamos de mudar para a SIC, porque na RTP ja tinha acabado... lel

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top