Jon Ola Sand, supervisor executivo do Festival Eurovisão, garantiu que a Rússia estará a concurso na próxima edição do certame: "A emissora russa já enviou um pedido de desculpas por toda a situação".

Em entrevista ao jornal norueguês Aftenposten, o supervisor executivo do Festival Eurovisão, Jon Ola Sand, falou da retirada da Rússia do concurso, sendo a primeira vez que falou publicamente sobre a situação após o anúncio oficial: "A emissora russa já enviou um pedido de desculpas por toda a situação... Por outro lado não recebemos qualquer reacção das autoridades russas. Isto não foi um tema muito marcante nos meios de comunicação da Rússia" afirmou.

Contudo, apesar da emissora russa Channel1 ter garantido que não transmitirá o Festival Eurovisão 2017, decisão que colocou o país de fora do lote de participantes, Jon Ola Sand garante que a EBU/UER continua em contacto com as emissoras russas e que o país está de regresso no próximo ano: "Estamos, portanto, num diálogo aberto com os russos e estou certo de que eles estão competindo novamente no próximo ano".

Julia Samoylova e 'Flame is Burning' foram apresentados como representantes da Rússia a 13 de março. Dias depois, as autoridades ucranianas proibiram a cantora de entrar em território nacional devido ao facto da mesma ter estado na Crimeia sem autorização do governo de Kiev. Após um mês de impasse entre a Ucrânia, a Rússia e a EBU/UER, a emissora russa anunciou a retirada do concurso, garantido que Julia Samoylova será a sua representante na próxima edição, algo que não foi ainda oficializado.


Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem: NTU / Vídeo: eurovision.tv

14 comentário(s):

  1. Portugal já passou a Suécia e está em 3º nas odds. Desculpem o off-topic.

    ResponderEliminar
  2. Isto não foi um tema muito marcante nos meios de comunicação da Rússia" afirmou. ehehhehe Pudera o governo não deixou expor mt o assunto. ´
    É que a liberdade de imprensa na Russia é mt diminuta

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15:19

    Ainda bem que estao de volta... As suas musicas sao muito boas e fazem falta no ESC... Pena dos habitantes russos que nao tem culpa do governo que têm...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo17:22

      Pois, pois, NUNCA TE ESQUEÇAS QUE a Rússia ROUBA UM LUGAR NA FINAL a outro país com uma canção de melhor mérito.
      "As suas musicas são muito boas e fazem falta no ESC" Ah, ah, deixa-me rir ó anónimo das 15:19.
      Pessoas como tu, é por isso que a Rússia é o que é.

      Eliminar
    2. Anónimo22:02

      Pessoas como eu?
      Rouba um lugar nao.. Tem merito naquilo que alcança...
      E sim musicas muito boas..
      Digame quem mais que a Russia merecia ter passado a final nos ultimos anos e nao passou..

      Eliminar
    3. Anónimo12:04

      Digo sim senhor com muito prazer, exemplos:

      - Rússia passou á final em 2011 e não devia ter passado, quem devia ter passado no seu lugar era ou Albânia, ou a Polónia, ou a Noruega, ou a Croácia (países da mesma semi-final da Rússia).

      - Rússia passou á final em 2012 e não devia ter passado, no seu lugar devia ter passado a Letónia, ou a Suiça, ou a Bélgica, ou Israel ou São Marino (países da mesma semi-final da Rússia).

      - Rússia em 2013 passou á final e não devia ter passado, no seu lugar devia ter passado a Eslovénia, ou a Croácia, ou Montenegro, ou Chipre ou a Bélgica (países da mesma semi-final da Rússia)

      - Rússia passou á final em 2014 e não devia ter passado, no seu lugar devia ter passado ou a Letónia, ou a Estónia, ou a Albânia, ou a Bélgica, ou Portugal (países da mesma semi-final da Rússia).

      - Rússia passou á final em 2015 e não devia ter passado, no seu lugar devia ter passado a Moldávia, ou a Holanda, ou a Macedónia, ou a Biélorrussia (países da mesma semi-final da Rússia).

      Todos estes países tinham melhores canções que a Rússia, e no entanto não passaram e a Rússia passou com canções piores.
      É necessário dar-te mais exemplos?
      Se quiseres eu dou.

