Os presidentes de câmara de Guimarães, Faro e Santa Maria da Feira revelaram que estariam interessados em receber o Eurovision Song Contest nas suas cidades.


A RTP revelou hoje que a Eurovisão 2018 terá lugar em Lisboa. No entanto, logo após esse anúncio, várias vozes críticas se levantaram contestando a decisão da estação pública. Os críticos queriam que o canal público levasse a cabo um concurso para decidir qual a cidade organizadora do Festival da Eurovisão. Este processo acontece desde 2013 e tem-se repetido todos os anos nos países anfitriões do evento.

Os presidentes de câmara de Guimarães, Faro e Santa Maria da Feira já revelaram que estariam interessados em concorrer para organizar a Eurovisão. De fora, deve ficar a cidade do Porto pois a reabilitação da maior arena da cidade, o Pavilhão Rosa Mota, teve luz verde apenas hoje e deverá demorar dois anos até ficar completamente pronto.

No entanto, receber o Festival da Eurovisão não é tarefa fácil e requer que as cidades estejam muito bem preparadas para tal. A União Europeia de Radiodifusão exige que a cidade anfitriã tenha pelo menos 10 mil camas em hotéis, uma arena coberta com uma capacidade significativa e meios de transporte que permitam uma circulação não só dentro da cidade mas também para fora. Assim, as maiores cidades portuguesas, com aeroportos internacionais, são as que partem na linha da frente.

Em breve, o ESCPortugal vai trazer-lhe um artigo especial com as potenciais cidades acolhedoras do Festival da Eurovisão 2018.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: Observador / Imagem: bizfeira

74 comentário(s):

  1. Anónimo19:58

    Santa Maria da Feira lololol

    ResponderEliminar
  2. Anónimo19:59

    Também acho este método de seleção muito melhor , escolher logo Lisboa e ridículo mas ok

    ResponderEliminar
  3. Gondomar no Porto seria uma otima hipotse, claro que prefiro o Meo Arena mas penso que tanto a cidade de Gondomar como o proprio multiusos poderiam ser consideradas.

    ResponderEliminar
  4. Faro onde?! Não queria que fosse no Algarve....
    Santa Maria da Feira? No Europarque?...
    Guimarães? onde? no Multiusos? É uma excelente infraestrutura para a cidade que é, mas fracote para uma Eurovisão.
    Meo Arena por todas as razões e mais algumas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:13

      Totalmente de acordo!

      Eliminar
    2. Anónimo20:24

      Nem mais, concordo plenamente!! Adoro como de um dia para o outro toda a gente é especialista na Eurovisão sem ter a mínima noção do que é. Se lessem os requisitos mínimos veriam q a meo Arena (n existindo nenhum estádio coberto em Portugal) é o único sítio que pode albergar o esc...

      Eliminar
    3. Anónimo21:12

      Exato.. Nao ha condiçoes sequer para contestar que seja lisboa e meo arena..

      Eliminar
  5. Anónimo20:27

    Apenas o MEO tem condições, além de que está inserido numa zona com infra estruturas ao nível das melhores cidades europeias.E tem transportes directos para todo o lado.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20:29

    Coimbra também está interessada!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo20:30

    Escportugal, boa piada, mas esta notícia parece daquelas que escrevem no 1deAbril!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo20:30

    Santa Maria da Feira 2018 ahahah
    Sou do Porto, mas haja noção. É claro que tem de ser em Lisboa e, numa próxima, no Porto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, também sou do Porto mas quero o ESC em Lisboa

      Eliminar
    2. O Europaque não é mau, tem boas condições..mas nada bate a Meo Arena e todo o enquadramento urbanistico à volta, continua a vender a imagem de um Portugal moderno e arrojado. Eu escolhia a Meo Arena

      Eliminar
  9. Anónimo20:32

    Por favor.
    Vamos ser realistas... nenhuma cidade em Portugal consegue acolher de forma eficaz a Eurovisão sem ser Lisboa!!!!
    Faro ainda se candidata? wtf admite que não tem estrutura fisica para receber mas ainda diz que está interessado?! de rir mesmo. Mas não há noção neste país?!
    Eu sou do Norte, e apoio totalmente que a Eurovisão ocorra em Lisboa no Parque das Nações, que tem tudo que uma eurovisão necessita! E sem ser necessário gastar balúrdios....

    ResponderEliminar
  10. Anónimo20:35

    Aí que horror lá vamos nós fazes uma festa na terrinha eurovision 2018 terrinha . Façam logo na capital tem mais lógica por amor de Deus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José de Almeida, Vila da Feira22:29

      Anónimo as árvores que tu gastas a fazer o papel de parvo!

