A primeira reunião entre os responsáveis da RTP e o Grupo de Referência da UER teve lugar ontem, em Genebra. Saiba o que foi discutido.

A RTP já teve a primeira reunião com a União Europeia de Radiodifusão para preparar o Festival da Eurovisão de 2018. Na reunião, em Genebra, foram discutidos vários temas. Os responsáveis portugueses, entregaram uma pasta com as possíveis arenas que podem receber a competição. As datas oficiais deverão ser anunciadas nas próximas semanas. A RTP deu ainda a conhecer os primeiros planos para a Eurovisão 2018. Jon Ola Sand, supervisor executivo do concurso europeu, afirmou que "a próxima meta é escolher uma arena adequada. Representantes ucranianos entregaram informações valiosas sobre a organização aos seus colegas portugueses. O Festival da Eurovisão é um grande evento e o trabalho começa assim que um país vence".

Carla Bugalho, chefe da delegação portuguesa, introduziu os membros da sua equipa ao Grupo de Referência. Esteve presente Gonçalo Madail, da direção de programas da RTP, e Cristina Tomé, diretora financeira da RTP.

Refletindo sobre a vitória de Salvador Sobral, Carla Bugalho afirmou "ganhámos pela primeira vez, foi uma experiência fantástica ouvir finalmente Portugalreceber 12 pontos mas não estávamos à espera de vencer, o objetivo principal era a qualificação para a final. Quando vencemos, não podia ter sido melhor. Toda a gente ficou em frente à TV, toda a gente queria ver o Salvador a vencer".

Cristina Tomé acrescentou que "estamos muito contentes. Esperamos por isto por mais de 50 anos. Foi bom para o nosso país e para a RTP". Depois da vitória, a equipa da RTP confessou que festejou mas imediatamente pôs mãos à obra.

A equipa da RTP já tinha tido várias conversas com o Grupo de Referência mas ontem foi a primeira vez que se encontraram pessoalmente. A delegação portuguesa participou ainda num workshop sobre a organização da Eurovisão, que cobre todos os tópicos envolvidos. "Quando voltarmos a Portugal vamos finalizar o processo de escolha da cidade anfitriã e da arena, incluindo também as datas. Depois teremos de desenvolver o slogan e todo o grafismo. Isto é mais do que a Eurovisão, isto é um evento gigantesco", disse Cristina Tomé.


A RTP mostrou-se entusiasmada por receber os fãs, em Portugal, no próximo ano. "Têm de vir a Portugal, desfrutar do país e do concurso. Teremos muito sol para vós!", acrescentou Cristina em tom de brincadeira. Até ao momento, o Grupo de Referência mostrou-se satisfeito com os planos da RTP.

O que é o Grupo de Referência?
O Grupo de Referência foi estabelecido em 1998 e encontra-se, presencialmente, cinco a seis vezes por ano. As suas principais tarefas incluem aprovar o desenvolvimento de formatos e a mudança de regras, assegurando a estabilidade financeira e supervisão do país anfitrião. É composto por um chefe, três membros eleitos pelos chefes de delegação, os produtores executivos dos dois últimos países anfitriões e o produtor executivo da atual edição da Eurovisão. A estes sete elementos junta-se ainda Jon Ola Sand, supervisor executivo da Eurovisão.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte, Vídeo e Imagem: UER

21 comentário(s):

  1. Que bom!!! Estamos a começar bem

    ResponderEliminar
  2. Anónimo14:39

    Arenas hummmm então eles apresentaram que o Meo Arena, será que independente do resultado vão publicar quem se candidatou?

    ResponderEliminar
  3. Anónimo14:56

    Obrigado por nos porem a par. É um caminho longo e no entanto rápido aquele a que nos propomos. Espero que corra tudo pelo melhor. Que seja um evento inovador, de extrema qualidade, que se fomente a arte de bem receber, de mente aberta para a igualdade no género e o respeito pela orientação sexual de cada um. Sei, tenho a certeza, que podemos realizar o melhor ESC de sempre e a custo reduzido. Basta as pessoas certas no lugar certo, como em tudo na vida.