      Eliminar
    4. Anónimo21:26

      Pahahaha quanto a anos mais antigos porque nao conheco muito, de 2011 nao conheco nenhuma, de 2012 e 2013 das que referiste so conheco a Russia... Apartir daí sinceramente em 2014 a musica nao me dizia muito.. Mas em 2015? A bielorussia nao era da mesma semi que eles e a Moldavia merecia mais onde? Aquela piroseira... A holanda tinha uma boa musica etudio mas ao vivo estragou tudo.. Todos reconhecem isso incluindo a propria anouk compositora da musica.. E a macedonia gostava mas porfavor... A musica da Russia era muito melhor...
      E em 2016 nao falas?
      Esse teu comentario e que mosta quem tu es... Um russofobico.. A musica podia ser a melhor do mundo que para ti nunca ia prestr por ser de onde é.. Enfim... Pessoas assim nem vale a pena... So vou relembrar uma coisa.. Se passa e porque os europeus votam pirque gostam da cançao e como tal nenhuma das que nao passou e melhor que a deles.. Pronto contra factos nao ha argumentos...

      Eliminar
    5. Anónimo01:57

      Lol assim a Rússia não merecia passar nunca, ou pelo menos para ti nunca passava, isto desde de 2011 e isso é ridículo.

      Eliminar
    6. Anónimo11:07

      Anónimo das 21:26, em 2016 não falo porque não acompanhei o Esc.
      Essa de contra factos não há argumentos, isso NÃO COLA, porque existe a diáspora em relação á Rússia, porque independentemente da canção que a Rússia leva ano após ano ao Esc, existe um grande número de europeus sobretudo de países de leste que votam em massa na Rússia, independentemente da canção, só pelo simples facto de ser da Rússia, o que está errado, pois um verdadeiro fã do Esc vota nas suas canções favoritas e não liga a países. Percebes?
      Eu não estou contra ás canções russas, até posso dizer que gosto bastante de algumas delas, como por exemplo: Rússia 1994, Rússia 1995, Rússia 1997, Rússia 2001, Rússia 2004, Rússia 2005 e Rússia 2009.
      Agora á outras que eu odeio mesmo, como Rússia 2000; Rússia 2003; Rússia 2007, Rússia 2008 (a pior vencedora de sempre); Rússia 2012 (as avozinhas nunca deviam ter ido ao Esc); Rússia 2013 e Rússia 2014.

      A Rússia, como outro qualquer país, tem canções más e outras boas, apenas quis dizer que no Esc são sempre os mesmos países a passar á final e outros quase nunca passam da semi-final.
      Cumprimentos Eurovisivos.

      Eliminar
  4. Anónimo15:24

    "A emissora russa já enviou um pedido de desculpas por toda a situação", está algum santo para cair do altar, ommmmm. Quanto ao "Jon Ola Sand, supervisor executivo do Festival Eurovisão, garantiu que a Rússia estará a concurso na próxima edição do certame", só acontecerá se a Ucrânia não voltar a ganhar o ESC este ano, uma vez que o ESC é uma roleta... Russa.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo17:29

    Este supervisor executivo do Festival Eurovisão, ao afirmar que a Rússia tem participação garantida para o ano, É UMA PROVA MAIS QUE EVIDENTE, que uns países são filhos e outros enteados. Querem apostar que se fosse por exemplo a Eslovénia, ou a Eslováquia, ou a Suiça, ou a Bélgica, ou a Áustria, ou a Croácia e muitos outros, este senhor já não dizia abertamente que esse país tinha participação garantida no Esc do próximo ano?
    Este senhor tem que meter na sua cabecinha que a Rússia NÃO É MAIS QUE OS OUTROS PAÍSES, por isso, tem todos os mesmos direitos e obrigações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:05

      Wtf? Que isso tema haver de uns serem filhos e entedos? Simplesmente esta a dizer que a russia vai participar no proximo ano vito que nao neste... Enfim dramas onde nao existem...Onde a Russia foi mais que os outros.. Esta é a querer que ela seja menos ao nao participar...

      Eliminar
  6. Anónimo18:02

    "A emissora russa já enviou um pedido de desculpas por toda a situação"
    É suposto alguém acreditar nisto?

    ResponderEliminar
  7. Anónimo18:05

    Comparado com o silêncio entre o Azerbaijão e a Arménia (exceto quando algum se lembra de subtilmente provocar o outro), esta guerra de irmãos soviéticos entre Ucrânia e Rússia, assemelha-se à guerra de dois irmãos pelo comando da televisão ... patético! Muita roupa suja que o resto da Europa tem que testemunhar porque a Eurovisão assim o permite inevitavelmente ... e porque o ego soviético herdade da falecida "motherland" nunca na vida se dissipará ... o que a Rússia fez este ano com a Yulia foi só mais um exemplo ... para o ano há mais!

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top