      Eliminar
    2. José de Almeida, Vila da Feira22:32

      As árvores que este anónimo gasta a fazer o papel de parvo!

      Eliminar
  11. É muito mais económico para a RTP organizar o festival em casa.
    O Meo Arena não deve necessitar muitas alterações como ocurreu este ano em Kyev e a RTP não terá de gastar dinheiro em hotéis, transporte e alimentação para as pessoas da organização e outros técnicos (se fosse noutra cidade isso era mais um gasto).
    Quer se queira ou não é a opção mais económica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é a RTP que cobre os encargos das outras estações de televisão.hahahha era bom era. Olha são 70mil euros para a Moldavia e 700mil para a Alemanha "faxavore". Cada delegação à parte daquilo que tem que pagar para participar, é que define quanto tem e quanto vai gastar.
      Mas concordo que seja na MEO Arena. Tem tudo, metro, comboio está a 5m do aeroporto, é tudo moderno e funcional. Vai passar uma excelente imagem do país.

      Eliminar
    2. Tens razão unknown, mas estava só a falar no que toca à entidade organizadora.
      Para as delegações dos outros países acaba por ser o mesmo que seja em Lisboa ou no Porto em termos de despesa, mas para a equipa portuguesa é mais barato organizar em Lisboa.
      Por exemplo, se têm um membro da equipa portuguesa que trabalha na sede da RTP e que vai trabalhar neste projeto e que viva em Oeiras, se a cidade escolhida for Guimarães, a RTP vai ter que pagar alojamento, transporte e alimentação a esse membro da organização. Mas organizando em Lisboa não vejo que seja necessário ter esse género de gastos.
      Multiplicando os gastos desta pessoa hipotética por toda uma equipa de produção, técnicos de luz, som, operadores de câmara, apresentadores, jornalistas, etc. Poupa-se imenso organizando as coisas em Lisboa.

      Eliminar
    3. Anónimo23:20

      Isso do dinheiro desperdiçado em alojamento, deslocação e afins apenas se aplicaria às equipas da RTP. Visto que todos os técnicos de som, video ect ect ect que realizam o ESC ano após ano tanto se deslocavam para o Norte como para o Sul. Uma vez que é a empresa "M&M Productions" que faz desde 2003 a Eurovisao.

      Eliminar
  12. Anónimo20:43

    Santa Maria da Feira e eu estou lá de certeza. O sonho de ver Portugal a organizar e a ter uma cidade eurovisiva já está completo, agora se fosse a minha...ai ai

    ResponderEliminar
  13. Anónimo20:46

    AI keredo! NADA de levar o ESC para o norte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:24

      Porque? Que tem contra o Norte? Sao estas coisas.. Senao fosse o norte coitdinho do país

      Eliminar
  14. Anónimo20:49

    Não é justo ! EU QUERO O ESC EM BEJA! Tem aeroporto e tudo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahhahaha tb voto em Beja..estava indeciso entre Beja e Mértola mas vá fico-me por Beja

      Eliminar
    2. Anónimo21:24

      Em Elvas!!!

      Eliminar
  15. Anónimo20:51

    Santa Maria da Feira parece-me bem: tem dois hoteis de 2 estrelas e 1 residencial de 4 estrelas. Deve ser suficiente! GANDA LOL para esse Presidente da Câmara demagogico

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Santa Maria da Feira só têm essas unidades de hotelaria?

      Eliminar
    2. Anónimo23:09

      Haja paciência para o provincianismo ao seu mais alto nível!
      Lisboa é a cidade de todos os portugueses pois é a nossa capital, da qual todos nos deviamos orgulhar!
      É uma cidade moderna, cosmopolita e multicultural e situada geograficamente no centro do país, tornando o seu acesso facilitado a todo o território!
      Devemos ter em conta o tipo de público que é fan da eurovisão e que viaja mais, na sua maioria LGBT...
      Já agora, porque não Alguidares de Baixo ou Vale da Burra?
      Deixem-se de tretas e de dramas! Lisboa é de todos os portugueses e é das cidades mais lindas do mundo!