    ResponderEliminar
  4. Eu acho que Portugal não devia olhar a custos. E gastar o maximo para mostrar aos outros paises que somos inovadores e caros. Assim quem sabe não ganhemos em casa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:28

      É por esse tipo de pensamentos que o país não evolui. Se ainda não é adulto compreendo que ainda pense assim, agora se o for, corra daqui para fora. Outra vez banca rota? Já nos basta o Sócrates e este Costa a recolher os louros do trabalho do Passos. Santa paciência

      Eliminar
    2. Anónimo17:35

      "...os louros do trabalho do Passos."??? É a anedota do ano!!! Deve-se estar a referir com certeza, aos cofres cheios que ele deixou... :-) =))

      Eliminar
    3. Anónimo18:10

      É tambem por esses pensamentos que o país não evolui. Essa do trabalho do Passos é de rir... Mas não vamos falar aqui de politica... é melhor.

      Eliminar
    4. Anónimo18:47

      anonimo 18:10 quando não se percebe de politica de facto é melhor estar calado e não falar do assunto

      Eliminar
    5. Anónimo19:00

      Já eu concordo com o anónimo das 16h28 Enfim... há gente mesmo tapadinha. Vão na conversa dos salários mínimos que ele aumentou, do défice que baixou etc... mas sabem porque é que isso está a acontecer? Porque as despesas do estado estão a aumentar e a única coisa que suporta isto é a ecónomia especialmente o turismo. Ora, quando isso acabar Portugal volta à banca rota, disso não tenham dúvidas. Tenho douturamento na área de ecónomia, já agora. onde está o BE e o PCP sempre a resmungar? Ah já sei, não podem deixar este governo caír pois sabem que perdem a maioria que o PS vai ter de maneira suja ou não. Já agora a dívida é a mais alta desde sempre. Parabéns Costa!! Beijinhos falamos quando estivemos na miséria novamente e quando o PSD estiver no governo para limpar a sujeira deixada. E a seguir voltam a votar no PS, a maioria dos portugueses pensa assim... Um dos principais problemas também é a RTP que gasta milhões dos cofres do estado, não tem fundo. Mas não é por 30M de euros que vai fazer diferença, por isso que façam uma Eurovisão com qualidade.

      Eliminar
    6. Anónimo13:50

      Um doutorado escrever "douturamento" em vez de "doutoramento", foi apenas um engano, certo?

      Eliminar
    7. Anónimo14:24

      Caro anónimo das 13h50, sim foi. Mas se não está de acordo pelo menos argumente, não com simples pormenores.

      Eliminar
  5. Anónimo16:47

    "Têm de vir a Portugal, desfrutar do país e do concurso. Teremos muito sol para vós!" pois então que seja mais para sul porque por vezes no norte em maio o sol tende a não aparecer como foi o caso este ano...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo19:30

      Ora nos últimos 15 anos diga lá quando ouviu na final um porta voz dizer Portugal 12 Pontos??? Antes de comentar pense bem e tente perceber o que dizem ;)

      Eliminar
    2. Anónimo15:30

      19:30 - Mas o facto de, em maio, não ter estado muito bom tempo no Norte tem alguma coisa a ver com porta-vozes a anunciarem 12 pontos para Portugal? E é o anónimo das 19:30 que aconselha os outros a pensar bem antes de comentarem e a tentarem perceber o que é dito...

      Eliminar
  6. Anónimo18:45

    Portugal teve 12 pontos algumas vezes antes de 2017, se bem que não muitos. Essa de ouvir finalmente 12 pontos para Portugal mostra bem o que se entende sobre a Eurovisão...

    ResponderEliminar
  7. Em alguns comentários já se mistura alhos com bugalhos...quando a festa é da boa musica...Portugal que já deu provas de fazer coisas boas em importantes eventos este é só mais um para dignificar este povo que é reconhecido por muitos outros como calmo e sereno que também sabem fazer coisas boas.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo19:11

    Boa pronuncia tanto da Carla como da CFO da RTP :) Incrivel Ainda hoje acho que não é verdade que ganhamos os ESC, parece tudo Ainda um sonho *.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:54

      Concordo.

      Natércia

      Eliminar
  9. Rui Ramos20:34

    Engraçado como nunca vimos tanto a Carla bugalho a sorrir como agora. Nós outros anos mesmo no FC tinha sempre um ar tenso. Nota se que está feliz e isso é bom

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:51

      Secalhar era pressionada pelos maus resultados que obtinha....

      not

      RTP = deixa andar que logo se vê...

      Eliminar

Temas em Destaque

 
Top