Kristian Kostov não sofrerá qualquer punição e poderá continuar a competir no Eurovision Song Contest, depois de terem surgido notícias de uma visita sua à Crimeia.


Surgiram hoje algumas notícias em relação a uma eventual visita de Kristian Kostov, representante da Bulgária na Eurovisão 2017, à Crimeia. Esta situação poderia por a participação do cantor, e do país, na Eurovisão 2017, em risco. Relembre que a Rússia desistiu de participar este ano por uma razão semelhante. A sua representante, Julia Samoylova, foi banida da Ucrânia por ter visitado a Crimeia sem a autorização dos ucranianos.

No entanto, os serviços secretos ucranianos já garantiram que Kristian Kostov não sofrerá qualquer punição por essa visita. Segundo as autoridades ucranianas, quando o cantor chegou a Kiev, para participar na Eurovisão, esta situação não era conhecida; quando visitou a Crimeia tinha apenas 14 anos e por isso não podia tomar decisões sozinho, a decisão foi tomada por um adulto; a lei que baniu Julia Samoylova só foi aprovada em 2014 e Kristian tinha visitado a Crimeia antes dessa data.

Esta e outras notícias também no nosso Facebook e Twitter. Visite já!
Fonte: eurovoix / Imagem: eurovision.tv

6 comentário(s):

  1. A Rússia não desistiu foi impedida de entrar. Agora a Bulgaria não está em guerra com a Rússia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quis dizer com a Ucrânia.

      Eliminar
    2. A Rússia poderia ter escolhido outro representante, mas ao não o fazer considera-se que a Rússia desistiu.

      Eliminar
    3. Anónimo19:17

      A Rússia podia ter escolhido outro representante, mas escolheu não o fazer por isso foi a Rússia que desistiu sim.

      Eliminar
    4. Anónimo19:31

      Desculpe mas a Rússia desistiu mesmo. Relembro-lhe que foram dadas outras opções além da desistência do evento. Infelizmente ou felizmente a opção tomada foi a desistência por parte russa do evento, uma vez que não queriam aceitar o que lhes fora proposto pelo país coordenador do evento de 2017.

      Eliminar
  2. Anónimo22:58

    Ser menor de idade antes de 2014 tem as suas vantagens ... a Rússia deveria usar isso como critério na próxima vez que quiser mexer com as consciência Europeia e enxovalhar a Ucrânia publicamente e se o participante escolhido for um cantor sem braços ou pernas, vamos supor, ... pode ser que assim não tenha que desistir e concorre com ainda mais intenções políticas do que verdadeiramente musicais como já é usual.

    ResponderEliminar

Temas em Destaque

 
Top