      Eliminar
    3. Anónimo20:42

      Santa Maria da Feira tem mais que 2 hotéis e 1 residencial, ainda há poucas semanas abriu um hostel mas pronto

      Eliminar
  16. Anónimo20:55

    Já agora que se candidate a Merdaleija. A Maximiana podia ser a apresentadora. Pelo menos iamos borrar-nos de rir, e tudo com imensa paprika lolol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21:28

      Espero bem que ela/Herman José seja um dos apresentadores

      Eliminar
  17. Anónimo21:03

    Nao é por acaso que Lisboa é no centro do país! Fica tão longe para os do Norte como os do Sul. Mas esta gente manca-se? ESC 2018 Santa Maria da Feira? Ate deviam de ter vergonha de se candidatar sem qualquer tipo de condição! O Parque das nações tem tudo para realizarmos o melhor ESC e mais estruturado de sempre! E atenção que eu não moro em Portugal Continental, não tenho preferência locacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:45

      Eu concordo que seja em Lisboa mas Santa Maria da Feira tem vários hotéis, hosteis, etc. tem muitos meios de transporte para fora como para dentro da cidade e muito mais, por isso nao faz sentido dizer que nao tem quaisquer tipo de condiçoes.

      Eliminar
    2. Sou de Santa Maria da Feira, e posso garantir que além dos expressos, que são parcos, a cidade não tem transportes intra-urbanos, mas não tem suburbanos. Ou levas o carro ou andas a pé.

      Eliminar
  18. Anónimo21:08

    Eurovision Song Contest 2018 Santa Maria da Feira , LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo20:46

      "LOL" é o vosso QI

      Eliminar
  19. Anónimo21:09

    Ainda bem que há quem é realista e mostre interesse!! Todos (ou quase!) aqui pensam que o Meo Arena vai dar de mão beijado o espaço, assim como todos os restantes espaços à volta, que Portugal vai gastar zero euros com a organização do ESC! Parecem que vivem na floresta encantada! A melhor oferta ganha e ponto! Em 1993 as delegações ficaram espalhadas por várias cidades, não ficaram todas num único "contentor"! Se os espaços necessários não forem excessivamente inflacionados (e o orçamento é para se cumprir! Nada de derrapagens!!), até concordo que seja em Lisboa, unicamente por ser a 1ª vez que Portugal organiza, mas todos sabem que o Porto é, pelo terceiro ano consecutivo, eleito o melhor destino europeu! Parece que há por cá lisboetas que nunca saíram do seu "ovinho"! Se não têm dinheiro, utilizem a net como ferramenta para conhecer o vosso Pais! Parem de insultar as regiões que vos dão de comer e mordomias!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os custos vão andar entre os 20 e os 50milhões..quem disse que a festa ia ser de borla? Pelos vistos quem não faz a mais pequena ideia do que é a Eurovisão é o senhor.
      Isto não é uma Feira de Turismo! Isto não é para promover o turismo em Portugal e o melhor destino europeu do ano (2017) já estará fora de moda em 2018ehehheeh
      É para organizar a eurovisão!!! Hello!? Meo Arena a 5m do aeroporto,com estação multimodal com metro, comboio e autocarro e ainda há o teleférico para fazer uns trocos. Lamento informar mas o Porto (cidade maravilhosa que dispensa apresentações) Já ganhou 3 vezes essa distinção de destino europeu do ano. Mas é mentira que o tenha ganho 3 vezes consecutivas. Sabe porquê? Porque quem ganha não pode concorrer no ano seguinte...
      Meo Arena não tem rival em Portugal. Se calhar devia sair do seu ovinho e perceber que aquando a realização da Expo´98 criou-se aquela enorme infraestrutura, pq precisamente Portugal não tinha nenhuma grd sala de espectaculos fechada. Acho que não preciso dizer mais nada....
      Ponha lá o seu regionalismo no saco, porque infelizmente o Norte de Portugal é só a região mais pobre do país! SUgiro que consulte o site da EuroStat. Não use esses argumentos toscos, porque fica mt mal na fotografia. A regiºao de Lisboa sozinha representa perto de 40% da riqueza nacional! Não que concorde com isso, mas é a realidade que temos.

      Eliminar
    2. O artigo diz que não pode ser no Porto porque o Pavilhão Rosa Mota vai estar obras. Só há duas cidades em Portugal com capacidade par o evento a meu ver: Lisboa e Porto. Se no Porto não vai ser possível, tem que ser Lisboa.

      Eliminar
    3. Anónimo11:31

      Para o anónimo das 22:17, o Norte e só a região que mais contribui para o crescimento do país, onde existe menos desempregados, e onde o número de pessoas a viver à pala dos rendimentos da SS é o mais baixo, mais respeito pelas pessoas do Norte que dão mais ao país que muitas outras regiões. E com isto termino a dizer que espero que seja em Lisboa no Meo Arena porque para já é o único local com todas as condições

      Eliminar
  20. Anónimo21:12

    O Meo arena é o único palco do país com capacidade adequada e tecnicamente apto para receber uma Eurovisão, e tem logo ali ao lado o centro de congressos para toda a logistica de emprensa e parceiros. Ja para não falar que hotéis não faltam, e a ligação aeroporto parque das nações é so escolher, metro, autocarro ou táxi, são sei lá, 10km's, acho que nem isso. Claro que outras opcoes sao possíveis, mas com maiores custos e vai haver sempre falta de oferta de alguns serviços. Porto tb adorava, era acelarar a modernização do Rosa Mota.

    ResponderEliminar
  21. Anónimo21:13

    Temos que ser Realistas só temos condições ser em Lisboa é em Lisboa só vejo mesmo no MEO , que por acaso na Europa deve ser das melhoras arenas europeias , não foi por acaso que a EBU deu essa sugestão , ate acredito que foi umas das condições para termos ganho.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo21:14

    A Baixa da Banheira também está interessada em organizar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:12

      Só se tiver água... :))

      Eliminar
    2. Desde que a semi-final 1 seja na Marateca, na Sociedade Recreativa, e a 2 em Pegões, no salão dos bombeiros, aprovo (h). E se fosse em Beirais, para dar continuidade à série da RTP...

      Eliminar
  23. Já que a onda é reivindicar: Funchal.
    Mas agora a sério, numa primeira organização do ESC, voto em Lisboa.

    ResponderEliminar
  24. O ridículo disto tudo é os presidentes ainda virem falar e acharem que deve haver um concurso. Aposto que quem perdesse iria reclamar e, com sorte, em 2020 havia festival. Devem pensar que é como organizar os programas das tardes de domingo. Para além da arena, hotéis para meter as delegações e os artistas? Estruturas para a imprensa? Faro? Guimarães? Santa Maria da Feira? Acham que os artistas vão andar de sítio para sítio? Em 1993 participavam 25 ou 26 países. Agora, são mais de 40.Como alguém disse, eu pensei que era notícia de 1 de abril.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a RTP qd lhes mostrar as exigências da EBU essa gente cala-se logo toda apavorada com o evento.

      Eliminar
    2. Claro. Desculpem-me, porque não quero ferir ninguém, mas acho a discussão ridícula. Não é por ser Lisboa, é por ser o sítio onde há toda uma infraestrutura que pode ser adaptada e, talvez, não elevar os custos. Mas o melhor é ser mesmo Beja. Aterram, cantam e desfilam na pista e faz-se tudo ali... :)) Espera-se que milhares de fãs venham, as delegações, imprensa... Tudo isto serão mais de 30.000 pessoas e as necessidades dessas pessoas. Esquecem-se que as pessoas não vêm de carro, como é óbvio. Até mesmo Lisboa terá de repensar muita coisa em termos de rede de transportes, acessos, logística de toda a cidade. São mais de 15 dias...

      Eliminar
  25. José de Almeida, Vila da Feira22:25

    Para os parolos que só conhecem Lisboa, informamos que São João da Madeira fica a 20 minutos de espinho,a 30 minutos de Aveiro e a igual distância do Porto(em condução suave e por auto-estrada,duvido que alguém da zona centro e ocidental de Lisboa chegue ao Parque das nações nesse tempo. Espaço não falta, o mar está mais perto, a capacidade de organização é muito superior e bem mais barata /veja-se a capacidade industrial da região)e, lost but not the least, é bem mais portuguesa que Lisboa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23:10

      Acho que é melhor ficar por lá então, e não vir a Lisboa ao ESC. Parolo és tu ja agora..... viva a centralização, o modernismo, o novo Portugal!!!! Viva Lisboa! Capital é capital.

      Eliminar
  26. Anónimo22:27

    Belmonte 2018,pavilhão multiusos.

    ResponderEliminar
  27. Anónimo22:30

    Com isto tudo o feztival da canção vai ficar a perder, a rtp não vai investir da mesma forma no festival como no ano passado, vão gastar o dinheiro todo na organização da Eurovisao!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22:50

      Exato, ja tinha pensado nesse aspeto. Ja vamos gastar imenso dinheiro no ESC, mais valia apostar numa seleçao interna, ha muitos artistas bons por ai e talvez apostariam. Como ja estamos automaticamente na final talvez ate aceitariam. Não tinhamos nada a perder

      Eliminar
    2. Anónimo00:59

      É precisamente o contrário...regra geral quem organiza fica mal classificado mas vai bem representado.

      Eliminar
    3. Anónimo15:34

      Por mim podiam usar o palco das semifinais do FC 2017, achei simples e funcional, é daqueles palcos que dá para estar a ouvir a canção com atenção. Só precisam de mudar as cores temáticas das luzes e do logo.
      De resto é só preparar tudo para o ESC 2018, mal posso esperar pelo design do palco, logótipo, etc!
      Ao menos já estamos na final no próximo ano! :d

      Eliminar
  28. Carlos22:50

    Haja paciência para o provincianismo ao seu mais alto nível!
    Lisboa é a cidade de todos os portugueses pois é a nossa capital, da qual todos nos deviamos orgulhar!
    É uma cidade moderna, cosmopolita e multicultural e situada geograficamente no centro do país, tornando o seu acesso facilitado a todo o território!
    Devemos ter em conta o tipo de público que é fan da eurovisão e que viaja mais, na sua maioria LGBT...
    Já agora, porque não Alguidares de Baixo ou Vale da Burra?
    Deixem-se de tretas e de dramas! Lisboa é de todos os portugueses e é das cidades mais lindas do mundo!

    ResponderEliminar
  29. Carlos22:51

    Que total desconhecimento da Eurovisão e do seu público!
    A Eurovisão só terá sucesso em Portugal se for em Lisboa!

    ResponderEliminar
  30. Anónimo22:56

    Já agora também nas Berlengas, não?

    ResponderEliminar
  31. Os principais blogs de referência do ESC a nível internacional já anunciaram Lisboa e MEO Arena e receberam uma chuva de comentários dos estrangeiros a parabenizar tão célere decisão. É que na maior parte dos anos, esta coisa das cidades e dos concursos atrasa, atrasa... e não é apenas péssimo para a organização do evento, é péssimo para os eurofãs que querem planear a sua deslocação com tempo.

    Acho absurdo estar a perder tempo e a afundar tudo em burocracias (concursos públicos em Portugal? ui....), quando as infra-estruturas ideais já existem na capital. A 3ª maior arena da Europa, a 5 minutos do aeroporto, com hotéis e hostels ao pontapé, centros de congressos e o diabo a sete, a um pulinho do centro histórico e das praias... E vamos fazer braços de ferro com concursos públicos? Livrem-se.

    Eu moro em Lisboa, mas se tudo isto de que falo fosse no Porto, em Faro ou em Freis de Espada à Cinta (que é lindo, por sinal) diria o mesmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. *Freixo de Espada à Cinta (até me esbofeteei ao ver o que escrevi)

      Eliminar
    2. Anónimo17:33

      Parabenisar ?

      Eliminar
  32. FelizBerto00:00

    Deixem-se de tretas! Guimarães? Santa Maria da Feira? Faro? Tenham juízo. Sou Nortenho e na minha opinião faz TODO o sentido de se fazer o Eurovisão em Lisboa!! Por questões de logística, de LÓGICA, de tudo! Penso que o MEO Arena seria até pequeno demais para acolher isto. Uma fantástica ideia é, como já li algures, cobrir um dos estádios - o da Luz ou o de Alvalade, isso sim! Yap, tudo isto vai ser caro, mas o Ronaldo ajuda. (Já agora, a Madeira não se está a candidatar?)

    ResponderEliminar
  33. Anónimo00:12

    MINHA CASA 2018 :)

    ResponderEliminar
  34. Anónimo02:33

    Já agora no santuário de Fátima.. Nem precisam de desmontar o palco do papa. Fica lá já para o ano. Santa paciência.

    ResponderEliminar
  35. Anónimo09:48

    cidade anfitriã tenha pelo menos 10 mil camas em hotéis, uma arena coberta com uma capacidade significativa e meios de transporte que permitam uma circulação não só dentro da cidade mas também para fora. Assim, as maiores cidades portuguesas, com aeroportos internacionais, são as que partem na linha da frente.


    Duvidas?
    Guimaraes (not possible)
    Faro (só praia)
    Santa Maria da feira?? (primeiro sejam humildes)

    ResponderEliminar
  36. Anónimo12:05

    isto nesta altura em vésperas da campanha eleitoral..vai ser bonito, não se vai falar de outra coisa!!!

    ResponderEliminar
  37. Eu digo Bragança a receber a eurovisão! Tem aeroporto e tudo! Só não é ainda internacional xD

    ResponderEliminar
  38. Beja será a melhor cidade para albergar o ESC, até tem aeroporto, arena de concertos da Ovibeja....

    ResponderEliminar
  39. Anónimo21:23

    E por que não em Curral de Moinas?!

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top